Colocado em 26. Fevereiro 2018 In Campanha

Há muitas ermidas, mas queremos o Santuário

ARGENTINIEN, Inés Petiti •

Já faz muitos anos, a Família de Schoenstatt do estado de Corrientes sonha com a construção de um Santuário. Há muitas ermidas, uma mais bonita que a outra nestas terras do noroeste da Argentina, porem os Santuários de Schoenstatt mais pertos estão em Oberá (400 km), em Paraná (600km) e em Assunção, Paraguai (350 Km). É muito longe para poder visitá-los ou peregrinar frequentemente, e ainda mais para as pessoas humildes da Campanha do Rosário.

Na cidade de Corrientes já estão buscando um terreno, continuam arrecadando fundos e fazem planos. Porem um Santuário de Schoenstatt não se constrói primeiro com tijolos, mas sim de capital de graças.

O Pe. Kentenich em suas visitas a América disse: “Venho a buscar aliados para a missão”. O sábado, 27 de janeiro, um grupo de schoenstattianos de Corrientes visitou a Família de Schoenstattt de Goya na sua ermida “para buscar aliados”, para convidá-los pessoalmente a somar-se a corrente de capital de graças para o futuro Santuário de Corrientes.

A Mãe sai ao encontro de seus filhos

Com eles, trouxeram a Imagem Auxiliar da Diocese de Corrientes, que visitou vários lugares na área. Acompanhou neste momento o Pe. Rodolfo Barboza, quem lhes deu uma didática palestra mariana e uma benção especial A Auxiliar ficou com o Pe. Barboza durante o final de semana.

A Mãe nunca permanece quieta mas sai ao encontro de seus filhos. Assim, primeiro acompanhou a celebração da Santa Missa em Curuzú Cuatiá. Segunda-feira, dia 29, ao meio-dia, foi levada ao posto policial, e terça-feira, dia 30 visitou a prefeitura até o meio-dia. O prefeito de Goya sempre está feliz em a receber.

Doce caminhante abençoa meu povo!

 

Original: Espanhol, 30.01.2018. Tradução: João Pozzobon, Santa Maria, Brasil

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *