Kentenich Rótulo

Molns. Ackermann - proceso Kentenich
JOSÉ KENTENICH | Nota de imprensa da diocese de Tréveris, Judith Rupp  • No processo de beatificação do fundador de Schoenstatt, padre José Kentenich, o bispo de Tréveris, Dr. Stephan Ackermann, que está a cargo do processo, decidiu por um procedimento diferente. Originalmente havia planejado nomear outra comissão de historiadores para continuar o processo. — “Mas depois de consultar os especialistas que queria nomear para esta comissão, ficou claro para mim que temos que ir por outro caminho”, disse Ackermann em Tréveris no dia 5 de março. Em primeiro lugar,Leia mais
Los Olmos
ARGENTINA, Ana Adrogué de Cambacérès • Participei com o meu marido, Miguel, na Bênção do Santuário de “Los Olmos”, em Pilar, no sábado, 20 de fevereiro. Foi um momento maravilhoso, em que a presença da Mãe era palpável, quando trouxeram o seu quadro numa charrete puxada por dois cavalos brancos. — Todas estas imagens e impressões fizeram-me recordar o pai fundador e desta forma fiz este desenho que, quero partilhar com toda a Família de Schoenstatt. Como surgiu este desenho Há várias imagens que me inspiraram. Quando a imagem daLeia mais
refundar
Enrique Soros, Estados Unidos • O que tem a comunidade de destinos, de missão e de corações a ver com a refundação de Schoenstatt? O Padre Kentenich afirmou que Schoenstatt deveria ser refundado de 50 em 50 anos. Uma tal expressão não é obviamente absoluta. Se, no mesmo espírito, disséssemos que Schoenstatt deveria ser refundado todos os dias, suspeito que o Pe. Kentenich dir-nos-ia: “Já perceberam o objectivo”. Carta do Pe. Kentenich à Família de Schoenstatt por volta do Natal de 1965 Criei um grupo de “radiodifusão” de Whatsapp comLeia mais
samietz
ALEMANHA, Pe. Hans-Martin Samietz • Vinte e duas pessoas (líderes de grupo da Juventude Masculina (JM), membros da central da Juventude Masculina e um convidado) escreveram na tarde do último sábado, pouco antes das 14h30min, a série numérica “870 8299 6990” e a senha “Geração” sob o aviso “Participar de uma reunião” na tela do Zoom. O tema da reunião foi: “Informações sobre a situação da avaliação científica e classificação das mais recentes publicações sobre possíveis transgressões por parte de José Kentenich”. — Nos dias que se seguiram à conferênciaLeia mais
abusos
BRASIL, Luciana Rosas • Diante da repercussão do artigo Abusos em Schoenstatt: um assunto a ser discutido, percebi que era muito importante dar continuidade ao tema e ao debate, gerando assim mais conhecimento, consciência e empatia. Esta nova abordagem estará dividida em três artigos que serão publicados semanalmente, a saber: Conversando sobre os comentários, no qual poderemos aprofundar a discussão sobre os temas mais recorrentes nos comentários publicados no site schoenstatt.org quando da publicação do primeiro artigo; Estamos preparados para receber denúncias de abuso em Schoenstatt? no qual apresentaremos algumasLeia mais
kentenich
Gonzalo Génova, Charo González, Madri, Espanha • O bispo de Tréveris constituiu recentemente uma comissão de investigação em sua diocese, onde foi iniciado o processo de beatificação e canonização do Pe. Kentenich, a fim de estudar com rigor histórico os acontecimentos denunciados pela teóloga Alexandra von Teuffenbach em julho de 2020, completados com novas e sérias acusações no mês de outubro. — Junto com esta comissão de investigação histórica diocesana, também foi constituído em Schoenstatt um grupo internacional de pesquisa com membros das diferentes comunidades que formam o Movimento, comLeia mais
2020 peor año
ARGENTINA, Juan María Molina • A revista Time nos Estados Unidos publicou a sua sentença numa capa no início de Dezembro: “2020 the worst year ever”  (o pior ano de sempre). Para aqueles de nós que, não se dão muito bem com o inglês, o desenho foi ainda mais eloquente: esse 2020, riscado a vermelho. Não é preciso forçar o meu pobre inglês nem, a escassez da moeda americana para imaginar as razões dadas dentro da revista. Sem dúvida, fomos testados de todas as maneiras e, as dificuldades próprias, sóLeia mais
BRASIL, Pe Matheus Bernardes e Luciana Rosas • Diante do posicionamento oficial das instâncias do Movimento Internacional de Schoenstatt através do texto “¿Por qué se guardó silencio durante tanto tiempo?” publicado no dia 12 de dezembro de 2020 no site www.schoenstatt.com (ainda sem tradução ao português) decidimos encaminhar nossas considerações sobre o texto às instâncias correspondentes (Presidência Internacional e Comunicação Internacional). Dada a falta de resposta, publicamos agora nossas considerações para compartilhar e abrir o debate público junto à Família de Schoenstatt. — Iniciamos com a explicação que consta noLeia mais
Gonzalo Génova, Charo González, Madri, Espanha • Há muito tempo é tradicional na Igreja Católica que os membros de uma comunidade religiosa de qualquer tipo abram sua consciência para seu superior, buscando conselho e orientação para sua vida espiritual. Mas isto não é de forma alguma apenas uma questão de teoria ou da história da Igreja. Recentemente, em uma conferência convocada pela Academia Católica da Diocese de Dresden-Meißen, Alemanha, sobre direção espiritual e abuso espiritual, foi destacada a necessária separação do foro interno e externo (governo e direção espiritual) nasLeia mais
BRASIL, RUY ALBERTO KAERCHER • Temos confiança total naquilo que o nosso Pai-Fundador nos presentou, ou seja, nosso ato de fé na nossa missão conforme suas palavras: “Nesta Obra e Instrumento de Deus, eleitos para a configuração mariano cristã do mundo”. Nos tempos atuais somos fortemente desafiados a crer nisso com todas as nossas forças. Somos fortemente desafiados pelo comportamento de muitos co-irmãos e co-irmãs, que insistem em promover ações de massa, em relativizar decisões, se contrapondo a riqueza do princípio federativo ideado pelo nosso Fundador. Diz nosso Fundador: “NãoLeia mais