Colocado em 2020-06-25 In Projetos, Schoenstatt em saída

A alegria no trabalho tem hoje um significado completamente novo

SUÍÇA/ALEMANHA, MARIA FISCHER •

 “Numa época em que tantas coisas estão paradas – em que o próprio mundo sustém a respiração face ao domínio do Coronavírus, a alegria no trabalho tem um significado totalmente novo. Nestes tempos, cresce a convicção e o desejo de que, após o confinamento quase mundial, as coisas não possam continuar como antes”, escrevem Ulrich e Melanie Grauert, co-fundadores e directores da IKAF (International Kentenich Academy for Executives) no prólogo de um livro que viu a luz no meio da pandemia, pelo menos na região de língua alemã.  “Freude leben in der Arbeit” (“Viver a alegria no trabalho” na edição original espanhola) é de facto o primeiro livro publicado em alemão por Carlos Barrio y Lipperheide, que já é conhecido pelos leitores de schoenstatt.org devido às suas inúmeras contribuições sobre os temas do trabalho e da gestão de empresas e de pessoal.—

A alegria do trabalho é evidente para eles. A alegria pelo trabalho neste projecto pessoal de edição de um livro, cujo autor conhecem há muito tempo e de cujo conteúdo estavam e estão, de facto, convencidos. Tradução, edição, design e publicação: tudo feito profissionalmente, #NotOnlyButProudly por iniciativa livre e pessoal. O facto de o livro estar a sair agora mesmo, enquanto a pandemia está a diminuir lentamente e as consequências sociais e económicas estão a crescer, pelo menos na Europa, não foi planeado e, no entanto, torna-o ainda mais actual.

 

Para depois: viver a alegria no trabalho

Milhões de pessoas no mundo estão desempregadas ou com redução de trabalho, sem saberem como isto vai acabar.  Lojas e restaurantes respeitáveis no centro da cidade estão fechados para sempre. As empresas que, antes da crise, pareciam estrelas em ascensão, caíram, tornaram-se insolventes, desapareceram.  E no meio deste cenário sombrio, aqui e ali emerge uma criatividade empreendedora, um espírito fundador e uma enorme solidariedade. Seja no Paraguai, onde um único empresário poupa centenas de postos de trabalho ao mudar a produção para máscaras e meios de protecção. Ou noutro local, onde todos os trabalhadores de uma empresa aceitam a redução do trabalho para garantir os postos de trabalho que estão ameaçados.  O autor e os editores deste livro sugerem que não devemos simplesmente continuar como antes, mas que o trabalho deve ser entendido em termos de plenitude de vida e de alegria.

O fio condutor

“O livro “Viver a alegria no trabalho” é sem dúvida, o livro mais extenso que escrevi até agora e é baseado na minha própria experiência de trabalho. Surgiu como resultado da minha necessidade de responder ao sentido do meu trabalho, num ambiente muito competitivo e exigente, onde as lealdades humanas e, claro, Deus estão muitas vezes ausentes”, diz Carlos Barrio y Lipperheide, numa entrevista para a distribuição da edição espanhola. “Muitas vezes na minha vida profissional interrogava-me sobre o sentido do meu trabalho e se se poderia viver com alegria no meio das pressões, do stress e das exigências. O livro propõe uma forma concreta de desenvolver diferentes aspectos que, no seu conjunto, nos podem permitir viver com alegria no trabalho”.

Carlos Barrio y Lipperheide leva o leitor numa viagem pela literatura – não só na área dos negócios e do trabalho, mas também nas áreas da teologia, sociologia, psicologia, educação e economia. O livro é rico, muito rico, em citações – de Enrique Shaw a Anselm Grün, de Josef Pieper a Zygmunt Baumann, de Byung-Chul Han e também do Papa Francisco. Ainda assim, é muito mais do que uma obra literária, muito mais do que uma colecção bem ordenada de citações. O fio condutor é a questão de como a alegria interior pode crescer nos empregadores e nos empregados. O fio condutor é José Kentenich com a sua visão orgânica da vida e do trabalho.

Com a ajuda da pedagogia do Pe. José Kentenich, fundador do Movimento Internacional de Schoenstatt, o livro leva-nos a um profundo reconhecimento de uma ligação interior. É um convite à reflexão profunda, a repensar o comportamento de gestão pessoal e, desta forma, retomar o verdadeiro caminho da alegria no trabalho, descobrir e mobilizar novas forças interiores“, explicam Melanie e Ulrich Grauert no prólogo.

Não apenas teoria

Tentei tornar o livro pedagógico para aqueles que o lerem. Por este motivo, no final de cada capítulo há uma série de perguntas para que o leitor possa reflectir, pessoalmente, sobre a sua própria experiência com o tema do capítulo. Depois destas perguntas acrescentei uma meditação para que o leitor possa parar e reflectir um pouco, procurando, assim, ir ainda mais longe na sua interioridade e nas suas próprias experiências“, explica Carlos Barrio y Lipperheide.

Na edição alemã, estas unidades são destacadas por um design colorido que convida à leitura, o que também o faz o design com destaques coloridos e caligrafia que motiva a leitura e o voltar a ler.

A alegria do trabalho é contagiosa. Quando Carlos Barrio comentou a edição alemã do livro no chat do CIEES, num grupo de empresários e executivos de Schoenstatt de língua espanhola e portuguesa, alguns dos participantes decidiram comprar a versão original em espanhol que apareceu em 2017 (disponível na Amazon – também como um E-Book). (ES)

O livro em alemão está à venda desde o início de Junho em livrarias, online pela BoD (DE), e em portais conhecidos. Na próxima semana será também publicado como um e-book.

 

Livro de bolso

220 páginas

ISBN-13: 9783751929639

Editora: Books on Demand, 2020

Amostra

 

 

 

Em espanhol

Capa macia: 244 páginas

Editora: Nueva Patris (5 de Outubro de 2017)

Idioma: Espanhol

ISBN-10: 9874635622

ISBN-13: 978-9874635624

ISBN: 978-956-246-867-1

 

 

Sobre o autor: Carlos E. Barrio y Lipperheide é um advogado que estudou na Universidade Nacional de Buenos Aires e se especializou em direito económico e financeiro.

Estudou Direito Fiscal na Argentina e Harvard, Mediação na Faculdade de Direito da UBA, e Coaching Ontológico no Instituto de Estudios Varios. É o director do programa de coaching da INICIA, uma organização sem fins lucrativos que se dedica à formação de jovens executivos. Carlos Barrio y Lipperheide publicou vários livros e artigos especializados sobre gestão de pessoal e publica regularmente em schoenstatt.org.

É casado e é pai de dois filhos. Mora em Tigre, província de Buenos Aires. Pertence ao Movimento das Famílias de Schoenstatt e à CIIES, um grupo de empresários e executivos em torno do Movimento Apostólico de Schoenstatt.

 

Os responsáveis pela edição alemã, Melanie e Ulrich Grauert, com o autor, Carlos Barrio y Lipperheide (no meio)

Original: alemão (19/6/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Viver a alegria no trabalho, é possível hoje?

Original: alemán, 19.06.2020. Traducción: Juan Eduardo Villarraza/es, Paraná, Argentina

Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *