Colocado em 2. Dezembro 2018 In Casa Mãe de Tuparendá, obras de misericórdia

Realizou-se o seu sonho: já está em Tupãrenda

PARAGUAI, Maria Fischer •

“Lembra-se de H. a qem você chamou “Ali” no seu artigo? Perguntou-me ontem o Pe. Pedro Kühlcke. Como não me lembrar desse jovem que conhecemos há dois meses naquele Domingo de chuva torrencial, quando visitámos a cadeia de menores. Este jovem que, com cara triste nos disse que, toda a sua família estava na prisão, em prisões diferentes, obvia e tristemente e que nos confidenciou o seu grande sonho para o dia em que saísse da prisão: ir para Tupãrenda, ou seja, para a Casa Mãe de Tupãrenda (CMT), para começar uma vida nova. Uma vida fora das drogas e dos roubos, uma vida digna com trabalho e futuro e com pessoas que, realmente, o amem. Realizou-se o seu sonho. —

Ali fazendo as Leituras na Missa

Saiu da cadeia em 31 de Outubro. “Nesse mesmo dia telefonou-me e, no dia seguinte, 1 de Novembro, apresentei-o na CMT”, disse-me o Pe. Pedro. Havia vaga e já está a participar no programa há duas semanas.

Em 12 de Novembro, a segunda terça-feira após a sua entrada na CMT, ofereceu-se para fazer as Leituras na Santa Missa que, todas as terças-feiras é celebrada no Santuário de Tupãrenda para os jovens da CMT. Este caminho de barro, que vai da CNT até ao Santuário através do bosque, parece cada vez mais amplo e bonito, pois tem as pegadas dos pés de tantos jovens que, todas as terças-feiras peregrinam ao Santuário, entre risos e piadas, entre curiosidade, alegria e esperança. Um Sr. João falou, inspirado por Puebla, do caminho “do Santuário até aos pobres”. Em Tupãrenda há um caminho dos pobres até ao Santuário, porque há uns anos o Pe. Pedro e muitos outros iniciaram um caminho desde o Santuário até aos pobres, aos pobres da cadeia de menores.

Em 20 de Novembro, Ali foi Acólito na Missa das terças-feiras. A Mater continua a tocar os corações.

Rezemos por Ali e pelos jovens que estão nesta Casa à sombra do Santuário, esta Casa obra de misericórdia com base na Aliança de Amor e, por todos os que oferecem o seu trabalho, o seu coração, a sua oração e os seus donativos nela e para ela.

Um Acólito feliz

É possível fazer parte do sonho do Ali e de tantos outros. Com a sua oração, a sua colaboração, o seu donativo.

Contas bancárias

Paraguai

Em Nome de: Fundaprova
Banco: Sudameris Bank SAECA
Conta: 102792992
RUC: 80079669-1
IC/SWIFT BSUDPYPXXXX

Europa

Nome: Schönstatt-Patres International e. V.
IBAN: DE91 4006 0265 0003 1616 26
BIC/SWIFT: GENODEM1DKM,
Ao cuidado de: Pe. Pedro Kühlcke, Casa Mãe de Tupãrenda

Página oficial: www.fundaprova.org

Original: espanhol (25/11/2018). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *