P. Sidney Fones

Colocado em 2021-04-29 In Schoenstatteanos

Obrigado pela sua vida e pela sua entrega, Pe. Sidney Fones

Maria Fischer •

Na manhã de quinta-feira, 29 de Abril, o Padre Sidney Fones morreu em Santiago, Chile, depois de ter contraído o Covid-19 há algumas semanas Divididos entre a grande dor e a gratidão pela sua vida marcada pela liberdade, internacionalidade e compromisso com a sua Comunidade e a sua missão, o Movimento Apostólico de Schoenstatt e a Igreja, unimo-nos em oração, recordando um homem corajoso e livre. Fazemo-lo como schoenstatteanos e como colaboradores de schoenstatt.org, uma vez que, o seu apoio e motivação foram fundamentais, há mais de 20 anos atrás, para se empreender esta aventura de uma página web ao serviço da vida da Família de Schoenstatt internacional e, hoje em dia, estamos comprometidos com ela. —

P. Sidney Fones

P. Sidney Fones

“Quando ouvi o seu nome pela primeira vez nos anos 90, pensei que era um Padre inglês ou australiano…”, comenta Claudia Echenique. “Depois soube que era chileno, conheci-o na bênção do Santuário de Sion del Padre em Florencio Varela, em Fevereiro de 1994, pude entrevistá-lo e ele deixou o seu testemunho para os Padres Argentinos. Lembro-me do seu sorriso e da paz que o seu rosto transmitia”.

Por volta do ano 2000, Pe. Sidney acompanhou, com grande interesse, o “nascimento” do que é agora schoenstatt.org. Lembro-me das conversas com o Pe. Beller e, com pessoas interessadas no tema da comunicação, da luta pelo domínio schoenstatt.org, quando este tinha sido comprado por “piratas” naquela época, e da sua “campanha” para dar a conhecer a então página internacional schoenstatt.de

Mas, acima de tudo, lembro-me de alguns e-mails que recebi dele, em Novembro de 2000, quando era então membro da Presidência Internacional e Vice Superior dos Padres de Schoenstatt , alguns dias após o Encontro Internacional da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt em Santa Maria, Brasil. Em anexo encontrava-se o ficheiro com a crónica de Monina Crivelli, da equipa organizadora. Estava em espanhol, claro, e foi bastante longa. O comentário do Padre Sidney foi tão breve quanto claro: “Acredito que deve ler estes textos, não para os publicar, mas para compreender o que realmente aconteceu em Santa Maria e para compreender a Campanha a partir de dentro e o que ela significa para Schoenstatt, mas realmente a Campanha original…”.

Parafraseando o Evangelho dos discípulos de Emaús: abriram-se-me os olhos… e ardia o meu coração.

Alguns meses mais tarde, encontrámo-nos em Schoenstatt com a Monina Crivelli e o Pe. Sidney; o sorriso no seu rosto e o seu “eu consegui” nunca esquecerei.

Muito mais haveria a dizer sobre o Pe. Sidney Fones. Isto é apenas para dar a notícia da sua morte e para uma lembrança pessoal agradecida.


A Missa de Corpo Presente do Pe. Sidney Fones será celebrada em 30 de Abril e será transmitida no seguinte link:

https://youtu.be/5w-Hq7w9E-M

  • 11.00 Colômbia/México
  • 12.00 Chile
  • 13.00 Argentina/Brasil
  • 17.00 Portugal
  • 18.00 Espanha/Alemanha
P. Sidney Fones

No Panamá, 2018

Original: espanhol (29/4/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

1 Responses

  1. Tive o privilégio de o conhecer e de conviver com ele. Em poucas palavras, a primeira coisa que destaco nele é o grande dom de acolhimento que tinha… pouco depois de nos conhecermos em Bellavista, convidou-nos (a mim e ao meu marido) para um lanche na casa dos Padres. E organizou um almoço com dois outros casais na casa de um deles, para que não nos fôssemos embora sem conhecermos e dado a conhecer à Família Chilena. Foi lá que ouvi pela primeira vez falar sobre a construção do Santuário de Campanário (cujo local nos levaram a visitar) e pediram-me se lhes mandava uma pedra do Santuário de Fátima para colocarem na pedra angular. Eles já tinham uma de Lourdes. Quando cheguei a Portugal, apressei-me a ir a Fátima para recolher a pedra, à qual acrescentei quatro pedras de cada Santuário de Schoenstatt em Portugal com fotografias que documentavam a recolha. E enviei-lhas. Com isto, o Padre SIDNEY tornou-nos participantes da Vida de Schoenstatt no Chile e vinculou Portugal com o Chile.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *