Colocado em 4. Junho 2017 In Artigos de Opinião

Carta da Presidência Internacional – Pentecostes 2017

P. Juan Pablo Catoggio •

Pe. Juan Pablo Catoggio pediu a redação de schoenstatt.org ajudar a difundir sua carta em nome da Presidência Internacional com motivo de proclamar um Ano do Padre Kentenich em preparação aos 50 anos de sua partida. O desejo é fazer chegar esta carta a todos lados para a festa de Pentecostes. Na sexta-feira 2 de junho já se enviou a todas as Presidências e Centrais Nacionais do Movimentos de Schoenstatt.

 Segue o texto completo da carta, que também está em alemão, espanhol e inglês.

 

 


Schoenstatt, Pentecostes 2017

 

Querida Família de Schoenstatt,

A Presidência Internacional envia a todos uma cordial saudação desde Schoenstatt neste dia de Pentecostes. Em nosso lugar de graças e de origem, imploramos para todos vocês os dons do Espírito na festa do Espírito Santo.

No próximo ano celebraremos os 50 anos da partida do nosso Pai e Fundador, José Kentenich. Depois de consultar aos representantes do Movimento de Schoenstatt nos diferentes países, propomos a todos um “Ano do Padre Kentenich”, que começará no dia 15 de setembro de 2017 e culminará no aniversário de 50 anos da Páscoa do Pai e Fundador: no dia 15 de Setembro de 2018. Ao longo deste ano coloquemos ao nosso Fundador no centro, seu pensamento e sua mensagem, sua biografia tão rica e fascinante, as respostas que deu aos desafios da Igreja e do mundo e que hoje ainda quer dar através de nós. Este ano nos dá a oportunidade de aprofundar o vínculo com o nosso Pai e Fundador, para que o seu carisma reviva novamente em nós. Convidemos a muitas pessoas a conhecer ou a redescobrir ao Padre José Kentenich como profeta do nosso tempo!

O santo Papa João Paulo II nos lembrava da nossa responsabilidade: “Vocês estão chamados a participar da graça que seu fundador recebeu e a oferecê-la à toda a Igreja. Pois o carisma dos fundadores é uma experiência suscitada pelo Espírito, que é transmitida aos seus discípulos, para que estes a vivam, a custodiem, a aprofundem e a desenvolvam constantemente, na comunhão da Igreja e para o bem da Igreja” (20.09.1985). 50 anos depois da sua partida estamos chamados, como geração pós-fundadora, a manter vivo e atual seu “espírito fundacional”, e desde o fundamento que ele mesmo colocou, a dar resposta aos desafios do presente, a ser “co-fundadores” com ele. Precisamente em nós e em nosso serviço à Igreja e ao mundo, em um “Schoenstatt em saída” há de mostrar-se a fecundidade do Padre Kentenich. Esse há de ser o nosso testemunho de sua santidade.

Convidamos a todos os membros e amigos do Movimento de Schoenstatt a celebrar este Ano do Padre Kentenich nos Santuários de seus países e individualmente. Sugerimos que se reúnam no dia 15 de setembro deste ano, 2017, e que unidos espiritualmente à toda a Família de Schoenstatt no mundo inteiro e ao nosso Pai e Fundador, abram o “ano do Padre Kentenich – ano do Pai e Fundador” da forma que seja mais adequada a cada lugar.

No sábado 15 de setembro de 2018, como Família de Schoenstatt, queremos dizer ao nosso Pai e Fundador nos diversos Santuários e Catedrais onde celebremos: “Sim, aqui estamos! Vamos contigo!”. E prometemos à Igreja colaborar com ela em sua missão no espírito do Padre José Kentenich. Em nome da Presidência Internacional, os saúdo muito afetuosamente desde o Santuário Original, unidos na Aliança de Amor, seu,

Pe. Juan Pablo Catoggio


Tradução: Pe. Afonso Wosny, Sao Paulo, Brasil (carta), João Pozzobon, Santa Maria, Brasil

Etiquetas: , ,

1 Responses

  1. Uma grande alegria poder celebrar o nosso querido Pai, o seu carisma, a sua voz de profeta … Durante um ano vamos realmente pô-lo no centro da nossa vida, das nossas Comunidades, da nossa Família de Schoenstatt, lugar de onde nunca deveria sair. Sem o Pai-Fundador não existe Schoenstatt. Esta realidade ainda não foi plenamente transmitida, absorvida e vívida pelas nossas Comunidades. O Pai-Fundador não é mais um elemento de Schoenstatt ele é Schoenstatt. Só a sua voz, o seu exemplo de vida nos podem levar a viver profundamente a nossa Aliança de Amor. Convençam-se disso. A Presidência Internacional foi abençoada pelos Dons do Espírito Santo quando decidiu este Ano do Padre Kentenich. Já agora, porque não celebrá-lo selando uma Aliança com o nosso Pai ao nível mais extenso que seja possível. Será um ano de graças tenho a certeza.
    Unida em Aliança
    Lena Castro Valente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *