Colocado em 2. Março 2018 In Vida em Aliança

Gratidão e preparação na Abertura do Ano no Jaraguá

BRASIL, Sueli Vilarinho e  Karen Bueno • 

As atividades da Família de Schoenstatt do Jaraguá, em São Paulo/SP, iniciaram com muita gratidão que cerca o jubileu de 50 anos do Santuário Sião. O dia iniciou com um frescor típico da região e a oração da manhã do Rumo ao Céu. Assim se realizava a primeira atividade do ano para a Família de Schoenstatt, a abertura das atividades de 2018. —

Estavam presentes os diversos ramos e comunidades da Obra, o casal presidente do Conselho, Flávio Manoel dos Santos e Regina Celi Casarim dos Santos, e os assessores, Sra. Raquel Padilla, Pe. Marcelo Aravena e Ir. Lucia Maria Menzel. Cerca de 150 pessoas participaram da abertura.

“O mundo atual somente poderá sarar, poderá restabelecer-se unicamente através de santos…”.

Nesse encontro em Família, logo foram esquentando o tempo e o coração com os pensamentos que a Ir. Lucia Maria dirigia sobre as correntes de vida da Obra de Schoenstatt no Brasil. Na palestra, entre muitos pontos, a Irmã destacou uma frase do Pe. José Kentenich:

“O mundo atual somente poderá sarar, poderá restabelecer-se unicamente através de santos…”.

O Brasil precisa de mudanças, diz ela, precisa de santos e exige uma mudança, primeiro, em cada um pessoalmente, no pequeno. Isso acontece pela autoeducação, com a ajuda da Mãe e Rainha, aspirando à santidade: esse é o legado que o Pe. Kentenich nos deixou, fazer o ordinário extraordinariamente bem, ela ressalta.

Outro ponto colocado na palestra é observar o mundo e a realidade sempre pela “fenda” que é o coração do Pai e Fundador. O que realmente cada situação quer nos dizer? Como ver os tantos ataques à família, nas mídias, nas condutas, na lei? Será isso a ausência de Deus e da paternidade? Ir. Lucia Maria aconselha a ver, aos olhos do Pe. Kentenich, o que Deus fala pelos acontecimentos, pois são necessárias famílias fortalecidas em Deus e no amor.

Segue o triênio jubilar rumo aos 50 anos do Santuário da Unidade dos Corações no Pai.

Continuando, o presidente do Conselho convidou todos a participarem ativamente das atividades previstas para o ano de 2018, inspirados pelo lema: “Unidos ao Pai e Profeta, por uma Nova Terra Mariana”. Atualmente a Família de Schoenstatt do Jaraguá está unida em um triênio preparatório, conquistando um cetro para a Mãe e Rainha, que será colocado na Tenda da Unidade, na celebração jubilar dos 50 anos deste Santuário (31 de maio de 2019).

Em seguida houve a oração final e uma benção, dada pelo Pe. Marcelo Aravena, que é o novo assessor da Liga de Famílias no Jaraguá e em Caieiras/SP e do Terço dos Homens no regional Sudeste. A abertura do ano culmina com a Santa Missa, também presidida pelo Pe. Marcelo. Na homilia ele convida a Família de Schoenstatt a escutar atentamente o evangelho: “Senhor Jesus, que o teu apelo exigente de conversão não nos intimide, antes, nos estimule e impulsione a mudar radicalmente nosso modo de pensar, viver, agir e amar, em todas as situações da vida”.

Por fim, todos renovaram a Aliança de Amor à sombra do Santuário, na alegria de estar oficialmente aberto o ano para a Família de Schoenstatt do Jaraguá.

Fotos: Alex Formigoni

Etiquetas: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *