Colocado em 2020-09-09 In Casa Mãe de Tuparendá, obras de misericórdia

O graduado modo Covid 19

PARAGUAI, Rossi Insfran, Instrutora de Padaria e Confeitaria na CMT •

Se falamos de grandes feitos e de grandes lutadores, hoje temos de mencionar um. Talvez, para muitos, não pareça, mas ele é um grande lutador numa dura batalha: as drogas. —

Apesar da sua auto-confiança, Christian (que é o nome do nosso graduado), foi capaz e teve  força para continuar com o seu objectivo de terminar o programa que a Casa Mãe de Tupãrenda lhe ofereceu. Veio até nós quando tinha apenas 16 anos de idade, com muitas dúvidas, medos e necessidades, faltando-lhe acima de tudo uma família, e através do trabalho da Mater, ele foi capaz de encher o seu coração connosco, a sua Casa Mãe Mãe de Tupãrenda.

Foto de grupo tipo Covid

De obstáculo em obstáculo

O COVID 19 foi um grande obstáculo que testou a sua capacidade de se manter firme no seu caminho para a meta. Era realmente difícil conter as emoções que, a sua educadora de serviço, a psicóloga Minerva, e eu, uma educadora de padaria, tínhamos de fazer. A contenção era quase diária, através do telefone, com longos minutos de conversa, desabafo de tristeza, ansiedade, uma miríade de emoções expressas pelo rapaz e a sua necessidade de regressar à sua casa, a CMT.

Houve tropeções, quedas e confusões, mas ele foi sempre acompanhado, mesmo à distância, mas sempre acompanhado para que se pudesse levantar e continuar. No final regressámos, abrimos a Casa, trabalhámos novamente, em modo Covid 19, e o Christian regressou, pontualmente todos os dias, pronto para continuar a sua luta e os seus desafios.

Foram dias difíceis para todos, especialmente para ele, e quando estava pronto para enfrentar um novo desafio, a sua vida profissional, mais uma vez o Covid 19 atrapalhou e ele não pôde iniciar o estágio. A ansiedade era mais intensa porque ele é menor e não podia ir para qualquer lado, as empresas tinham reduzido as suas quotas.

Encontrámos uma solução 

Encontrámos uma solução: que faça o seu estágio na CMT. Continuámos então a treiná-lo na padaria e reforçámos tudo o que seria útil para a sua produção de trabalho. O grande dia chegou, o programa terminou, deixando-nos com muitas experiências, memórias e lágrimas.

Parece que é apenas um rapaz, que aprendeu muitas coisas, educação, auto-controlo, pontualidade, mas o mais bonito foi ter aprendido a confiar em nós e a deixar-se ajudar.

Agora só temos de acompanhar os seus passos e confiar que ele será um daqueles que nunca repetirá a delinquência e que terá força para derrotar o seu maior inimigo: as drogas.

“Já sou um graduado da CMT”

Partilhando o convite de graduação na conta Instagram da CMT, Christian escreve:

Hoje é a primeira formatura, sobrevivi ao modo COVID 19. Às 13 h a cerimónia começa muito ‘em família CMT’, mas podem rezar por mim, acender uma vela e pedi-Lhe a ELA para continuar a fazer milagres na minha vida. Depois digo-vos como correu a cerimónia. Obrigado por estarem presentes! PS: Os ‘souvenirs’ foram feitos, por mim, na padaria”.

Algumas horas mais tarde, com a fotografia de graduação:

Já sou um graduado da CMT. Sou o primeiro graduado de 2020, nem mesmo o COVID 19 me conseguiu vencer. Sinto-me feliz e orgulhoso por este feito. Obrigado à minha família, a toda a equipa da CMT e a todos vós por me apoiarem, sempre, com a vossa proximidade e orações”.

Página oficial (ES)

Todos os artigos da Casa Mãe de Tupãrenda 

Donativos
Conta bancária no Paraguai
Banco Familiar
SWIFT FAMIPYPAXXX
Conta à ordem 50 00408672
Em nome de: FUNDAPROVA RUC 80079669-1

Conta bancária na Alemanha
Nome: Schönstatt-Patres International e. V.
IBAN: DE91 4006 0265 0003 1616 26
BIC/SWIFT: GENODEM1DKM
Ao cuidado de: P. Pedro Kühlcke, Casa Mãe de Tupãrenda

 

Original: Espanhol (6/9/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *