Colocado em 2018-07-23 In Vida em Aliança

Um ano de J.M.

ITALIA, Federico Bauml •

No dia 2 Julho encerrou-se, com um churrasco ao estilo sul-americano, o ano da Juventude Masculina (J.M.) italiana.—

Uma verdadeira festa, com convidados de excepção os rapazes adolescentes do grupo pós-Crisma da Paróquia dos Santos Padroeiros.

Um ano que poderemos definir – para usar uma terminologia querida das novas gerações – “2.0”, novo chefe, novo logotipo, novas entradas entre os componentes do grupo, novos desafios. O ano do relançamento, para um projecto iniciado em Schoenstatt em 28/3/2010 e que, sem dúvida, precisava de uma nova linfa para permanecer fiel à promessa de dar a conhecer o Movimento de Schoenstatt em Itália.

Com um agradecimento especial aos nossos irmãos paraguaios que, nos últimos quatro anos, com o projecto “Missão Roma”, deram um contributo fundamental para o crescimento do grupo.

O Logotipo

Por ocasião da Missa de 18 de Junho p.p. apresentámos a toda a Família italiana de Schoenstatt, o novo logotipo da Juventude Masculina: O Coliseu, símbolo universal da cidade de Roma que “abraça” o Santuário Cor Ecclesiae, inconfundível pela sua coloração vermelha, e ambos são realçados, sobre um fundo azul, acompanhados por uma frase do Padre Kentenich: “fortes, dignos, simples e mansos”. Imagens que melhor do que mil palavras descrevem o sentimento e a essência desta J.M. um grupo heterogéneo, composto por universitários e jovens trabalhadores, cada um deles, pronto a pôr o seu talento à disposição de um desenho mais amplo. Não uma elite, não uma etiqueta, não um grupo fechado, mas um grupo de vida movido pela vontade de levar o seu carisma às esferas da vida com as quais se confrontam quotidianamente.

 

Um projecto ambicioso

Tantos projectos desta J.M. 2.0. Por um lado, a proposta de formação “interna”, com encontros bissemanais sobre a nossa espiritualidade; por outro, actividades viradas para o exterior, desde o torneio de futebol inter-paroquial, à peregrinação entre os Santuários, passando por actividades de voluntariado e lúdicas, como o “torneio mundial de playstation” (vencido por um italiano; magra consolação para a ausência da nossa Itália do Campeonato do Mundo).

Tantos, pequenos, projectos, emersos nos nossos propósitos quotidianos.

E ainda, um propósito maior: oferecer o nosso trabalho para coordenar a recolha, a reorganização e a tradução dos escritos do Padre Kentenich, com o objectivo de brindar a oportunidade de se beneficiar, de uma maneira mais simples, de todas as pérolas que o nosso Pai-Fundador nos deixou. Um projecto ambicioso, para nada simples mas que, com o entusiasmo e a ajuda de todos, estamos certos de conseguir levar a bom porto. “Ousados no risco”, como nos foi ensinado. Um obrigado especial a todos aqueles que contribuíram para tornar este ano tão especial. Um ano de J.M. um ano na J.M.

Original: italiano (21/7/2018). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *