Voluntarias de Marìa

Colocado em 2021-12-03 In Projetos, Schoenstatt em saída

Como o Voluntariado de Maria teve que adaptar-se face à pandemia mas, mantém a sua essência intacta

ARGENTINA, Maria Amelia Volpini

Conhecemo-nos no dia 18 de Novembro na Catedral Metropolitana em Buenos Aires. Maria Fischer pediu uma foto das Voluntárias de Maria que estiveram presentes, falámos do nosso apostolado e dos sentimentos das Voluntárias de Maria por não poderem levar a cabo a sua missão, devido à pandemia. —

As Voluntárias de Maria nasceram a 8 de Setembro de 1982, no próximo ano celebraremos o 40º aniversário do seu nascimento, e só se enraizou na Argentina. A sua fundadora foi Raquel Sáenz Valiente.

Desde o seu início, a nossa missão desenvolve-se nos hospitais públicos e a função específica é o acompanhamento integral da pessoa hospitalizada, vivendo e acompanhando-a nesses momentos difíceis e iluminando-os com a luz da fé em Deus. Servimos os nossos irmãos e irmãs como “pequenas Marias”, trazendo conforto e uma certa alegria à pessoa doente que necessita de sentido.

Oferecemos-lhes os nossos ouvidos para os ouvir, a nossa boca para lhes trazer alguma paz e o nosso coração para continuarem a amar como Maria, os nossos pés a caminhar nas pegadas de Jesus.

Uma volta de 180°

O nosso caminhar como voluntários e o do mundo inteiro deu uma volta de 180° com o aparecimento do novo Coronavírus – doença, medo, perda de entes queridos, confinamento e, portanto, uma certa angústia na alma. Nós Voluntárias de Maria sentimo-nos especialmente assim porque temos de aceitar os protocolos de cada hospital, os cuidados para cada uma de nós e para a nossa família.

A nossa formação e espiritualidade de Schoenstatt são os pilares fundamentais que nos sustentam. A fé na Divina Providência, a Eucaristia, a Aliança de Amor com Maria e a oração.

A falta de presença nos hospitais pôde ser contida unidas na oração. Rezamos pelos doentes, parentes e amigos e isto fortaleceu os nossos vínculos. Mantemos todos a chama acesa para regressar quando a situação actual se estabilizar. É uma grande tristeza, mas oferecida à Mãe Três Vezes Admirável pois sabemos que é Ela quem faz milagres e nós somos os seus instrumentos que fazemos as coisas por amor e com alegria.

 

Voluntarias de Marìa

Voluntárias de Maria em Rosario em frente da Catedral, 18/11/2021

Original: espanhol (30/11/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.