crianças Rótulo

PARAGUAY, DEQUENI • Nesta nota nos alegramos em compartilhar a história de Ricardo. Este menino que nos encanta com sua ternura e calidez prepara-se para ir ao primeiro ano, aprendendo cada vez melhor, com apoio de benfeitores, padrinhos e madrinhas, através da campanha Bolsas Educação. Perguntamos a Ricardo o que aprendeu na escola durante o ano. Respondeu contente: “já sei escrever meu nome”. Ao que sua professora do Pré-escolar agregou, sorrindo: “Ricardo aprendeu bastante, sabe compartilhar sua opinião, dizer se gosta ou não gosta de algo, reconhece letras, cores, eLeia mais
SÍNODO DOS BISPOS, por Ary Waldir Ramos Díaz, Aleteia • Na terça-feira, 20 de Outubro, teve lugar, na Aula João Paulo II, no Vaticano, o encontro quotidiano dos Padres Sinodais, com a imprensa. Os Arcebispos, Lluís Martinez Sistach (Espanha) e, Alberto Suarez Inda (Máxico), comentaram a situação das famílias divididas por causa da migração forçada e a situação dos imigrantes que vivem noutra cultura. Uma fotografia da dimensão do fenómeno foi a comovedora carta que, a pequena Sophie Cruz, de 5 anos, entregou ao Papa Francisco durante a sua visita aLeia mais
FRANCISCO ÀS CRIANÇAS • O Papa Francisco saudou as crianças da Diocese de S. Justo e, convidou-as a participarem na missa especial para eles que, se celebrará no dia 26 de Setembro no prédio da Universidade da Matanza. A celebração Eucarística será presidida pelo Bispo de S. Justo, Monsenhor Eduardo García e terá por lema: “Jesus, dá-nos o que tens no coração”. O Papa lembrou às crianças que Jesus tem no coração “muito amor” e, destacou que, esse amor se dirige para nós em Misericórdia. “Jesus acompanha-nos sempre, Jesus caminhaLeia mais
PARAGUAI, Dequení • A Fundação Dequení realizou sua quarta “Corrida da Solidariedade” com o lema “Nossa meta é a educação”, com a qual arrecadou fundos para apoiar a educação física das crianças em espaços livres, em projetos de Ypané, J. Augusto Saldívar, Luque e Caácupé. A partir desta ação se busca também promover o esporte, atividade que inculca nas crianças valores como o companheirismo, o esforço ou a constância que lhes servirá para seu futuro, além de ser uma forma de aprendizagem divertida e que alegra aos pequeninos. O eventoLeia mais
PARAGUAI, Dequení • Marion, uma jovem alemã de 24 anos, depois de trabalhar durante um ano como voluntária na Casa de Acolhida da Fundação Dequení, retorna a seu país para seguir a carreira de serviço social e compartilhar esta experiência com seus amigos. Marion foi uma das voluntárias internacionais de Dequení: chegou desde Munique para compartilhar, ajudar e transmitir seus conhecimentos as crianças da fundação na casa central de Fernando de la Mora. Conta que sua passagem por Dequení esteve cheia de lindos momentos, alegres, e de brincadeiras com asLeia mais
PARAGUAI, por María Fischer, da redação de Schoenstatt.org • Foram, como em tantas outras ocasiões, os momentos mais emotivos desta “maratona de amor” do Papa Francisco no Paraguai: os encontros com os seus prediletos: as crianças, os pobres, os doentes, os presos, os idosos, os da periferia. Foi enorme a expectativa no e em frente ao Hospital Pediátrico Acosta Ñu. Nos arredores, madrugaram desde as três da manhã para ver o Papa. O Papa deu como exemplo a “confiança”, a “alegria” e a “ternura” das crianças doentes que visitou noLeia mais
PARAGUAI, por Noelia Ferreira y Maria Fischer • Pelo trigésimo aniversário de Dequení, domingo três de maio se celebrou uma Santa Missa em Tupãrenda com a presença de muitos benfeitores e padrinhos que colaboram com a missão de Dequení, este grande projeto nascido da Aliança de Amor. A celebração foi presidida por Monsenhor Claudio Giménez, Padre de Schoenstatt e Bispo de Caacupé. Coroou-se a Mãe como Rainha da Fidelidade de Dequení, por acompanhar a obra durante todos estes anos. Oferendas Foi um dia de chuvas torrenciais, o que fez atrasarLeia mais
Pelos 30 anos de Dequeni, publicado no jornal Ejempla, Paraguay • Quando era criança vendia goma de mascar na rua, hoje é vendedor de inversões em um banco. Derlis Cáceres está convencido que o êxito na vida depende das pessoas de boa vontade com as quais cruzamos pelo caminho. Ali estava ele, tomando “tereré” com seus companheiros de rua. Com um gole dessa refrescante bebida tentava apagar a sede que lhe queimava a garganta, mas não o conseguia, porque não se tratava de uma sede por falta de água; masLeia mais