Misiones

Colocado em 2022-05-06 In Missões

Missão de Semana Santa – Quo Vadis

ARGENTINA, Santiago Oltra – JM Confidentia / www.schoenstatt.org.ar

Esta foi a minha primeira missão Quo Vadis e eu realmente não sabia o que esperar. A primeira coisa com que me deparei foi sair da zona de conforto onde normalmente passo as minhas Semanas Santas. Era ir a um novo lugar para ir em missão e experimentar a Páscoa de uma forma diferente. Como alguém me disse numa conversa, é uma forma extraordinária de viver a Paixão e a Ressurreição de Cristo. —

Ficamos com uma noção do que foi realmente o Seu sacrifício, vendo-o nas pessoas que conhecemos e como Jesus suporta as suas tristezas, os seus pecados e sofrimentos na Cruz, tornando-A ainda maior.

Abre-te os olhos para as necessidades que estão ao virar da esquina

Vamos em missão em Florencio Varela, a 40 km da cidade de Buenos Aires, onde se encontram o Santuário Nacional e o Santuário de Sion. Ir a Florencio Varela tem algo de diferente, uma vez que é uma realidade completamente diferente da nossa, mas com a particularidade de estar a apenas uma hora de casa. Abre-te os olhos para as necessidades que estão “mesmo ao virar da esquina”.

Quanto a ir em missão com Schoenstatt durante a Semana Santa, tem um toque místico diferente. Para além das celebrações típicas, a coisa diferente que me cativou foi viver estes dias mais profundamente com a Mãe. Para A acompanhar enquanto sofria o sacrifício do Seu filho e a forma como viveu aqueles dias antes da Ressurreição. Ensinando-nos a completa rendição à vontade divina de Deus Pai e a esperança como uma virtude. Creio que a Mãe nos acompanhou e guiou verdadeiramente nestes dias, fazendo de nós os Seus instrumentos.

A Vida venceu a morte

Foi também muito bonito tudo o que partilhei com as pessoas nesta missão. Adorei o sentido de fraternidade que é gerado na comunidade. Éramos personalidades diferentes, em alguns casos ou semelhantes noutros, mas com algo que nos une e nos eleva: este amor ao Senhor e à Mãe, e esta entrega do nosso tempo e dedicação ao serviço.

Se eu tivesse de escolher um pensamento que permanece comigo desta missão Quo Vadis, é que a Vida venceu a morte; é que se vive realmente a sério nesta comunhão com o próximo onde Jesus está.

Levo comigo muitas recordações e experiências muito bonitas, obviamente repeti-lo-ei e abro o convite para viverem esta experiência pascal, na qual se pode experimentar o maior amor do nosso amigo Jesus na Sua Paixão e Ressurreição.

Original: espanhol (5/5/2022). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.