Colocado em 2015-11-01 In Campanha

A ermida de Vallemí

PARAGUAI, Mima Cardona e María Fischer •

“Quando quiser saber algo mais me avise, temos 57.680 km percorridos e entregados por amor à MTA”, escreve Mima Cardona, quando lhe pergunto sobre umas fotos compartilhadas da novena de 18 de outubro nas ermidas do interior do Paraguai. Ela e seu marido conduzem a Campanha da Virgem Peregrina no interior do Paraguai, ou seja, naqueles lugares longe das grandes concentrações de Schoenstatt como Asunción, Ciudad del Este, San Lorenzo, Encarnación.

A festa deste dia 18 de outubro foi maravilhosa, milhares de peregrinos e missionários chegaram até Tupãrenda, o primeiro grupo que chegou foi o dos missionários de Encarnación às 4:30 da manhã. Os que levaram as bandeiras na procissão da primeira missa eram todos missionários de diferentes pontos do país. Missionários que peregrinaram ao Santuário de Tupãrenda para agradecer a Virgem que visita seus lares.

A ermida de Vallemí

Lembro uma história de Mima Cardona sobre uma viagem de aventura por caminhos de terra, publicada em 2011, rumo a Vallemí, uma cidade a 620 km de Asunción, às margens do rio Apa, limítrofe com Brasil.

Em cinco de julho deste ano a ermida de Vallemí foi abençoada. Quero saber mais, e Mima começa a contar:

“O pároco desse lugar é o P. Emiliano R. Fernández, ele já conhece o Movimento, especialmente a Campanha. Conhecemos o padre em Loreto, ali a Campanha já estava formada, mas não tinham uma Ermida.

Quando o P. Emiliano foi nomeado como pároco da igreja Virgem del Carmen em Concepción, ele nos chamou e pediu que formássemos um grupo de missionárias. Formou-se o grupo que foi dirigido pelas próprias missionárias de Concepción. Ali na paróquia Virgem del Carmen é entronizada a imagem da Mãe três vezes Admirável de Schoenstatt.

12193962_957155241017030_1146119602_o

O pedido do pároco

12179670_957155154350372_1167616753_nPouco tempo depois o P. Emiliano é trasladado, mas desta vez a um lugar bastante distante e com um caminho em péssimas condições: Vallemí. Em Vallemí está instalada a fábrica de que produz cimento para todo o país.

A primeira coisa que faz é pedir novamente a presença da Campanha, é assim como nossa Mãe nos utiliza como instrumentos em suas mãos. Falamos e preparamos um programa de lançamento com as primeiras imagens, seis no total distribuídas em seis bairros.

O próprio sacerdote se encarregou de escolher as pessoas que seriam as missionárias.

Depois de um mês, na primeira missa do dia 18, que foi um dia 18 de março, estando o templo repleto, se entregaram as peregrinas.

O padre nos chamou para contar que lhe surpreendeu a quantidade de pessoas que haviam assistido a missa. “Ela me segue, por onde vou Ela vai comigo” são as palavras do P. Emiliano. É assim como nossa Mãe nos leva a visitar e estabelecer seu trono de Graças…

Ela com sua doce presença atrai os corações de seus filhos, os acolhe em seu coração maternal e os vai transformando pouco a pouco.

A Ermida foi abençoada em cinco de julho de 2015, estiveram presente membros da Rama Familiar de Concepción, Missionárias de Concepción e Loreto, uma vez mais o templo estava repleto. Damos graças a Deus e a nossa Mãezinha por nos escolher como instrumentos em suas mãos. “Em tuas mãos Pai, apóstolos da Mãe”.

Original: Espanhol. Tradução: Lena Ortiz, Ciudad del Este, Py

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *