Colocado em 2021-10-29 In Vida em Aliança

30 de Outubro: Ordenação Sacerdotal de Juan Molina

ARGENTINA, Juan M. Molina – Redacção •

Este sábado, 30 de Outubro, às 11 da manhã na Argentina, o Diácono Juan María Molina será ordenado presbítero. A celebração será presidida por D. Carlos José Tissera, Bispo de Quilmes, e terá lugar na Igreja de Deus Pai, em Florencio Varela. Neste artigo, é o próprio Juan que nos convida para a sua Ordenação. — 

Nascido em Buenos Aires, Juan María Molina descobriu a sua vocação na Juventude Masculina do Santuário Confidentia. Educado numa escola jesuíta, estudou e concluiu uma licenciatura em Ciências Políticas e uma cátedra. Trabalhou para o governo da Cidade de Buenos Aires, deu aulas, foi árbitro de futebol, jogou futebol, tudo antes de entrar no Noviciado dos Padres de Schoenstatt.

Ao longo destes anos de formação, foi partilhando as suas experiências e impressões nos escritos que publica no seu blogue pessoal.

Por conseguinte, é Juan quem nos convida para a sua Ordenação Sacerdotal.

Convida-nos “para estarmos com Ele”

“Este sábado, 30 de Outubro, às 11 horas, em Florencio Varela, será a minha Ordenação Sacerdotal. No décimo ano desde o início da minha formação, do meu percurso, chegou o dia mais esperado. Ouviram-me falar dochamamento, dos diferentes momentos da minha caminhada e do que isto gerou em mim. Bem, na realidade, tudo está muito ligado ao dia da minha Ordenação. A Ordenação é o epicentro do terramoto na minha vida. É o núcleo fundamental do meu mundo. Chega ao fundo do meu ser, mas reverbera até às dimensões mais supérfluas da minha existência. Já está a acontecer. Em termos metafísicos, diz-se que há uma mudança no meu ser. Quero convidar-vos a testemunharem este milagre.

Quero convidar-vos a regozijarem-se e a ficarem maravilhados comigo

No entanto, admito que, o que mais me surpreende e o que mais motiva o convite não é tanto o que está a acontecer comigo, mas o que Deus está a fazer em mim. No limiar da Ordenação, reconheço que, este caminho tem vindo a fazer sobressair o melhor de mim. Além disso, descobri mais do que eu próprio pensava poder dar, do que podia ser. É verdade, falamos o nosso melhor inglês quando viajamos para a Europa. Estou grato pelo que Deus está a fazer em mim. Isso mesmo me convida a confiar que Deus levará a Sua obra a bom termo. Quero convidar-vos, então, a regozijarem-se e a ficarem maravilhados comigo.

Ao mesmo tempo, não deixo de reconhecer um lado B deste caminho. A evolução mostra frequentemente o quão pouco evoluídos estávamos. Penso, em particular, em certos traços que outros podem ter sofrido e de que hoje me envergonho, mesmo que não estejam completamente ultrapassados. Sou também um pecador. Tenho vergonha destas lutas em nome de uma certa moralidade. Tenho vergonha da minha rigidez, atento a pormenores que, na realidade não fizeram o todo. Tenho vergonha que a minha inclinação para os ideais tenha contido alguma alegria. Tenho vergonha que uma certa insegurança tenha silenciado uma palavra ou retido um gesto; ainda mais quando se esperava que assim fosse. Sou objecto da misericórdia de Deus.

Juan Molina

Aquele que me conhece chama-me e faz-me sacerdote

Entre as duas margens, muitas pessoas que estiveram e tiveram paciência comigo. Quem conheceu a melhor versão de mim mesmo? A minha família? Os meus amigos da escola? Companheiros missionários? Amigos da UCA (Universidade Católica da Argentina), do Governo ou da escola? Amigos de apostolados? Irmãos da comunidade? Companheiros de curso? Só Deus sabe. Quero convidar-vos a descobrirmo-nos perante a verdade e o mistério de cada um revelado perante a verdade e o mistério de Deus. Aquele que me conhece chama-me. Aquele que me chama faz-me sacerdote. Não sabem que paz me dá estar consciente desta realidade.

A Ordenação traz consigo um carnaval de celebração. Só é sustentado (e sustenta-me) na memória de que isto me transcende. Após a Ordenação haverá ‘choripanes’ (NR: sanduíches de chorizo) para todos.

Primeira Missa… no Colégio Jesuíta

No dia seguinte, presidirei à minha primeira Missa. Para além da confusão e desorientação geral, este Padre de Schoenstatt que vive na paróquia de Nossa Senhora da Candelária na Arquidiocese de Buenos Aires, celebrará a primeira Missa no pátio do Colegio del Salvador (NR: Escola Jesuíta em Buenos Aires). Nessas paredes tutelares, rodeadas de companheiros da minha feliz idade, começou este caminho que, antes de ser uma vocação religiosa, é uma vocação humana: ser um homem com e para os outros. De passagem, aproveitarei esta perplexidade para dizer algo fundamental que me constitui: acredito num Jesus que ultrapassa qualquer classificação, estruturação ou organização humana. E eu pertenço a Jesus. Quero convidar-vos a reconhecerem-se como parte dela, não importa onde se encontrem.

Jesus cumpre a Sua promessa

Enquanto estive na Alemanha, num dos momentos mais difíceis da minha caminhada, lembro-me de ter tido uma conversa com James. Disse-lhe que tinha medo que tantos sonhos, tantos desejos profundos e tantas coisas bonitas que tinha visto pelo caminho, especialmente à luz daquele inesquecível 2017, ficassem curtos. Não era um momento para duvidar de Deus, mas para duvidar de mim próprio. Tal como esse diálogo, lembro-me de muitos momentos partilhados com outros irmãos em comunidade e também na solidão da minha oração. Poderei fazê-lo’, perguntei-me muitas vezes a mim próprio.

É claro para mim que a Ordenação Sacerdotal não é de modo algum o objectivo total da minha caminhada, nem assegura a realização de todos os meus desejos. No entanto, não deixo de ver isso como uma demonstração de que Jesus cumpre a promessa. Cristo cumpre porque Seu é o reino, o poder e a glória para sempre. Ele não me prometeu imortalidade, mas uma vida significativa que me faz feliz. Quero convidar-vos a fazer parte do cumprimento desta promessa.

Caminho convosco, contem comigo 

Finalmente, gostaria de convidar-vos a continuarem a fazer parte do meu percurso. Caminho convosco, contem comigo. Na teologia da ordem, li um bom livro de um certo Greshake para completar as (péssimas) aulas. Falava do padre como representante de Deus. Representante é mais fazer Deus presente do que tornar-se o mediador de Deus; ser sinal de Deus em vez de pôr-se no lugar de Deus. Pensando no que vem depois da Ordenação, estou muito entusiasmado por pensar na possibilidade de celebrar a Missa convosco. Ali para fazer Jesus presente, para nos dar um espaço de comunhão onde esse mesmo Jesus me envia. Quero convidar-vos a estarem com Ele.

Juan Molina


Ordenação Sacerdotal de Juan Molina – sábado 30 de Outubro de 2021 – 11 h Argentina
Link para ver a transmisión no YouTube
https://youtu.be/FzelWbBpFOY


As primeiras Missas do Pe. Juan Molina serão em três lugares da cidade de Buenos Aires:

  • Domingo, 31 de Outubro, 12 horas. Colegio del Salvador. Av. Callao 542.
  • Quarta-feira, 3 de Novembro, 19 h Santuário Confidentia, Riobamba 1050.
  • Domingo 7 de Novembro, 19 h Paróquia Ntra. Sra. de la Candelaria, Bahía Blanca 363.

Original: espanhol (27/10/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *