Colocado em 9. Março 2016 In aos nossos leitores, schoenstattianos em rede

Kentenich, um vanguardista em comunicação. Cem anos da revista MTA

Por Pe. Antonio Cosp, Tuparenda, Paraguai / redacção de schoenstatt.org  •

Vocês terão visto a riqueza de vida que os colaboradores de schoenstatt.org recolhem semana após semana. Essa vida assombrosa ficaria oculta para muitos se, não tivéssemos esta página que, com certo orgulho, se auto denomina “MTA reloaded”. Nela podemos descobrir o estilo de comunicação do Padre Kentenich.

MTA reloaded

5.3.1916.

MTA reloaded: refere-se à revista MTA, cujo centenário celebramos neste 8 de Março. Apenas, algumas semanas a seguir à Fundação de Schoenstatt, os primeiros Congregados tiveram que ir para as trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Uma guerra real, horrível e cruel que segou a vida de muitos jovens, também dos que, se tinham oferecido para que, a partir duma pequena e abandonada capela no vale de Schoenstatt (Alemanha) saísse uma renovação do mundo, em Aliança com a Mãe do Senhor e nossa Mãe.

Um Schoenstatt “em saída”, como diz o Papa Francisco, um Schoenstatt que sabe e, deve responder, hoje, à sua proposta de ir “para a rua”. Sair do Santuário do pequeno vale, da própria comunidade, para levar uma esperança que não é utópica mas que, se traduz em acções concretas, projectos evangelizadores que oferecem vida ao Homem e lhe devolvem a sua dignidade.

Muitos são os recursos que o Pai usava para que, também, nessas circunstâncias os Congregados-soldados pudessem continuar a evoluir na sua vida espiritual e no seu apostolado.

Um exemplo disso, foi, tanto nas suas quedas como nos momentos de graça, José Engling e, com ele, vários companheiros seus.

As trincheiras, por momentos, convertiam-se em santuários

1924, MTA reloaded (re-printed)

1924, MTA reloaded (re-printed)

A palavra comunicação tem origem no latim “comunis” que significa “comum”. Por isso, comunicar significa transmitir ideias e pensamentos com o objectivo de os pôr “em comum” com o outro. Isto supõe a utilização dum código de comunicação partilhado. O Padre Kentenich ofereceu-nos esse código. É o código de criar vínculos solidários, histórias reais, pondo as experiências da Aliança ao serviço duma Família em saída missionária, a partir do Santuário.

Cada artigo publicado em schoenstatt.org, tudo o que é publicado noutros media comprometidos com a cultura kentenichiana de comunicação, tudo o que fazem, comunicadores como o Pe. Kentenich, é uma contribuição comemorativa de grande valor para o Movimento Internacional, ao celebrarem a genial iniciativa do Pai para apoiar os jovens na frente de batalha.

A revista chamava-se MTA e a data do primeiro número, é 5 de Março de 1916. O Pai procurou um caminho novo para que, os rapazes, agora soldados, continuassem o seu processo de autoeducação e de serviço missionário e apostólico.

Era como uma “carta” do Pe. Kentenich dirigida a cada um, na qual coligia muito material que lhe chegava das mesmíssimas trincheiras. Os jovens escreviam-lhe e o Pai, sem dar nomes, coligia um valioso material que dava a conhecer, como cada um, tentava continuar a crescer. As trincheiras, por momentos, convertiam-se em santuários. E, melhor, nas horas livres sabiam superar o peso da sua natureza jovem, do pecado original tão atento quando não se é criativo. Isso fez, a maioria deles manterem-se coesos e com a sua espiritualidade em crescimento.

Cultura do encontro é cultura de Aliança…

Esta revista MTA, de aparência simplicíssima, é a mãe e modelo de todo o meio de comunicação que anseie ser Kentenichiano. Foi, uma verdadeira antecipação, duma nova comunicação sinodal, familiar e missionária proposta pelo Concílio Vaticano II. É a mãe e modelo do nosso schoenstatt.org e, um compromisso com uma Cultura Kentenichiana da comunicação no Ano Santo da Misericórdia e, como se disse, no centenário da revista MTA, quando o Papa Francisco nos chama para o fecundo encontro de comunicação com a misericórdia.

A comunicação tem o poder de criar pontes, favorecer o encontro e a inclusão, enriquecendo assim a sociedade”. –

Papa Francisco, Mensagem para a Jornada Mundial das Comunicações Sociais 2016

todoschoenstatt1
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Original: espanhol. Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , , , ,