Colocado em 29. Setembro 2018 In Dequeni

“Eu aprendo brincando, é o que eu mais gosto na escola”

PARAGUAI, Dequeni •

Anderson, uma criança com grandes covinhas, nos cativa com sua ternura e carinho, e nos motiva a continuar trabalhando para que mais crianças cresçam em um ambiente adequado e apoiados em sua educação. Anderson também pode desfrutar de um dos programas que Dequeni promoveu para melhorar a qualidade da educação das crianças em situação de risco. –

Nos últimos 30 anos na Dequení trabalhamos para proteger e cuidar das crianças que vivem nas condições mais vulneráveis. As atividades nasceram  na rua, brincando e compartilhando com aqueles que, desde tenra idade, trabalham para a subsistência de suas famílias.

Em pouco tempo, os centros abertos funcionaram como espaços para acolher, proteger e educar a partir do não-formal: brincando, desenhando e dançando. Depois de alguns anos, Dequení chegou às comunidades através de centros comunitários para trabalhar com famílias em suas experiências de organização e gestão para o bem comum.

Hoje, eles estão consolidados na tarefa de contribuir para o aprimoramento da educação das crianças desde a escola , como centro de ação. A partir de 2017, todo  o trabalho se concentrou em programas estratégicos: o desenvolvimento da primeira infância e melhoria da qualidade da educação. Eles trabalham focados em quatro distritos: Villeta, Ypané, Arroyos e Esteros e Caaguazú. O foco do programa se  adaptou e se  modificou  ao longo do  tempo e com o desenvolvimento de Dequení. O que nunca muda é a  motivação: fazemos pelas crianças.

Uma criança distraída sem interesse em aprender

Vamos continuar com a história de Anderson. cativante com a sua ternura e carinho e motivando a continuar trabalhando para que mais crianças  também possa crescer em um ambiente apropriado apoiados em sua educação.

Anderson (9), era uma criança que não entrava na clase,  nem copiava as lições. No entanto, este ano ele conseguiu uma mudança significativa que o faz se destacar em sua sala de aula. “Ele era um menino distraído e não fazia lição nas aulas, mas este ano houve uma mudança que todos notamos”, disse o professor José Pera.

Algumas situações familiares levaram-no a mudar de escola várias vezes. Isso o deixou sem a possibilidade de um bom desempenho  escolar, já que ele não freqüentava as aulas regularmente, nem demonstrava interesse em suas tarefas. Até mesmo a falta de motivação levou-o a distanciar-se de seus colegas e de seu professor, com uma personalidade introvertida.

Ele quer ser uma grande figura esportiva

Desde este ano, na Escola San Agustín, onde Anderson frequenta, Dequení implementa o projeto Ludolecto. É um programa para que as crianças aprendam a ler, escrever e compreender o que lêem, baseado no conceito de aprender através de jogo. Este programa marcou para Anderson um antes e depois em seu comportamento e desempenho escolar neste primeiro semestre.

“O que eu mais gosto na escola, é que eu aprendo brincando” explica feliz.

Progressivamente, ele começou a copiar as lições, questionar, fazer  perguntas e abordava grupos de trabalho, predispostos a contribuir. “Anteriormente, ele não queria formar grupos com os outros alunos, mas agora seus colegas vêm pedir ajuda e ele colabora com seus conhecimentos”, diz seu professor.

Por sua vez, o diretor da escola, Myrian Olmedo, destaca a participação de Anderson e seu desejo de permanecer dentro da escola, apesar das dificuldades que enfrenta diariamente. “Ele encontrou a motivação para estudar de uma nova maneira de ensinar que experimenta com essa metodologia inovadora do projeto Ludolecto, através do jogo”, destaca.

Anderson tem o desejo de se tornar uma grande figura esportiva e Dequení quer apoiá-lo a construir seu sonho, com educação.

 

Página institucional de Dequeni: www.dequeni.org.py

Dequeni nas tendas virtuais da Cultura da Aliança

Para fazer parte de uma doação:

Doação on-line através da página Dequeni

Doação online via iniciativa SchoenstattPro de solidariedade angariação propriedades de schoenstatt.org e fazer Centro Memhoelz Schoenstatt :

 

Original: Espanhol. 10 de Setembro  2018. Tradução: Glaucia Ramirez, Ciudad del Este, Paraguai

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *