Guayaqyil peregrinación

Colocado em 2021-05-13 In Vida em Aliança

Peregrinação virtual ao Santuário de Guayaquil

EQUADOR, Nota de imprensa, Movimento de Schoenstatt •

No sábado, 8 de Maio de 2021, na véspera do Dia da Mãe, muitas pessoas do Equador, bem como de outras partes do mundo, juntaram-se, através das redes sociais do Movimento de Schoenstatt Equador, a partir das 5 da manhã, à peregrinação virtual ao Santuário da Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt na cidade de Guayaquil, Equador. O programa, devido às restrições da pandemia, horários e recolher obrigatório, teve de ser pré-gravado, mas isto não foi um obstáculo para os fiéis que estavam online a experimentar uma atmosfera de recolhimento e uma ligação especial com a Mãe de Deus durante a a madrugada de 8 de Maio. —

Vigília da Juventude

O programa começou às 5 da manhã como a Vigília. Os membros da Juventude Masculina e Feminina de Schoenstatt participaram, com grande entusiasmo, numa corrida de estafetas com tochas. Partiram de uma casa localizada na Rua Cuenca, a sul de Guayaquil, onde funcionou a primeira Ermida de Schoenstatt do Equador na década de 1960, durante o início do Movimento no Equador. A corrida terminou no Santuário na Avenida Juan Tanca Marengo, e lá, com grande alegria e emoção, os jovens colocaram aos pés da Mãe Santíssima o seu grande esforço, as suas ofertas e os seus desejos.

Guayaquil peregrinación

Missa pelos doentes de COVID-19

Às 6 da manhã tivemos a recitação do Santo Rosário em que os Mistérios Gozosos foram rezados com a participação de diferentes comunidades do Movimento. Toda a liturgia foi preparada com muito amor e as pessoas envolvidas foram capazes de “se conectarem” com o coração.

A Missa das 7 da manhã, no exterior do Santuário, foi muito bonita. Presidiu o Arcebispo Luis Gerardo Cabrera, Arcebispo de Guayaquil, e começou com a entrada da Imagem de São José, no seu ano jubilar, e a monumental Imagem da Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

Esta Eucaristia foi oferecida, especialmente, pelos doentes de Covid-19, pela sua recuperação, para que não se sentissem sós; além disso, rezaram ao Senhor para que Ele manifestasse a Sua misericórdia e para que esta pandemia cessasse.

A participação do coro foi digna de nota, cantando belos cânticos e ajudando, em cada momento, da Liturgia, a manter o espírito de devoção.

Entrada no Santuário

Após a Missa, a entrada virtual no Santuário foi feita para o grande encontro com a Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, a nossa Mãe do Céu. O requintado arranjo floral completou o quadro e pode dizer-se, sem dúvida, que vivemos momentos de Céu.

As Irmãs de Maria explicaram as três graças que a Mãe de Deus dá àqueles que vêm ao Santuário: abrigo, transformação interior, e envio apostólico.

É importante salientar que desde 20 de Janeiro, estamos no ano jubilar do 50º Aniversário deste Santuário de Guayaquil, que celebraremos a 20 de Janeiro de 2022. Por esta razão, o Papa Francisco concedeu o dom da indulgência plenária a todos aqueles que visitam este Santuário presencialmente de segunda a sexta-feira ou, para esta ocasião, através da peregrinação virtual, estando na graça de Deus, rezando pelo Papa e, com os devidos requisitos.

Sobrevoo de helicóptero

Após a visita virtual ao Santuário, os fiéis ligados à transmissão tiveram a oportunidade de partilhar algo verdadeiramente tocante: a Imagem Peregrina da Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt foi levada pelo Padre Eduardo Auza para sobrevoar em helicóptero a nossa cidade , ao vivo e em directo, passando pelos hospitais, igrejas e sectores vulneráveis, na chamada rota da saúde.

Este sobrevoo não foi pré-gravado; pelo contrário, foi feito em directo e durou mais de uma hora. O objectivo era que a nossa Mãe Celestial abrigasse e abençoasse os seus filhos que estão com saúde delicada e que intercedesse perante o seu Filho Jesus pelo fim desta pandemia, de acordo com o lema da peregrinação: Maria, luz de esperança.

Guayaquil Ecuador

Colaboração: Claudio Ardissone, Asunción, Paraguai

Original: espanhol (9/5/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *