Sion del Padre

Colocado em 2021-03-04 In Vida em Aliança

Presencial ou virtualmente, muitos puderam estar presentes na Festa de Sion 2021

ARGENTINA, Claudia Echenique •

No último Domingo de Fevereiro, é habitual que muitos peregrinos, de carro, autocarro ou a pé, cheguem ao Santuário Sion del Padre em Florencio Varela para acompanhar os Padres de Schoenstatt da região na celebração da sua Festa anual. Este ano, alguns puderam ir em peregrinação até lá; para a maioria foi apenas um clique no computador ou telemóvel para se ligarem através do YouTube a partir de casa e participarem na celebração. —

Sion

Pe. Tommy Nin Nitchell saudando os que participam através do YouTube

A maioria dos que foram em peregrinação ao Santuário eram pessoas que viviam na zona e havia também algumas pessoas de La Plata, uma comunidade também próxima de Florencio Varela. A celebração também foi especial e diferente para eles, uma vez que não havia “choripanes” ou hambúrgueres na grelha, nem almoço ao ar livre, como nos outros anos. Só celebraram a Eucaristia debaixo das árvores que, rodeiam o Santuário.

O Pe. Tommy Nin Mitchell expressou a sua gratidão pela presença daqueles que, apesar da pandemia, foram ao Santuário e saudou também a câmara que estava a transmitir porque “muitos estiveram em todas as festas de Sion desde a Bênção em 1994 e, não queriam perder este novo aniversário. Assim, ajustámos as ligações para que pudéssemos transmitir daqui e que todos pudessem estar presentes sem perderem o invicto.

Como escrevi no ano passado, ” A Festa de Sion também poderia ser chamada de “Festa da Fidelidade”, pois ano após ano, no último Domingo de Fevereiro, são muitos os que acompanham, fielmente, os Padres de Schoenstatt da Região do Pai, em Florencio Varela, para o aniversário do seu Santuário”. 

Jesus convida-nos a caminhar e a subir ao monte em família

Sion del Padre

Pe. Francisco Bosch

Padre Francisco “Pancho” Bosch, que após a sua ordenação sacerdotal em Novembro de 2019, se juntou recentemente à Delegação Regional, foi o responsável pela Homilia. Ele salientou que “poder estar aqui hoje a celebrar, em Família, é um daqueles dons que Deus nos dá e pelos quais somos convidados a dar graças. Também queremos agradecer a Deus porque, em tempos difíceis, no meio desta pandemia, Ele caminha connosco”.

Referindo-se ao Santuário, disse que “é também uma forma que Deus escolhe para Se mostrar próximo de cada um de nós, para nos revelar o quanto nos ama. Através do Santuário, Ele quer oferecer-nos a Sua presença, dar-nos Maria, sua mãe, para que Ela nos possa abrigar em cada momento e situação da nossa vida”.

Reflectindo sobre o Evangelho (Mc 9,2-10), disse: “Como os apóstolos no Tabor, assim nós aqui hoje, e aqueles que estão connosco a partir das suas casas, podemos dizer cada vez que visitamos um Santuário, ‘Como é bom estar aqui’. Quando se vai à casa da Mãe, sentimo-nos bem. E acrescentou “Jesus não convidou apenas um apóstolo a subir com ele, convidou três porque não quer que andemos sozinhos, chama-nos a caminhar como uma família, em comunidade, a percorrer o caminho da vida e a subir a montanha juntos. E, quando um cai ou tem um momento difícil, os outros dois estão lá, a comunidade, para o apoiar e ajudar a levantar-se”.

O Padre Pancho concluiu com um convite: “Que a experiência do Tabor que se vive no Santuário, a experiência de transformação que Deus quer dar-nos neste lugar, não se fique por algo íntimo de cada um de nós, mas que a levemos às pessoas que, Deus coloca no nosso caminho, confiando não tanto no que fazemos, mas sim na misericórdia de Deus que, trabalha em nós e quer sair ao encontro de todos”.

Homilia do Pe. Francisco Bosch (em espanhol):

A partir de casa, tivemos também a possibilidade de visitar o Santuário

Solo un centenar de personas estuvieron presentes en Sion

Apenas cerca de cem pessoas estiveram presentes em Sion

Após a Missa, os peregrinos puderam visitar o Santuário e aqueles de nós que estavam em casa puderam também contemplar a Mãe de Deus, graças ao facto de que uma das câmaras foi introduzida no Santuário e a transmissão teve os seus últimos minutos a partir daí.

Durante a conversa da transmissão, foram também enviadas mensagens de proximidade aos Padres da Alemanha, Venezuela, Paraguai, e diferentes cidades da Argentina.

Tal como o Padre Tommy pediu na Oração dos Fiéis, continuemos a rezar pela Comunidade de Sion e, também para que surjam novas vocações sacerdotais.

 

Original: Espanhol (28/2/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *