Colocado em 24. Junho 2016 In Schoenstatteanos

18/6/2011 – 18/6/2016 : 5 anos caminhando juntos

ITÁLIA, Federico Bauml •

IMG-20160620-WA0004Cada um de nós tem o seu aniversário natalício, o dia no qual se celebra o momento em que se veio ao mundo. O Sacerdote, pelo contrário, tem dois aniversários: o “do registo civil” e o da Ordenação, que assinala o momento do “re-nascimento”.

Mas há uma diferença entre o aniversário natalício e a Ordenação. Enquanto no primeiro caso, são os outros que oferecem presentes ao festejado, na Ordenação, o festejado, em vez de receber presentes, é o presente, ao fim e ao cabo é ele que se oferece.

Pelo contrário, não há nenhuma diferença quando devemos escolher a maneira mais idónea para celebrar um aniversário natalício e uma Ordenação: fazendo festa. E, foi isso mesmo que, fizemos por ocasião do quinto aniversário da Ordenação do Pe. Alfredo, no último fim-de-semana de 18/19 de Junho.

Jesus ensinou-nos que quem semeia colhe; mas, rapidamente, descobrimos que não é concedido a todos, ver imediatamente, os frutos da sua sementeira. Mas esta vez, sim, esta vez aconteceu.

Há ainda tanto caminho para fazermos juntos

A Missa numa capelinha cheia a transbordar, o churrasco, o vídeo, os bolos e o sorriso das grandes ocasiões, outra coisa não são, senão o reflexo da sementeira. São o reconhecimento por quem, nestes cinco anos, se pôs – para citar o Pe. Kentenich – “de modo nobre e puro” com as suas qualidades e os seus defeitos, com as palavras e com os olhares, sem nunca se poupar, nem sequer por um instante, com a força de quem, ainda que chamado a desenvolver uma tarefa muitas vezes maior que ele, nunca deixou de acreditar no que fazia.

Chegará o momento das recordações e da melancolia, mas não é agora.

Há, ainda, pedra para esculpir para construirmos a nossa casa; há ainda tantas ancoras a levantar, ondas com as quais encher o mar, flechas para seguir, pedras para carregar às costas, dias e serões para passarmos juntos, canções para cantar, palavras para inventar, estradas a errar e a adivinhar.

Há ainda tanto caminho para fazermos juntos.

Sursum corda!

festa P. Alfredo

Original: italiano. Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,