avós

Colocado em 2021-07-11 In Schoenstatt em saída

“Eu estou contigo todos os dias”

PORTUGAL, Isabel C. Fernandes e Helena Castro Valente •

Um grupo de famílias de Schoenstatt de Lisboa animadas pela Mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial dos Avós e dos Idosos uniram-se no sentido de darem corpo e voz a uma iniciativa que denominaram “Queridos Avós”. —

Embora nascida em Lisboa esta iniciativa tem o anseio enorme de se estender a Portugal inteiro demonstrando a todos os avós e idosos a importância que se lhes reconhece na vida das famílias, dos vizinhos e dos amigos e, que não serão deixados sozinhos num tempo de tanta solidão e afastamento social. “«Eu estou contigo todos os dias» (cf. Mt 28, 20) é a promessa que o Senhor fez aos discípulos antes de subir ao Céu; e hoje repete-a também a ti, querido avô e querida avó. Sim, a ti! «Eu estou contigo todos os dias» são também as palavras que eu, Bispo de Roma e idoso como tu, gostaria de te dirigir por ocasião deste primeiro Dia Mundial dos Avós e dos Idosos: toda a Igreja está solidária contigo – ou melhor, connosco –, preocupa-se contigo, ama-te e não quer deixar-te abandonado”, diz o Papa Francisco na sua Mensagem.

O desafio

Assim também a fé, se não se traduzir em obras, é morta em si mesma” (Tiago 2,17) por isso é lançado um desafio às famílias para o próximo dia 25 de Julho: festejar o Dia dos Avós em família, num abraço que se expressa pelo amor, carinho, cuidado e por palavras que iluminam e aquecem a alma e o coração.

Propõe-se que, cada família – na linha das suas tradições e modos diversos de celebrar – organize o seu encontro (pode ser um pic-nic mais adequado aos tempos que estamos a viver) e o preencha também com brincadeiras e jogos que envolvam desde os mais velhos aos mais jovens numa comunhão de amor.

Queridos avós (25 de Julho)

Marquem esta data nos vossos calendários e que nenhuma familia deixe de festejar os seus Queridos Avós e de lhes mostrar como precisam deles! Façam chegar o mais longe possível esta corrente que, tendo começado com pouco caudal junto à nascente se quer tornar num manancial imenso a desaguar no oceano infinito dos corações.

avós


Para mais informações : queridosavos.pt

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *