P. Egon M. Zillekens Rótulo

Maria Fischer • São ainda do Casamento aqui realizado ao princípio da tarde de 10 de Junho os pequenos ramos de flores nos bancos do Santuário Original, que também ficam bem nesta Missa simples e bela na Vigília da Santíssima Trindade, que no mais exato sentido do termo juntou no Santuário Original e ao seu redor uma matizada Família, para celebrar o Deus Trino, que esclarece os critérios das nossas relações de uns com os outros, também da nossa conduta atual na política, na globalização, nos progressos da medicina eLeia mais
CHILE, P. Egon M. Zillekens, P. Alejandro Blanco, Maria Fischer • „Quando estou unido a Schoenstatt, identifico-me com tudo o que a Schoenstatt pertence, se passa e acontece em Schoenstatt “, dizia o Padre Kentenich na Jornada sobre „o mistério de Schoenstatt”, em finais de 1933. Nos últimos dias ocorreu em Schoenstatt – concretamente na União de Sacerdotes de Schoenstatt no Chile – algo maravilhoso. E numa viva simbiose de abertura, por um lado, e de identificação, por outro, celebravam a Superiora Provincial das Irmãs de Maria no Chile eLeia mais
Por Federico Bicciconti, Bahía Blanca, Argentina • Federico é argentino tem 24 anos e esteve em Schoenstatt há aproximadamente 50 dias. Os mais fieis leitores de Schoenstatt.org o recordarão. O jovem argentino que quis fazer o Caminho de Santiago caminhando desde Lourdes até Santiago de Compostela, e para fazê-lo, decidiu sair desde Schoenstatt, mais precisamente desde o Santuário Original. “Há algum tempo prometi enviar-lhe uma pequena resenha da minha visita a Schoenstatt, e se bem, como verá mais adiante, esta carta foi escrita faz tempo, esperou no meu anedotário oLeia mais
CUBA, Maria Fischer entrevista o Pe. Egon M. Zillekens • “Colhemos o que outros semearam”, disse o Pe. Egon Zillekens, resumindo as suas experiências em Cuba, na Fundação da União dos Sacerdotes Diocesanos nesta ilha cheia de alegria, esperança e ânsias perante a próxima visita do Santo Padre, e pelo “encontro” entre este país e os Estados Unidos, fruto em grande parte da sua mediação. “Ver as pessoas vestidas com t-shirts ou calças com as cores da bandeira dos Estados Unidos, em plena Havana, parece cena de filme”, comenta oLeia mais