ermita

Colocado em 2021-12-02 In Campanha

A Mãe em San Pedro, sinal de encontro

ARGENTINA, Pe. Sebastián Zagari, através de www.schoenstatt.org.ar

Na quinta-feira, 18 de Novembro, na cidade de San Pedro (Buenos Aires), que pertence à Diocese de San Nicolás, vivemos um momento de graça ao celebrarmos a Missa ao lado da imagem da Mãe, na Ermida que nos acompanha há 17 anos. —

ermita San Pedro

Esta Ermida foi construída por um grupo de missionários da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt, com a contribuição de muitos devotos, e foi abençoada pelo Padre Guillermo Cassone a 9 de Novembro de 2004.

Desde há algum tempo que, eu e a Élida, Coordenadora da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt, e os missionários locais, tínhamos o anseio de celebrar uma Missa na Ermida que se encontra na bela Plaza de La Amistad, nas ruas 11 de septiembre e Liniers. É um lugar vital, um lugar de encontro, de partilha, onde muitas pessoas passam diariamente, incluindo muitos turistas aos fins-de-semana, um local de encontro para famílias, um parque infantil, a poucos quarteirões do passeio público da cidade e do rio. Um lugar onde Maria abençoa cada um daqueles que, quer saibam ou não, estão perto dela.

A Missa, inicialmente prevista para 9 de Novembro, aniversário da bênção, foi finalmente adiada por razões meteorológicas para 18 de Novembro, Dia da Aliança e o dia em que os missionários vêm mensalmente rezar o Terço. Deus deu-nos um belo dia de sol, sob o qual nos dirigimos com confiança ao coração da Mãe.

ermita San Pedro

“Quando passares por aqui, aguardo o teu olhar”

Como pároco do lugar, tive a honra de presidir à celebração e na Homilia quis salientar como, a partir desta Ermida a Mãe conquista os corações de tantos que passam perto dela. Dos que param para rezar, ou que simplesmente olham para Ela, lembrando a frase que João Pozzobon tinha posto na Ermida que ergueu ao lado da sua casa:

“Quando passares por aqui, aguardo o teu olhar. Não te recusarei nada do que me pedires, se o teu coração souber amar”.

Também achei apropriado recordar que, Maria é Mãe e Rainha da unidade, e isto também se manifesta na forma como une os fiéis de San Pedro: a Ermida está na jurisdição da paróquia de San Roque, mas mesmo na fronteira com a paróquia de Nuestra Señora del Socorro, e os missionários por sua vez têm a paróquia de San Pablo como ponto de referência. Nas três comunidades da cidade, a Mãe, com a Sua presença materna, une os corações num único amor.

Finalmente, comentando o Evangelho do dia (Lc 19,41-44), que relatava as lágrimas de Jesus pela cidade santa, que não sabia reconhecer o tempo em que foi visitada por Deus, pedimos a Jesus a graça de poder sempre reconhecer a Sua visita com a certeza de que, onde está a Mãe, há uma visita de Deus. E na nossa Ermida, ali na Plaza de la Amistad, onde está a Mãe, sabemos que temos sempre uma visita, uma carícia, uma bênção do bom Deus. Na tarde do dia 18 de Novembro deste ano voltámos a experimentar isto com força, e propusemo-nos coroar a Mãe em acção de graças.

ERmita San Pedro

Fonte: www.schoenstatt.org.ar, com autorização dos editores

Original: espanhol (30/11/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *