Colocado em 21. Março 2019 In Aliança solidária

Em solidariedade com as vítimas do ciclone em Moçambique, no Malawi e no Zimbábue

ALIANÇA SOLIDÁRIA, Sarah-Leah Pimentel •

Um terrível ciclone que varreu zonas do Malawi, Moçambique e Zimbábue deixou um rastro de destruição. A área mais atingida, de acordo com relatos da comunicação social, é a Beira, a quarta maior cidade de Moçambique, com uma população de mais de 500.000 habitantes.—

As autoridades temem que mais de 1.000 pessoas tenham morrido e que em primeira análise 90% da cidade foi destruída. Estradas e pontes foram varridas. Edifícios foram destruídos e uma barragem rebentou, inundando ainda mais a cidade. Eles ficaram sem eletricidade há seis dias, mas o fornecedor de energia elétrica disse que só poderá consertar os geradores elétricos quando o nível das águas baixar.

Uma declaração do Programa Mundial de Alimentos disse que “esta é uma grande emergência humanitária que está a agravar-se a cada hora que passa”.

Oramos pelos socorristas para que eles salvem o maior número possível de pessoas antes que haja mais mortes. Oramos pelas famílias que perderam tudo, para que possam recomeçar as suas vidas. Oramos para que a chuva pare para que as operações de resgate e reconstrução possam começar.

Foto: Panama2019/Vigil

Original: Inglês, 19.de MARÇO de 2019. Tradução: José Carlos A. Cravo, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *