Colocado em 2019-01-21 In JMJ Panama 19

Colômbia, México, Alemanha, Áustria, Chile, Estados Unidos, Panamá – todos se reúnem no Santuário da Costa Rica

JMJ2019, COSTA RICA, Maria Fischer •

25 cálices para Hóstias, na verdade troféus convertidos por mãos habilidosas em algo sagrado. 300 sanduíches Eu não sei quantas copos de café, chá, suco, eu não sei quantas travessas de salada. Milhares de ligações para aeroportos, agências de turismo, ônibus, Uber. Centenas de momentos de escutar, rir, rezar, limpar banheiros e mesas. A família da Costa Rica extrapola em dar acolhimento aos jovens que vêm ao santuário. E chegam esse último dia antes do início dos encontros internacionais da Juventude de Schoenstatt.—

Jovens da Colômbia pela primeira vez em um santuário de Schoenstatt

Com muito respeito, colocaram sua bandeira no altar do Santuário. Quase todas as jovens da Colômbia, que chegaram na tarde de terça-feira, estavam pela primeira vez em suas vidas em um santuário de Schoenstatt. O Pe. Patricio Ilabaca, celebrante da Missa com elas (e muitos outros), por isso dedicou sua introdução e homilia ao Santuário e seus símbolos, mas especialmente na vivencia pessoal e comunitária, dos mesmos. Schoenstatt na Colômbia é um Movimento “que engatinha”, como comentou uma das jovens, e elas junto com a família fizeram um grande esforço muito grande para participar.

Continuam chegando …

Cansadas e felizes, na terça-feira 25 jovens chegaram do México – de diferentes cidades como Querétaro, Monterrey, San Luis Potosí, Chihuahua. Elas tiraram fotos com suas bandeiras de México e Juventude Feminina com a estátua do Padre Kentenich e em frente ao Santuário, e, em seguida, se reuniram no Santuário para celebrar a Santa Missa com o Padre José Luis Correa, quase conterrâneo, por passar alguns dias ao mês na comunidade dos Padres no México e participar de alguns encontros importantes.

A missa nunca é celebrada apenas para um grupo e a portas fechadas – assim, dois jovens da Juventude do Schoenstatt do Paraguai também se reuniram nesta missa e tiveram uma recepção muito cordial.

 

A bandeira dos Estados Unidos nas mãos do Padre Kentenich

Pouco antes, chegaram estudantes da Universidade Juventude de Austin, Texas, Estados Unidos, felizes por se reencontrarem com o Padre Jesús Ferras, que por muitos anos esteve em sua cidade. Antes de ir à missa no Santuário com ele, eles se aproximaram da estátua del Padre Fundador e colocaram a bandeira dos Estados Unidos em suas mãos. Eles falam inglês e espanhol e assim se comunicaram com os outros jovens que estavam por todo lugar, conversando, descansando, caminhando …

Esperando pelos alemães e austríacos … aparecem chilenos, panamenhos …

Uma certa ansiedade é sentida quando se aproxima a hora da chegada do grupo da Alemanha e da Áustria. Será que eles comerão sanduíches como fazemos aqui, perguntarão às “donas de casa” e “Eles entendem um pouco de inglês?”

Enquanto esperavam jovens da Alemanha e da Áustria, dois jovens do Chile apareceram, com toda a bagagem e cheios de esperança para conhecer este Santuário e aos jovens que já estavam lá.

“Eu queria caminhar em um parque, mas não sabia se era seguro, então eu decidi procurar o Santuário de Schoenstatt”, diz uma jovem do Panamá, carregando seu bebê Bernardo, dois meses em seus braços. Há um mês ela se mudou para a Costa Rica por causa do trabalho do marido. Ela é filha de Paulina, uma chilena que mora no Panamá há 13 anos e faz parte do ramo de mães do Panamá. Na primeira visita ao santuário, Carolina e seu bebê estão encontraram o santuário cheio de jovens e gente do Movimento que constantemente a convidava a participar da Missa de Aliança e participar de algum grupo se ele quisesse. Sim, quer…

 

Cerca de 50 peregrinos da Alemanha e da Áustria

Acompanhados por duas Irmãs de Maria, um sacerdote diocesano e o Assessor Nacional da Juventude Masculina da Alemanha, Pe. Hans-Martin Samietz, cerca de 50 jovens da Áustria e da Alemanha finalmente chegaram. Eles já haviam chegado ao Panamá no último domingo, ou seja, já estavam acostumados com o horário e o calor, e ficaram muito surpresos com a calorosa acolhida de todos os presentes. “Vou à JMJ para celebrar a nossa fé junto a outros jovens do mundo e testemunhar que a igreja também tem um rosto jovem. Além disso, a camaradagem e o humor na JMJ são extraordinários. Chegamos à Costa Rica como um grupo de Schoenstatt porque aqui foi recentemente construído o primeiro santuário dopais, onde está acontecendo o Encontro Internacional ae Juventude de Schoenstatt “, comenta Martin Stetter, quem depois da JMJ, vai ao Paraguay, para ser voluntario em Dequeni.

O grupo passou rapidamente para o Santuário, onde celebrou a missa, encorajando-a com a típica Juventude de Schoenstatt da Alemanha e da Áustria canções. Após a foto do grupo foram convidados para o jantar preparado com amor, com sanduíches típicos, salada de macarrão, tomate, alface, morangos, bananas secas, bebidas … e sim, eles gostaram.

El grupo se dirigió enseguida al Santuario, donde celebraron la Santa Misa, animándola con canciones típicas de la Juventud de Schoenstatt de Alemania y Austria. Después de la foto grupal fueron invitados a la cena preparada con mucho cariño, con sándwiches típicos, ensalada de pasta, tomates, lechuga, fresas, plátanos secos, bebidas… E sim, eles gostaram.

 
JMJ19 - Costa Rica 14.-16.1.2019

Todas as fotos JMJ Costa Rica

 Original: Espanhol. 18 de janeiro 2019. Tradução: Glaucia Ramirez, Ciudad del Este, Paraguai

Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *