Colocado em 2015-11-01 In Santuário Original

Abençoe agora e desde este lugar a cada membro de nossa família em todo o mundo…

Por María Fischer •

Por María Fischer •

Quarta-feira, 14 de outubro, Santuário Original, em plena novena pelo dia 18 de outubro, apesar de que esta tradição em Alemanha ainda não se estabeleceu: para muitos dos que nesta noite se reuniram no Santuário Original, é algo que conhecem e valorizam em seus países. “Quem de vocês não entende alemão?”, perguntou o P. Egon Zillekens ao começar a “bênção noturna”, tradição que desde alguns anos noite após noite às nove horas, reúne a jovens e adultos de distintos países que se encontram em Schoenstatt – como peregrinos ou como habitantes.

Esta noite, Ana Lucía Ivaldi, de Villa Ballester, Argentina, colocou sua Peregrina sobre o genuflexório. Una jovem se deixa contagiar e coloca a sua também.

Umas 2000 cartas para a MTA no cântaro

Anteriormente, em silêncio, coloquei unas 150 folhas, impressas comprimidas em ambos os lados, no cântaro. Contêm as cartas enviadas via Schoenstatt.org diretamente à Mãe de Deus no Santuário Original, durante o último mês. Vêm de quase todos os países onde há família de Schoenstatt, vêm inclusive de países que quase não são citados ao falar da difusão de Schoenstatt: Singapura, Qatar, El Salvador, Guatemala, Belize, Canadá, Holanda… Pedidos, agradecimentos, orações, compromissos, gratidão: agora enchem o cântaro do Santuário Original.

Argentina, Costa Rica, Índia, Equador, Chile, Paraguai, Alemanha…

“Quem de vocês não entende alemão?” Levantaram-se as mãos… “De onde vêm?” “Argentina, Costa Rica, Paraguai, Chile…” Há também alguém da Índia, e sim, também alguns alemães, e assim decide-se rezar os textos simples da “Bênção da noite” em espanhol e alemão. Uma jovem de Costa Rica lê os textos em espanhol, o Padre Egon em alemão, guiando às vezes em ambos os idiomas.

Esta noite queremos renovar novamente nossa Aliança de Amor.

Fazemos reflexionando sobre o acontecido durante o dia…

Pensamos nas pessoas com as quais nos encontramos,

no que nos permitiu fazer em aliança contigo e com os outros,

no que nos foi difícil, no que não foi tão bom,

no que não saiu bem, e também em que falhamos.

Esta noite tampouco viemos com as mãos vazias

e num momento de silêncio colocamos tudo no cântaro.

Entregamos a ti…

DSC_0079Reza-se a oração de Aliança, e vem a bênção, momento central e razão de chamar-se “bênção noturna”. Uma bênção solidária, uma bênção do encontro, pois o P. Egon Zillekens pede aos presentes dizer a quem incluir nesta bênção. Assim o fazem – os jovens que estão preparando a “Noite de Aliança”, todos os peregrinos que virão para o 18 de outubro, os refugiados, todos os que em 18 de outubro renovarão sua Aliança de Amor em algum Santuário, uma pessoa doente, o Papa Francisco, os padres sinodais, as crianças e colaboradores de Dequení…

Bom Deus Pai, abençoe a todos os que estamos aqui esta noite e que sentimos a graça e o compromisso de estar neste lugar, a que muitos anseiam poder peregrinar.

Abençoe agora e desde este lugar a cada um dos que hoje deixaram seu sofrimento no cântaro do Capital de Graças.

Abençoe agora e desde este lugar a cada membro de nossa família, que se encontra gravemente enfermo.

Abençoe agora e desde este lugar as pessoas que mais necessitam de nossa solidariedade.

Abençoe agora e desde este lugar a cada membro de nossa família, a quem esta noite chamará a teu lado.

Abençoe agora e desde este lugar a pessoa a quem esta noite encomendamos especialmente a tua Aliança.

Abençoe agora e desde este lugar as pessoas que sofrem sob a violência, o terrorismo e as catástrofes naturais.

Abençoe agora e desde este lugar o ecumenismo dos cristãos e o diálogo entre as religiões.

O Santuário Original parece ampliar-se, encher-se de centenas e centenas de pessoas.

“Muitos já me pediram os textos”, disse o P. Egon Zillekens ao voltar para a Casa Marienau, debaixo de chuva nesta noite fria a poucos dias do 18 de outubro.

“Às vezes há pouca gente, às vezes há muitos jovens, às vezes o rezamos em inglês, ou apenas em espanhol, é um pouco diferente cada dia… Mas é uma bênção…”

Sim, é uma bênção, esta bênção noturna.

Original: Espanhol. Tradução: Lena Ortiz, Ciudad del Este, Paraguai

Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *