Colocado em 2016-10-20 In Schoenstatt em saída

O Caminho de Brochero

ARGENTINA, P. José María Iturrería •

Na Argentina, assim como no Vaticano e também no Santuário de Belmonte em Roma, tudo estava sendo preparado para o dia 16 de outubro, dia que o Papa Francisco, em São Pedro, canonizou José Gabriel del Rosario Brochero, mais conhecido como “Cura Brochero”, dia que surgiu o primeiro santo argentino, nascido e morto no país. Pelo motivo da canonização, e que também estava presente grupos de peregrinos schoenstattianos, o Pe. José Maria Iturrería, grande promotor de iniciativas como a Cruzada de Maria e a Fackellauf, apresenta o “Caminho de Brochero”: “Estamos organizando com um grupo de jovens uma peregrinação similar à Cruzada de Maria e já que este mês de outubro é a canonização do Cura Brochero, primeiro santo argentino, é uma excelente oportunidade para divulgar o projeto que estamos montando e para o qual queremos fazer um convite aberto a todos os jovens do Movimento, também através da divulgação que pode ser feita pelo schoenstatt.org. Concretamente se trata de uma peregrinação juvenil do estilo da Cruzada de Maria, que vai percorrer as pegadas de nosso “Cura gaúcho”.

 O que é o Caminho de Brochero?

Entre os dias 16 e 22 de janeiro de 2017 com um grupo de 150 jovens realizaremos uma peregrinação de 150 km desde a cidade de Córdoba (Argentina) até a localidade de Villa Cura Brochero, onde descansam os restos do santo argentino. Percorreremos o mesmo caminho que o Cura Brochero realizou há mais de 140 anos atrás de mula.

Inspirados no “Caminho de Santiago” e na “Cruzada de Maria”, queremos oferecer à Juventude Masculina uma oportunidade para ter uma atividade de magnitude nacional e internacional, durante a qual os jovens possam aprofundar no exemplo de santidade de Brochero, e encontrar-se com Deus desde a maravilha da natureza.

A peregrinação durará 6 dias e caminharemos aproximadamente 150 km, cruzando Altas Cumbres das Serras de Córdoba (2240m) por um caminho antigo. Cada noite seremos recebidos e poderemos descansar nas paróquias, mosteiros e lugares de camping em Malagueño, San Antonio de Arredondo, Copina, Pampa de Achala, Mina Clavero e finalmente Villa Cura Brochero.

zuschneiden

O que motiva esta peregrinação?

zuschneiden_2Desde muito tempo o exemplo de vida de José Gabriel del Rosario Brochero inspira serranos e cordobeses, mas com certeza, a partir de sua Canonização seu legado e sua figura irão se difundir e universalizar em toda Argentina e muito além.

Marcando o ano do Bicentenário da Independência da Argentina e do Ano da Misericórdia que o Papa Francisco motivou no mundo inteiro, a vida e obra do Cura Brochero se convertem em uma motivação especialíssima para nos comprometer com a Pátria, desde a solidariedade com os mais necessitados, a fraternidade, e o compromisso concreto pela construção da Nação, seguindo os mesmos valores que fundaram como estado livre e soberano.

Não só queremos caminhar e conhecer Brochero, mas também oferecer a peregrinação rezando e levando ao Santo Cura as intenções e pedidos daqueles que nos pedem, tanto nacional como internacionalmente. Por isso, começamos uma campanha para coletar intenções e pedidos ao Santo.

 Quem foi José Gabriel Brochero?

Nasceu em Villa Santa Rosa, província de Córdoba, no dia 16 de março de 1840, foi um presbítero católico argentino, chamado popularmente “el cura gaucho”.

No dia 4 de novembro de 1866 foi ordenado sacerdote. Primeiro, desempenhou seu ministério sacerdotal na catedral de Córdoba e foi reitor de estudos do colégio seminário Nuestra Señora de Loreto.

Já em 1867 se destacou por sua entrega em ajudar doentes e moribundos durante a epidemia de cólera que castigou a cidade de Córdoba.

No dia 19 de novembro de 1869 foi eleito vigário do departamento San Alberto, conhecido hoje como o vale de Traslasierra, com sede na localidade de Villa de Tránsito, que a partir de 1916 leva seu nome. Este vale contava então com uns 10 mil habitantes. Ali, assumiu como próprias as necessidades das pessoas. Com suas mãos construiu igrejas e capelas, levantou escolas e abriu caminhos entre montanhas, animando os povos a acompanhá-lo.

Já idoso, o padre Brochero ficou doente de lepra, como consequência de conviver com doentes que padeciam desta doença, compartilhando inclusive chimarrão com eles. Por essa razão, ficou surdo e cego antes de morrer na Villa del Tránsito no dia 26 de janeiro de 1914.

image005

Quem pode participar?

Todos os meninos com mais de 18 anos podem se inscrever e participar desta peregrinação. Para isso é necessário completar um formulário de inscrição e aderir aos requisitos necessários. Aqueles que quiserem mais informações, podem nos procurar na internet, em nossa página do Facebook ou por e-mail que segue mais abaixo.

E se não posso peregrinar, como posso participar?

Nesta peregrinação queremos levar todos os anseios e pedidos para que nosso santo as entregue, pelas mãos de Maria, a Deus Pai; por isso, se quiser participar espiritualmente é possível fazê-lo enviando uma mensagem com teu pedido de oração em nossa página do Facebook ou para nosso e-mail.

 

zuschneiden

Nossos meios de comunicação são:

Facebook: El Camino de Brochero

Instagram: @elcaminodebrochero

G-Mail: [email protected]

Formulário de inscrição

PDF Info

 

brochero

Original: Espanhol. Tradução: Isabel Lombardi, Guarapuava PR, Brasil.

 

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *