Colocado em 24. Junho 2016 In Dilexit ecclesiam

Jesus Cristo, Senhor da História, precisamos de Ti

ARGENTINA, por Silvia Sibay •

O Congresso Eucarístico Nacional, celebrado por ocasião do Bicentenário da Independência da Nação Argentina, em S. Miguel de Tucumán – lugar histórico da Independência – foi um acontecimento de graças tão grande que, me pareceu importante contá-lo a partir da minha vivência pessoal.

Em 2014 começaram os preparativos com grande entusiasmo em todos os estamentos da Igreja e, especialmente, dos schoenstatteanos, animados pelo Pe. Guillermo Carmona, encarregado da Pastoral do Congresso.

Chegou o momento, e no dia 16 de Junho dávamos graças a Deus, aos peregrinos e às famílias que, com toda a dedicação, puseram à disposição as suas casas para que, os congressistas, vindos de todas as províncias do nosso país, se alojassem,

O Altar, lindamente ornamentado com limões – uma das produções típicas desta província de Tucumán – recebia o enviado do Papa Francisco, o Cardeal Giovanni Battista Re, que trouxe a sua saudação a todo os argentinos presentes no Congresso. Porque era também uma celebração da Pátria.

160622-cen-05

Maria visita-nos nas Suas diversas invocações

As Paróquias motivadas por uma muito boa preparação e, os fiéis ansiosos, esperavam a chegada das Imagens das diversas invocações de Maria que se veneram em várias Dioceses, as que chegavam acompanhadas por peregrinos e sacerdotes de cada lugar: Nossa Senhora do Valle, de Catamarca; Nossa Senhora do Milagre e o Senhor do Milagre, de Salta; o Senhor de Mailín, de Santiago del Estero; a Imaculada, da Diocese da Santíssima Conceição, de Tucumán, Nossa Senhora de la Merced, da Arquidiocese de Tucumán e Nossa Senhora de Luján, Padroeira da Argentina.

As Imagens ficavam de noite nas Paróquias e, na manhã seguinte partiam para o edifício principal onde se encontrava a Cidade Eucarística. Impossível contar o fervor da multidão ao acompanhar cada Imagem, em peregrinação, até ao dito edifício.

160622-cen-11

Jesus Cristo, pão da Vida e comunhão para o nosso povo

27.000 pessoas se inscreveram para participarem como congressistas nas diferentes áreas temáticas que transcorriam durante as manhãs.

Entre os congressistas havia muitos schoenstatteanos presentes, voluntários, adoradores, servidores e na área da comunicação, imprensa e editorial.

Durante os dias do Congresso, houve Adoração Permanente nas Paróquias. Aos Bispos e Sacerdotes foi-lhes entregues uma estola. Praticamente, todos saíram para administrar o Sacramento da Reconciliação por toda a cidade, para que, muitos pudessem alcançar as indulgências neste Ano da Misericórdia.

De noite, os jovens organizaram uma Peregrinação da Reconciliação, na Praça principal da cidade.

O que começou com uma assistência de mais de 120.000 pessoas no primeiro dia, culminou no encerramento, no dia 19 de Junho, com mais de 300.000 fiéis que louvavam Cristo Eucaristia no meio de imenso júbilo.

A Cidade Eucarística

160622-cen-06A criação da Cidade Eucarística, localizada no hipódromo local, teve por objectivo que, quem, por ela, peregrinasse, pudesse redescobrir a Eucaristia como centro da vida cristã. Inspirou-se no relato bíblico dos Discípulos de Emaús. Nas duas primeiras etapas anda-se sem ver Jesus, para, finalmente, nos encontrarmos com Cristo Vivo no Santíssimo Sacramento.

A Cidade Eucarística apresentou um percurso de três etapas: no Ontem, olha-se para o passado com gratidão; no Hoje, o presente com esperança e compromisso; no Sempre, contempla-se a presença real de Jesus Cristo na Eucaristia.

As Congregações, Instituições e Movimentos Eclesiais, ficaram localizados no segmento do Hoje

O Movimento de Schoenstatt apresentou o seu carisma, instalando um Santuário, réplica de todos os Santuários de Schoenstatt, com o quadro da Mater, o Altar, a Peregrina Auxiliar e uma fotografia gigante do Pe. Kentenich.

Poderia contar muitos testemunhos, porque, realmente, nesse lugar a Mater derramou as Graças do Seu Santuário. Os que entravam comoviam-se até às lágrimas. Houve orações, pedidos escritos em pagelas e testemunhos comovedores. Alguns diziam que A viam pela primeira vez e ao aproximar-se da Auxiliar emocionavam-se atá às lágrimas.

Um casal depois de se maravilhar ao avistar Nossa Senhora, com os olhos cheios de lágrimas, contou-nos uma história que eles qualificavam como milagre:

“Há 17 anos estávamos numa sala de prematuros duma clínica de Tucumán, com o nosso bebé prematuro lutando por viver. Partilhámos a nossa dor com outro casal cuja filhinha estava muito mais grave que o nosso, quase à beira da morte, sem esperanças.

Recorreram a todos os médicos e perante o desespero, também a curandeiros e a todos os que eles pensavam que os podiam ajudar. Alguém lhes disse que fossem ao Santuário de Nossa Senhora de Schoenstatt que era muito “milagrosa”

Assim fizeram e trouxeram uma pagela que puseram debaixo da bebé e rezaram.

Inexplicavelmente para os médicos, a menina começou a melhorar e hoje, aos 17 anos, tem uma vida normal.

Este casal em agradecimento, iniciou um negócio de roupa desportiva para rugby e hockey que cresceu rapidamente e actualmente se exporta. O nome da marca é Virscho (Virgem de Schoenstatt) em honra e agradecimento à Mater.

160622-cen-02

O presente dos tucumanos a Jesus Eucaristia

Já no ano de 2014 se começou a pensar em mandar fazer uma Custódia como presente histórico para o Congresso. Com esse fim, fez-se uma recolha de pedaços de joias que, uma vez fundidas deram origem à Custódia.

O encarregado de a fazer foi o célebre joalheiro Juan Carlos Pallarols. É uma obra artística de grande relevo e significado.

O que nos deixa este Congresso Eucarístico

160622-cen-03Como schoenstatteanos, a força necessária para sairmos ao encontro, uma coisa em que, às vezes, fraquejamos.

Unirmo-nos a Jesus, aprofundarmos a nossa identidade e lançarmo-nos para a frente.

Por isso, Lhe dizemos:

  • Para nos unirmos intimamente a Ti e recebermos a Tua força e a Tua luz, alimentarmos a nossa fé e vivermos a Tua mensagem, “Jesus Cristo, Senhor da História, precisamos de Ti”.
  • Para saciarmos a fome e a sede mais profundas, “Jesus Cristo, Senhor da História, precisamos de Ti”.
  • Para que nunca nos sintamos sós, “Jesus Cristo, Senhor da História, precisamos de Ti”.
  • Para crescermos na fé, na esperança e no amor, “Jesus Cristo, Senhor da História, precisamos de Ti”.
  • Para aprendermos a viver e a caminhar juntos, “Jesus Cristo, Senhor da História, precisamos de Ti”.
  • Para Te reconhecermos nos mais pobres e nos abandonados, “Jesus Cristo, Senhor da História, precisamos de Ti”.

Regressei a casa cansada, como todos os que, atravessámos estes dias tão intensos e únicos. Abracei a minha Imagem Peregrina e disse-Lhe: Mãe, com o Teu Filho, dás-me as forças suficientes para sair para o mundo e continuar para a frente, em direcção aos que têm necessidade de Ti, porque Cristo Eucaristia está dentro de mim e me carrega nos Seus braços quando caio! Vamos que estão à Tua espera!

Original: espanhol. Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Más

Resumo do Congresso em vídeo

Etiquetas: , , , , ,