Colocado em 2019-06-30 In Campanha

Carina Bocchi: “Onde a Virgem quer me levar …”

ESPANHA, Silvia Olivella •

Carina chegou da Argentina com seu marido e sua Mãe Peregrina. Ela vinha trabalhar para instalar um Colégio de Schoenstatt. E chegava a Espanha, para La Rábita, uma pequena aldeia em Granada, para levantar algo grande.  Na região onde viveu, conseguiu com os seus esforços de anos, que várias pessoas se envolvessem e se comprometessem, com seus párocos a frente, no apostolado da Virgem Peregrina: La Rabita, Dos Castillas, Albuñol Sorvilán, Órgiva, Almegíjar… —

Carina, nestes anos, se entregou à sua família, ao seu trabalho, à sua paróquia mas, de uma maneira especial, ao que a Virgem lhe pedia: levá-la a muitos lares. Pouco a pouco a Mãe Peregrina foi chegando as casas, acompanhada, é claro, do menino Jesus e das graças que ela presenteia: acolhimento, transformação e envio apostólico. E Carina incorporava em sua vida essas graças. Embora nem sempre foi fácil, ela sempre seguiu lutando. Com a transferência dos párocos para outras cidades, chegava  também a Mãe Peregrina. E Carina se converteu em suas mãos e em seus pés.

Finalmente no Santuário Original

Em março de 2018, teve o privilégio de conhecer o Santuário original em Schoenstatt e participar do Encontro Europeu dos responsáveis ​​da Mãe Peregrina. Tantos anos entregues ao movimento e ainda não tinha tido a oportunidade de conhecer aquela capelinha onde tudo começou, rezar no túmulo de nosso fundador, Padre José Kentenich… foi feliz nessa viagem, com aquela alegria inata que tinha e transmitia .

Carina era responsável como missionária e coordenadora de missionários, tinha tudo bem organizado e certificava-se de que todas as MTAs peregrinas chegassem bem as casas que deveriam visitar.

Andaluzia da Mãe Peregrina

Em novembro de 2018, a irmã Monica Maria, coordenadora nacional da MTA Peregrina do Santuário de Pozuelo em Madri, visitou a região da Andaluzia e todas as aldeias que recebiam a visita da imagem. Ela passou alguns dias na casa de Carina que generosamente a recebeu. Essa viagem foi para animar, encorajar, apoiar e parabenizar os missionários, para continuar com esse apostolado tão simples e ao mesmo tempo tão profundo. A Virgem entra nas casas das pessoas que praticam a fé, mas também nas casas onde talvez as pessoas estejam um pouco mais afastadas. E quanto bem faz a todos!

E seguiam chegando peregrinas e pessoas de outras cidades

Ao terminar o mês de maio deste ano, o mês de Maria, Carina foi repentinamente levada para o céu, sem aviso prévio… Como se a Virgem a levasse para o céu para completar a missão de Maio. Sua missão, Carina, você concluiu magnanimamente. Você foi uma ótima esposa, mãe e missionária da MTA Peregrina.

A Santa Missa do funeral foi muito emocionate: as missionárias iam chegando com suas Mães peregrinas e colocavam ao pé do altar. Seus rostos mostravam dor e emoção, mas também gratidão, porque um dia Carina bateu à sua porta para oferecer-lhes a Mãe Peregrina. E seguiam chegando peregrinas e pessoas de outras cidades. Quatro párocos concelebraram das cidades de onde a Mãe Peregrina havia chegado e todos elogiavam a missão de Carina. Seu marido, ao terminar as petições em missa, pediu para fazer mais uma. Ele subiu ao altar e olhando aquele altar com mais de 30 Peregrinas e a igreja lotada, pediu animado apenas uma coisa: “Que este trabalho que começou e continuou Carina com tanto esforço e tantos anos, não se termine, que possa continuar e não se perder”. Grande marido, Carina, e generoso. Já estão saindo responsáveis para as diversas localidades.

Don Fernando, pároco de La Rabita, no final da Missa nos compartilhou o desejo de que Carina tinha de peregrinar ao Santuário de Schoenstatt de Pozuelo em Madrid, que completa 50 anos em 18 de outubro deste 2019. Então, juntamente com o padre de Albuñol, eles se comprometeram a tornar o sonho de Carina realidade e fazer uma peregrinação ao Santuário, o primeiro na Espanha, uma realidade.

Continuaremos seu trabalho com o esforço que você colocou

Dois meses antes de ser levada ao céu, 31 de Março de Carina, em sua jornada através das vilas, enviou uma foto com a Peregrina em seu carro e disse: “Onde a Virgem Peregrina nos levar… rumo às montanhas de Granada.”

A Virgem levou você e desta vez para o céu, Carina. E desde ai, você continua sendo uma missionária da Mãe Peregrina, porque já estamos sentindo as forças que necessitamos para continuar seu trabalho e fazê-lo com o amor e o esforço que você colocou.

Obrigado Carina pelo seu espírito missionário, pelo seu exemplo e pela sua vida. Que Deus e a Virgem te tenham aberto as portas do Céu.

 Original: Espanhol. 10 de Maio 2019. Tradução: Glaucia Ramirez, Ciudad del Este, Paraguai

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *