Providencia

Colocado em 2021-10-04 In Projetos

Como podemos tornar o liceu mais eficiente energeticamente

URUGUAI, Centro Educativo Providencia/mf •

Há já alguns anos, que o Centro Educativo Providencia tem vindo a incorporar a metodologia de Aprendizagem Baseada em Projectos (ABP) nos seus programas educacionais. Uma metodologia pedagógica inovadora que, funciona com base em competências, com o objectivo de resolver uma situação do mundo real, a qual os estudantes investigam para proporem uma solução e, apresentarem o projecto final a um público, e na qual o professor desempenha o papel de acompanhamento e facilitação do processo de aprendizagem. —

Agustina Berchesi, directora do Liceo Providencia, diz: “O importante sobre o ABP é que é uma situação autêntica onde os estudantes podem realmente pôr em prática as competências de que necessitarão. O objectivo é que seja um problema que tenha vários pontos, várias arestas, onde os estudantes têm de investigar, planear e gerar um produto”.

A diferença entre poupança de energia e utilização eficiente de energia

O primeiro ABP do ano foi realizado pelos alunos do segundo ano do ensino secundário e baseou-se na seguinte pergunta: Como podemos tornar a escola mais eficiente em termos energéticos?

A partir daí, os jovens foram divididos em grupos e cada grupo ficou encarregado de fazer o levantamento de um sector da escola como diagnóstico.

A primeira parte foi a elaboração de um mapa conceptual baseado em informação sobre energias renováveis e sustentabilidade”, disse María Eugenia Pedelacq, professora de biologia, sobre o processo de trabalho. A partir daí, e trabalhando com a abordagem do ser psico-biosocial, “tiveram de pensar num logótipo que pudesse ter em conta a Provi como uma comunidade, nós como seres vivos dentro de um ecossistema e sustentabilidade“, acrescentou ela. Também trabalharam sobre a diferença entre poupança de energia e eficiência energética.

Propuseram então diferentes soluções para problemas identificados na escola, que apresentaram aos seus colegas de turma e educadores. Através deste ABP trabalharam em diferentes competências, tais como autonomia na aprendizagem, comunicação oral e escrita, tomada de decisões e trabalho de equipa, bem como conhecimentos específicos do currículo em que se encontravam a trabalhar na sala de aula.

Providencia

Micro-ondas desligados, painéis solares, moinhos de vento…

Nicol, um estudante do 2º ano do ensino secundário, disse-nos: “Os problemas que encontrámos foram que há demasiada luz eléctrica, que há muitos aparelhos eléctricos ligados à corrente e que no corredor (ali) há algumas lâmpadas de filamento”.

“No nosso grupo descobrimos que na sala de jantar havia muitos micro-ondas ligados e uma das soluções que encontrámos foi desligá-los quando não estão a ser utilizados”, disse Valentina, uma estudante do liceu.

Alan, outro dos jovens da escola secundária, acrescentou que “podemos usar painéis solares para utilizar energia mais eficiente, usar um moinho de vento, para geração de energia eólica e não estaremos a desperdiçar tanta energia. E outra ideia que tivemos foi a de colocar pedais nos bancos e através de uma bateria que, pedalando, regenera a energia, leva-se essa energia à bateria e a partir dessa bateria pode-se levá-la a toda a escola”.

No final da investigação, cada grupo apresentou as suas propostas ao resto dos seus pares, professores, equipa de gestão e outros educadores com quem não trabalham diariamente. “O público desempenha um papel muito importante no projecto porque ajuda a motivar os estudantes”, disse Agustina.

Os jovens fizeram um excelente trabalho apresentando o mapa conceptual, o logotipo, as questões e as soluções para a eficiência energética com muita criatividade. Deram contribuições muito valiosas para o Centro Educativo.

Providencia

Aprender na e da vida real

Com as propostas de todos os grupos, os professores estão a preparar um relatório, com a colaboração de alguns estudantes, para ser submetido ao “Concurso de Eficiência Energética para UTU e Secundário 2021” do Ministério da Indústria, Energia e Minas (MIEM). Além disso, está a ser feito trabalho em conjunto com a direcção geral para seleccionar pelo menos uma das propostas dos jovens a ser implementada este ano na escola.

A escola está actualmente a trabalhar em outros ABP nas áreas da educação física, inglês e ciências sociais. Desta forma, continuamos a trabalhar com base em competências com uma metodologia mais centrada na experimentação.

Estamos ansiosos por aplicar este método a seminários e reuniões da Igreja e Jornadas do Movimento!


Fonte: www.providencia.org.uy Com autorização dos editores

Donaciones

 

Centro Educativo Providencia
No Uruguai

http://www.providencia.org.uy/como-colaborar/

Transferência bancária, gratis com SEPA (Single European Payment Area)

Nome: Schoenstatt-Patres International
IBAN: DE22 4006 0265 0003 1616 07
BIC: GENODEM1DKM
Motivo do conceito de pagamento/transferência: Providencia Uruguay

Original: espanhol (3/10/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *