Colocado em 9. Novembro 2014 In Jubileo 2014

Assim celebraram os 100 anos de Aliança… em Quarten

SUÍÇA, Ángela Koester. Enquanto a escassos 600 km, em Schoenstatt, se concentravam milhares de peregrinos de todos os continentes para celebrar os 100 anos da Aliança de Amor, mais de mil pessoas participaram, no Santuário nacional de Schoenstatt suíço, em Quarten, nas várias e emotivas celebrações.

Os participantes, todos residentes na Suíça, procediam de mais de 50 nações e vincularam-se a Schoenstatt graças à Mãe Peregrina, à qual conheceram nos seus países de origem. O dia começou com uma Santa Missa solene presidida pelo bispo auxiliar, Monsenhor Marian Eleganti, representante da Conferência Episcopal Suíça. Em seguida houve a oportunidade de abordar temas da espiritualidade de Schoenstatt e da vida quotidiana em diversos ateliers.

Acesso a outros mundos

Junto ao recém inaugurado “Lugar dos sacramentos” podia-se conversar sobre a nova obra com o diretor do projeto: Hubert Mammerle, com o artista Beat Oetterli e com o Pe. Fleischlin e, também, sobre a atualidade dos sete sacramentos. Monsenhor. Marian Eleganti conversou e respondeu a perguntas da atualidade: Como encontrar o caminho quando se forma um enredo de pensamentos e sentimentos? Que quer Deus de mim e como posso reconhecer a sua voz?

Também se realizou o atelier “Chamado pelo teu nome… também hoje?”, com a Ir. Joseline Becchio. Através de um filme comovente, os visitantes foram conduzidos ao ano 2011, com a consagração a Deus, em Quarten, da Ir. Florence, de 24 anos de idade. Com este término do mundo misterioso dos conventos é feita esta celebração na qual as jovens recebem o hábito das Irmãs de Maria de Schoenstatt. As imagens deram lugar a muitas perguntas que foram respondidas pela Ir. Joseline. Impressionou o seu modo sincero e próximo e deixou clara uma ideia central do Movimento de Schoenstatt: os cristãos devem crescer e decidir-se livremente.

Unidos pela Mãe Peregrina

A Campanha do terço da Mãe Peregrina, que surgiu no Brasil em 1950, chegou à Suíça há poucos anos. Começou com o nome “ Projeto a caminho para ti”. Cerca de 700 imagens da Mãe Peregrina de Schoenstatt visitam muitas pessoas, tanto suíças como de outras nacionalidades. À tarde houve uma bonita procissão até à Igreja com as imagens da Mãe Peregrina e teve lugar uma celebração da Aliança de Amor. Durante a procissão foram nomeados, num hino, os 50 países presentes na Suíça.

Um fogo arde

Depois foi possível seguir em direto, na paróquia e em diversas salas, a celebração da Aliança de Amor em Schoenstatt. Tinha chegado o momento da renovação da Aliança de Amor e a irrupção do novo século.

Para finalizar a festa em Quarten, queimaram-se os papelinhos das contribuições ao capital de graças enquanto os “Sarganserländer Musikanten” interpretavam, acompanhavam com a sua música. “Ide e incendiai o mundo…” com estas palavras finalizaram as celebrações em Quarten.

Uns dias mais tarde partiu da Suíça um grupo de cerca de cem pessoas para Roma, para participar na segunda parte da celebração jubilar com o envio do Papa Francisco.

Com material da Ir. Monja Schnider e Melanie Romer


Original: alemão- Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal