31 de mayo

Colocado em 2021-06-20 In Vida em Aliança

O 31 de Maio para o Homem comum

CHILE, Octavio Galarce •

A 5 de Junho, foi lançado o livro, resultado da temática abordada no II Encontro Internacional da Coluna dos Homens que teve lugar no Chile, em Setembro de 2019. A apresentação foi orientada por Alejandro Murillo e Guillermo Frez. Para se saber um pouco mais sobre esta contribuição leiga sobre o dia 31 de Maio, conversámos com um dos seus editores, Guillermo Frez, que nos fala de aspectos importantes desta publicação. —

Porquê continuar a abordar o 31 de Maio, quando já há tanto material escrito sobre o assunto?

O 31 de Maio é a tarefa comum que, todos nós temos em Schoenstatt. Vemos que esta tarefa está no ar, falamos dela de tempos a tempos, mas não dizemos “é minha”, o que é muito diferente. Quando a vemos como uma missão muito ampla e mesmo não muito específica, não a vemos como nossa própria. O ponto central do livro é simplificar e clarificar as dimensões e formulações do 31 de Maio, de uma forma global. Ao conhecê-la e compreendê-la de uma forma melhor, podemos assumi-la como nossa; compreendo que sou importante para avançar nesta missão e tarefa.

O outro aspecto relevante é que é uma nova contribuição, de uma perspectiva e experiência laica. Até agora, a maioria dos textos publicados sobre o dia 31 de Maio eram de sacerdotes.

Porque é que utilizam a imagem da cidade sobre o monte?

Porque quando falamos da cidade, estamos a falar da rede de relações e inter-acções do Homem com o seu ambiente natural, com as obras materiais, com as pessoas e com Deus. O próprio Senhor nos deu esta imagem.

Também porque a cidade evoca actividades profanas e quotidianas, que nós leigos conhecemos vitalmente porque estamos imersos no mundo. É para lá que queremos levar Deus. É um papel predominantemente laico.

Porquê a ênfase “para o Homem comum”?

Porque estamos interessados em que, cada membro de Schoenstatt, peregrino, dos Ramos, Uniões e Institutos, mesmo que não sejam líderes reconhecidos ou influentes no mundo, assumam um papel protagonista na cidade e na cultura em que vivemos no dia a dia. Neste mundo, temos de encarnar os grandes princípios e tarefas do 31 de Maio de uma forma diária e quotidiana. Acrescentar o Homem comum a este trabalho é de importância vital.

31| de mayo

Várias comunidades de Schoenstatt trabalharam em conjunto na sua edição?

Com a ideia de realizar um caso preclaro, este livro foi editado com contribuições de pessoas de diferentes comunidades: Jovens Profissionais, União de Mães, Ramo das Famílias, CIEES, União de Famílias e União de Homens, fomos capazes de combinar pontos de vista e perspectivas muito diferentes. Além disso, cada comunidade tem as suas próprias experiências e talentos que partilha e, com isso, beneficia as outras comunidades. O 31 de Maio é impossível de realizar se agirmos sem coordenação e sem estratégias para alcançar melhores resultados.

Onde se pode comprar o livro?

Já se encontra à venda na Editorial Nueva Patris. Fizemos um esforço importante para que o preço do livro – que tem 431 páginas – não fosse caro. (O livro existe, por agora, só em espanhol)


31 de Mayo para el Hombre Sencillo.
Construir con Amor la Ciudad Sobre el Monte

Nueva Patris, Chile
SKU: 978-956-402-588-9

 

 

 

Original: espanhol (19/6/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *