Colocado em 7. Julho 2018 In Aliança solidária

Em aliança solidária com a Nicarágua, desde Costa Rica e todo Schoenstatt

NICARÁGUA / COSTA RICA, Gonzalo Vega com Maria Fischer •

A situação na Nicarágua, dia após dia, piora. O padre José Luis Correa escreveu aos Schoenstattianos, que estão prestes a sela a aliança de amor, os primeiros nicaragüenses, para dar-lhes ânimo e encorajamento nesta situação.—

Há vários anos, a Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt está presente na Nicarágua. Em abril de 2016, o P. José Luis Correa e dois casais da Costa Rica, Ronald e Giovanna Sauter, e Gonzalo e Ileana Vega, estiveram pela primeira vez na Nicarágua. A partir desta visita e do contínuo apoio da Família de Schoenstatt da Costa Rica, dois grupos foram formados. Vários casais da Costa Rica os visitam regularmente para colaborar no processo de fundação, como também é feito na Guatemala, Panamá e El Salvador. Na Guatemala existem três grupos de casais, dois em El Salvador e no Panamá, a Liga das  Mães, a Juventude e um grupo de matrimônios. Em todos esses países, assim como em Honduras, a Campanha está presente há algum tempo.

Um povo que necessita da nossa solidariedade

As orações pela Nicarágua são muito relevantes e necessárias … Nos últimos dois meses mais de 200 jovens morreram e há mais de 1.300 feridos pelas forças de repressão do governo. O país está semi-paralisado …

Nesta situação, os irmãos do Movimento de Schoenstatt da Nicarágua, recebem uma saudação de solidariedade “desde o Santuário Família de Esperança, em San José, Costa Rica, primeiro Santuário de Schoenstatt na América Central , ” Pe. José Luis Correa, Assessor de  Schoenstatt Central America ” para expressar-lhes nossa proximidade espiritual nestes tempos tão convulsionados que atormentam seu país”.

Rainha da paz

A seguir, transcrevemos a carta:

“Queremos nos unir ao Episcopado nicaragüense em seus esforços pela paz, unir-nos às vítimas da violência e do ódio. A esse ódio que produz a ação do demônio, queremos reagir como o Evangelho nos pede: com amor e perdão; com busca de soluções justas, mas sem revanchismo.

Muitos de vocês estão se preparando para selar a aliança de amor com a Mãe Rainha. Através da nossa vinculação com a Santíssima Virgem Maria, sabemos que, em virtude da força do amor, haveremos de nos esforçar para nos assemelhar-nos à Ela. É por isso que nós lhes dizemos uma e outra vez:

“Torna-nos semelhantes a Ti e ensina-nos a caminhar na vida como Tu: forte e digna, simples e bondosa, irradiando amor, paz e alegria.

Em nós, percorre nosso tempo prepara-o para Cristo. Ainda que nos ameacem o mundo e o demônio, e tempestades se desencadeiem sobre nós, vitoriosa rompe todo os perigo e concede-nos teu imenso poder. 

O teu coração, porta do céu, é para nós refúgio seguro. Nunca pereceremos se permanecemos teu fiel instrumento; Tu ajuda-nos em cada instante, para que demos frutos abundantes. [1]

Como Schoenstattianos sabemos por experiência que em grandes dores a Virgem intercede diante do seu Filho Jesus e vem em nosso auxílio em nossas necessidades. É por isso que vamos coroá-la como Rainha da Paz.

Como preparação para a coroação, convido-vos a rezar diariamente uma oração composta pelo fundador de Schoenstatt durante a Primeira Guerra Mundial e assim conquistar a coroa da Santíssima Virgem:

“Mãe, com o seu divino Filho, desce aos caminhos da nossa terra para que, seguindo as suas pegadas, encontre a paz verdadeira e estável. 

A nossa terra só terá salvação unida em amor a Maria e seu Filho. Amém . ” [2]

Que tal juntar-nos dos nossos santuários e ermidas a esta oração de solidariedade?

[1] Pe. Joseph Kentenich, em: Rumo ao Céu, estrofes 609 a 611.
[2] Padre José Kentenich. Oração composta durante o 1º. Guerra Mundial. Em: Rumo ao Céu , verso 628.

 Original: Espanhol. 01 de Julho  2018. Tradução: Glaucia Ramirez, Ciudad del Este, Paraguai

 

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *