Colocado em 8. Novembro 2016 In Campanha

Um terço de luzes de puro amor…

ARGENTINA, Rosita Ciola •

Na Paróquia Nossa Senhora de Loreto, de El Palomar, na semana antes do dia das Mães (na Argentina é no terceiro domingo de outubro), foi trabalhado sobre “A Família”. Os padres, com muito bom critério, foram falando de diferentes temas com o desejo de ajudar e estimular as famílias de hoje a enfrentar os desafios modernos e a revitalizar a riqueza e a importância da família, núcleo de toda sociedade. Como cristãos, devemos proteger nossos ninhos e resgatar aqueles que estão a ponto de se cair, porque todas as pessoas precisam de pertencer a um lugar, “coitado daquele que não tem…”. Esse é o espaço no qual cada um deve se sentir protegido, amparado, amado e reconhecido como é. E assim, um pouco cada dia, foi desenvolvida na homilia diária uma catequese muito rica, que culminou no sábado com um Terço feito de luzes.

Com cada Ave Maria, fomos percorrendo a vida de Jesus e Maria unida à vida familiar, que também vive seus próprios mistérios gozosos, dolorosos, luminosos e gloriosos. Foi um momento de grande reflexão e oração. Entre cada mistério, cantávamos para nossa Mãe. Foi emocionante ver a participação de muitos homens, mulheres, crianças, jovens e idosos que iam rezando e depositando sua velinha acesa em honra à Santíssima Virgem. Realmente foi um terço de puro amor onde todos estávamos unidos junto a Ela para homenageá-la, e ao mesmo tempo, para pedir por todas as famílias da comunidade e do mundo inteiro.

Depois, na Santa Missa, cada um pôde expressar suas intenções de pedido e agradecimento, e tudo foi oferecido pelo sacerdote na patena para ser elevado ao Pai.

Renovação das promessas matrimoniais

Ao finalizar a Celebração Eucarística, o Padre Casimiro convidou a todos os casais para se aproximarem do altar para renovarem as promessas matrimoniais. Entre os presentes, muitos contavam com várias décadas de casados. Cada casal pegou na mão um do outro e se olhando nos olhos, os dois repetiram as mesmas palavras que disseram diante do Senhor.

Aqui termino o relato do que aconteceu, compartilhando meu testemunho pessoal sobre este momento de céu no qual pudemos reviver com meu esposo nosso casamento. Certamente, esta vez o fizemos com a maturidade que adquirimos com os anos juntos, onde o amor foi provado muitas vezes pelas circunstâncias e onde as dificuldades nos uniram como casal cada vez mais. Que emoção sentimos por poder comprovar que o fogo do primeiro amor ainda segue vivo e assim deverá seguir por toda a vida, se cada dia continuamos agregando um pauzinho novo a esta primeira fogueira que nos permitiu formar e sustentar uma família!

Obrigada Mãe, por nos acompanhar neste momento tão profundo e tão cheio de vida a dois!

Pedimos que nos dê forças para seguir apostolando para a família e assim saibamos transmitir a nossos filhos e às gerações futuras.

Original: espanhol. Tradução: Isabel Lombardi, Guarapuava PR, Brasil

Etiquetas: , , , , ,