Colocado em 29. Setembro 2015 In Segundo século

Três perguntas… sobre o Schoenstatt do segundo século da Aliança (43)

Hoje responde Sarah Jehle, 25 anos, membro da Juventude Feminina do Movimento de Schoenstatt da Alemanha •

Quase a um ano de peregrinarmos pelo segundo século da Aliança de Amor… Como sonha este Schoenstatt no seu ser, no seu estar na Igreja e no mundo, e na sua tarefa?

Que a Igreja e o mundo reconheçam o potencial que Schoenstatt oferece, precisamente em tudo o que diz respeito ao desenvolvimento da personalidade. A pedagogia do Padre Kentenich pode marcar a diferença neste mundo, no qual, devido a uma enorme insegurança, se segue aquele que grita mais alto.

Para chegarmos a cumprir este sonho, que temos que evitar ou deixar?

Os joguinhos internos de poder, as rivalidades e as invejas. Todos nós temos a mesma meta: levar Schoenstatt ao mundo e tornar realidade a visão do Padre Kentenich.

Para chegarmos a cumprir este sonho, que passos concretos devemos dar?

Temos que ser claros e consequentes no que fazemos e no que que dizemos. Deveríamos todos agir em prol do todo e não ter medo de dizer coisas incómodas. Cada um tem que tomar uma decisão, ser um transformador do mundo e não apenas um consumidor do mundo.


Original: alemão. Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , , , , ,