juventude Rótulo

URUGUAI, por Fernando Olmedo, vía Schoenstatt.org.uy • Às vezes o encontro com Jesus está a “um mar de distância”, mar de distância das preocupações ou rotinas do dia a dia, da hostilidade e deserto do mundo, da dor e da melancolia do que passou, que nos custa deixar ir, da frustração deste ou daquele projeto que não sai. É que, às vezes, é preciso um salto ou passo audaz, como o que deu Pedro para sair ao encontro desse Deus feito carne, feito homem, tangível, que se pode tocar, abraçarLeia mais
CHILE, UNIVERSITÁRIOS DE CAMPANÁRIO, via jmschoenstatt.cl • Não há dúvida que, estamos num mundo que, não seria exagerado defini-lo como, “de pernas para o ar”. As pessoas já não conversam mas, preferem escrever-se através das imensas redes sociais que chegaram à nossa sociedade para ficar. Estas tantas redes sociais que, são protagonistas das formas de comunicação, tiram-nos uma parte importante da nossa liberdade. O Padre Kentenich, no seu tempo, explanava situações parecidas, no âmbito tecnológico mas, identificava uma revolução no mundo que se podia apreciar nas guerras da época. Hoje,Leia mais
Victoria *, uma estudante alemã, tem uma ligação especial a José Engling. Ela diz aos leitores de schoenstatt.org como isso aconteceu e o que ela quer obter para José Engling • Queridos irmãos e irmãs na aliança de amor, Sou Victoria, vivo na Alemanha, e estou a estudar história e teologia católica. Desde o nascimento tenho doença espástica. Desde 2006 que tenho vindo a pedir a José Engling, um dos schoenstattianos mais conhecidos da Geração Fundadora, para interceder pela minha cura, mas até agora sem sucesso. Estou certa de queLeia mais
Por Sarah-Leah Pimentel, África do Sul • Um dos meus hinos favoritos da igreja tem o refrão: “E eles saberão que somos cristãos pelo nosso amor.” Isto faz-me lembrar da sua antítese. Mahatma Gandhi uma vez foi citado como dizendo que tinha grande respeito por Cristo, mas não tinha grande consideração pelos cristãos. O comentário de Ghandi toca no fundo, naquilo em que nós muitas vezes não somos verdadeiramente cristãos. Ser cristão não é pelo número de missas que estamos a assistir, o número de rosários que oramos ou estarmosLeia mais
Hoje responde: Claudio Ardissone: Tenho 45 anos, estou casado há 20 anos com Vicky Ramírez, temos 2 filhos, Costanza de 17 e Camilo de 13 • Conheci Schoenstatt fugazmente aos 15 anos e comecei a fazer parte do Movimento aos 19, enquanto iniciava a Universidade. O meu grupo da Juventude Masculina chama-se Hontanar e o nosso ideal é “Ser fonte para os outros”, porque nos tocou a etapa da segunda refundação da Juventude Masculina no Paraguai, falo no presente porque até agora continuamos unidos e a reunir. Fiz a minha Aliança deLeia mais
PAPA FRANCISCO EM CUBA – MISSIONÁRIO DA MISERICÓRDIA • O Papa saiu da Catedral de Havana e, dirigiu-se ao Centro Cultural Félix Varela, onde era esperado, sob uma forte chuva, por milhares de jovens. Católicos, crentes de outras confissões, não crentes… E, Francisco tornou a improvisar, desta vez, em torno de dois conceitos: sonhar e esperança.   Palavras pronunciadas pelo Santo Padre Vós estais de pé e eu sentado, que vergonha! Mas, sabeis por que me sentei? Porque tomei nota de algumas coisas que disse o nosso companheiro e éLeia mais
Hoje responde: Padre Elmar Busse (*1951). Ele conhece Schoenstatt desde a sua infância, porque os seus pais estavam no primeiro curso da União das Famílias na RDA (República Democrática Alemã). O Centro de Schoenstatt Friedrichroda na região dos Bosques de Turingia (Santuário abençoado em 1954) era o seu lar espiritual. Da necessidade vivida de não haver sacerdotes para a juventude de Schoenstatt, tomou a decisão, junto a outros estudantes aventureiros de teologia, de fundar a comunidade dos Padres de Schoenstatt na Alemanha Ocidental. Isso tornou-se realidade depois de um longoLeia mais
PARAGUAI, por José Argüello e Maria Fischer • A missa de domingo na enorme área de Ñu Guazú  foi preparada por uma alegre e intensa vigília de oração…  Muitos servidores e fiéis passaram ali a noite de sábado, nada lhes tirava o entusiasmo: clima instável com muito vento, ou chuva, que num terreno lamacento como o de Ñu Guazú torna as coisas um pouco mais difíceis… Mas o terreno barrento pode ser uma mensagem: “servindo no barro”. “Aqui estamos, um grupo do Ramo Profissionais, ao serviço da Rainha, levo oLeia mais
Hoje responde: Nicolás Adrián Prono Britez, 21 anos, de Asunción, Paraguai, membro da Juventude Masculina Universitária de Schoenstatt, no Paraguai e, membro da Missão Roma da JMU de Asunción, em Roma, Itália • A meio ano de peregrinarmos pelo segundo século da Aliança de Amor… Como sonha este Schoenstatt no seu ser, no seu estar na Igreja e no mundo e, na sua tarefa? Sonho com um Schoenstatt que cresça em quantidade, para fora e, em qualidade, para dentro. Que erga sempre, bem alto, a bandeira do Homem Novo que,Leia mais
PARAGUAY, por José Aníbal Argüello, Lala Pires Ferreiro, María Ester Cáceres, Gabriela Bolaños y Maria Fischer • A Peregrina do Padre foi missionar… Quando o responsável pela Peregrina do Padre, o P. Heinz Kuenster celebrou seus 90 anos, Monina Crivelli, grande amiga do “Herr Pastor” aproveitou o momento para pedir-lhe, uma vez mais, a Peregrina do Padre, aproveitando a viagem de Maria Fischer a Paraguay e Argentina. Quando João Pozzobon soube da viagem de seu amigo o Irmão Germano Arendes a Schoenstatt, em março de 1968, entregou-lhe duas peregrinas; umaLeia mais