P. Juan Pablo Catoggio en Costa Rica

Colocado em 2022-01-23 In Vida em Aliança

“Creio que regressou à Alemanha, muito contente com toda a vida que experimentou aqui”

COSTA RICA, Pe. José Luis Correa Lira, Lourdes Rosabal •

“Creio que regressou à Alemanha, muito contente com toda a vida que experimentou aqui” comentou o Pe. José Luis Correa sobre a recente visita do Pe. Juan Pablo Catoggio, Superior Geral do Instituto dos Padres de Schoenstatt, à Costa Rica, onde esteve com um programa intenso entre 8-12 de Janeiro de 2022. —

O Padre Juan Pablo presidiu a várias Eucaristias no Santuário: no mesmo dia da sua chegada a San José, deslumbrando com a qualidade da sua Homilia e o calor da sua pessoa. Também teve o privilégio de presidir e pregar a Santa Missa na Basílica em Cartago e nos dias seguintes como primeiro concelebrante na Missa do meio-dia presidida por Dom José Manuel Garita, Presidente da Conferência Episcopal da Costa Rica no nosso Santuário da Família de Esperança.

P. Juan Pablo Catoggio en Costa Rica

Contacto com Padres Diocesanos

Após uma entrevista com o nosso Arcebispo, Monsenhor José Rafael Quirós, foi convidado a celebrar a Missa na casa da Padroeira da Costa Rica, na Basílica dos Anjos em Cartago, um presente da nossa Mãe!

Entre a Basílica e a sede del Este onde tivemos o encontro e almoço com os sacerdotes, foi levado a visitar a Catedral Diocesana, na qual o pároco colocou a imagem da Mãe há alguns anos atrás e também a sede do Movimento em Cartago.

Juntamente com o nosso Assessor Nacional, Pe. José Luis e os Coordenadores Arquidiocesanos, foi convidado para um pequeno-almoço na Nunciatura onde tivemos uma conversa amigável com Monsenhor Bruno Musaró, o Núncio Apostólico na Costa Rica.

Na terça-feira 11, teve a oportunidade de concelebrar Missa com alguns Padres Diocesanos no Santuário da Família de Esperança, que foi presidida por Monsenhor Juan Manuel Garita, Bispo de Ciudad Quesada e presidente da Conferência Episcopal da Costa Rica, e depois partilhar o almoço. O encontro contou com a presença, entre outros, de alguns Vigários de fora da Arquidiocese, do Vigário paroquial da Paróquia de Santa Ana, onde se encontra o Santuário, do Vigário da Pastoral Familiar da Arquidiocese e do Secretário Executivo da Comissão da Pastoral Familiar da Conferência Episcopal e do responsável pela Catequese a nível nacional, bem como de vários outros sacerdotes.

Traços fundamentais do sacerdócio

Nesse almoço, o Padre Juan Pablo partilhou as características fundamentais do sacerdócio segundo o Padre Kentenich, humildade, proximidade, etc., todas as atitudes que se resumem na dimensão mariana do sacerdócio.

Não podemos esquecer o pequeno-almoço para o qual foi convidado pelo Núncio Apostólico, Monsenhor Bruno Musaró, um amigo de Schoenstatt, ao qual foi acompanhado pelo Padre José Luis Correa, Director Nacional do Movimento na Costa Rica e Coordenador Continental do Movimento na América, e pelo casal Gutiérrez Rosabal, Checho e Luli, como Coordenadores Arquidiocesanos do Movimento.

Os quatro Bispos com quem ele passou quase quatro dias e os Padres Diocesanos com quem conviveu, todos concordaram em reconhecer e expressar gratidão pelo que Schoenstatt é, contribui e significa na e para a Igreja e para a sociedade da Costa Rica e da América Central.

P. Juan Pablo Catoggio en Costa Rica

Encontros com a Família de Schoenstatt

Para além destes contactos clericais, os encontros com schoenstatteanos foram igualmente importantes. Um foi com membros da União das Famílias no sábado à noite. Outro foi com os Assessores Nacionais dos diferentes Ramos no país, juntamente com os Coordenadores Diocesanos do Movimento. No Leste de San José, visitou a Ermida em Entre Ríos, onde pôde encontrar-se com vários dos seus vizinhos e percorrer a Via Matrimonial. Posteriormente, realizou uma reunião com membros e dirigentes da Juventude Masculina e depois com a coordenação zonal do Movimento da Zona Este.

No penúltimo dia da sua primeira visita à Costa Rica, teve um encontro com dirigentes do Ramo das Mães (terça-feira de manhã) e com algumas dos Jovens Profissionais e outros da Liga Apostólica Feminina e a sua Assessora, Amparo Ruiz.

À tarde teve também um encontro com os casais co-Assessores do Movimento nos outros países da América Central.

Empresários e schoenstatteanos na política e no serviço público: pontes de fé e de vida

Teve um encontro com alguns representantes da CIEES (Comunidade Internacional de Empresários e Executivos de Schoenstatt) e com outros do grupo de schoenstatteanos e católicos na política e no serviço público, que apresentaram o que cada uma destas comunidades faz. Sublinhou-lhes a dimensão pedagógica do Movimento, em termos de ser uma ponte entre a fé e a vida, ajudando a Igreja em saída e a alcançar e levar o Evangelho a toda a cultura (a Nova Evangelização), tarefas que pertencem principalmente aos leigos. Falou-lhes também da necessidade de agir no meio do mundo, unindo-se e apoiando-se mutuamente.

O tempo é mais importante que o espaço

Ainda nos falta em Schoenstatt, disse ele, traduzir o que é nosso para o mundo da economia, da política, da arte, etc. E recordou a carta do Padre Kentenich ao Padre Tick em 1948, desafiando-nos a elaborar uma espiritualidade, um modo de vida na política e nos negócios. Também citou os princípios do Papa Francisco na Evangelii Gaudium (nos. 223 ss.):

  • O tempo é mais importante que o espaço
  • Respeitar os processos
  • A unidade está sempre acima do conflito
  • O todo está sempre acima das partes
  • A realidade está sempre acima da ideologia.

O Padre Catoggio partiu para a Alemanha no dia 12 e expressou ter passado alguns dias ‘maravilhosos’, mas acima de tudo ficou muito grato pelo trabalho que aqui está a ser feito em nome de Schoenstatt.

P. Juan Pablo Catoggio en Costa RicaFonte: www.schoenstattcostarica.org, com autorização dos editores

Original: espanhol (23/1/2022). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.