Colocado em 16. Maio 2015 In Schoenstatteanos, schoenstattianos em rede

Alegra-Te Maria…!

ARGENTINA – Claudia Echenique e Cecilia Mata •

Rallegrati, Maria! (Alegra-te, Maria!) Assim começa o artigo publicado em schoenstatt.org em 8 de Setembro de 2004, no qual , no final, aparece, pela primeira vez, a frase “traduzido para italiano por Maria Tedeschi”. Desde então e, graças aos numerosos artigos traduzidos por Maria, desde a cidade de La Plata, a página web em italiano tem sido uma grande contribuição para o crescimento da Família de Schoenstatt, em Itália. Nesta segunda-feira, 11 de Maio, Maria completou 90 anos e continua a traduzir. A equipa de schoenstatt.org agradece a Deus e à Mater pela sua vida e pela sua tarefa.

IMG_7845Conta Cecilia Mata:” No ano passado, quando estava a verificar uns parágrafos dum artigo de espanhol para italiano, dei-me conta que faltava um. Comentei isto com a Maria Fischer e, ela disse-me:” Pode escrever à Maria Tedeschi para pedir que lho mande; isso pode acontecer, Maria T. já tem 89 anos…” Já não continuei a ler o que vinha a seguir. Fiquei paralisada. Não pode ser, devo ter lido mal. Tornei a rever a frase…89 anos. Escrevi à Maria T., não sabia como o fazer, longe de mim “reclamar” de alguma coisa! E, aproveitei a ocasião: “Gostaria de a conhecer, disse-lhe. E, depois de se ter desculpado pelo esquecimento (como se fosse preciso!) , disse-me:” Mas, vamos esperar que o tempo melhore um pouco”. Era inverno e, quem vive nestas latitudes, sabe que, os invernos em La Plata são bastante frios. Disse à Claudia: temos que ir vê-la. Passaram os meses, passou o verão e, o tão ansiado encontro foi adiado”.

Esta grande mulher, com tanta força, tanta capacidade, tanta paixão e amor pelo que faz, tão agradecida à vida

A Mater tinha preparado algo especial: aproveitando a visita de Maria Fischer a Buenos Aires, fomos almoçar a casa dela, em La Plata. Chegámos num meio-dia de Abril, céu nublado, não fazia frio, mas a humidade e as probabilidades de chuva tinham afastado os fortes calores de dias passados. Quando a porta se abriu vimos uma linda e coquette mulher (impecável com o seu colar de pérolas e blusa às bolinhas), que nos recebeu com muita emoção e alegria, falando pausadamente com esse cálido sotaque italiano.

Maria F. pôde, finalmente, conhecer esta colaboradora, com a qual, desde há 11 anos, comunicava, sempre, por mail e pelo Skype e, agora, estavam frente a frente! A Cecilia e eu estávamos envoltas numa emoção tão grande por termos concretizado este encontro que, ainda hoje, nos custa lembrarmo-nos de pormenores da conversa. Estávamos tão absortas ao vermos esta grande mulher, com tanta força, tanta capacidade, tanta paixão e amor pelo que faz, tão agradecida à vida, tantos anos vividos com maiúscula…visita

“Julga que não sou capaz de o tirar, directamente, da página ?”

Maria Tedeschi chegou à Argentina aos 18 anos. Formou uma linda família e deu à Mater o mais bonito dos presentes: um filho como Padre de Schoenstatt, o Pe. Ludovico Tedeschi. “Nunca trabalhei”, disse-nos, como se, ser esposa, mãe e dona de casa não fosse uma grande tarefa. Os anos passaram, os filhos cresceram, vieram os netos e, ela sempre esteve dedicada, totalmente, à sua família. E, um dia, partiu o seu esposo. Ficou sem o seu companheiro de rota e, sentiu que, a sua vida já não tinha sentido.

Foi então quando surgiu a brilhante ideia de lhe brindar a oportunidade de fazer as traduções para italiano, para o schoenstatt.org. Contou-nos que Maria Fischer lhe tinha dito que lhe enviaria o artigo em formato Word para lhe facilitar a tarefa. Ao que ela respondeu:” “Julga que não sou capaz de o tirar, directamente, da página ?” Pioneira da auto-gestão e uma verdadeira ousada no risco! E, não parou. Ano após ano, continua a deleitar-nos com as suas contribuições na língua de Dante.

Feliz aniversário, Maria!

Há poucos meses atrás, teve que interromper a sua prolífica actividade por causa de um problema de saúde. Durante a visita contou-nos que lhe custa um pouco erguer os dicionários para realizar a sua tarefa e, que se sentia muito mal por não poder contribuir com o seu ritmo habitual de três, quatro artigos por semana! Para ir melhorando, cada dia mais, está a exercitar os dedos no teclado, traduzindo um livro, para poder voltar à arena rapidamente. Antes de nos despedirmos, comprometeu-se a traduzir “nem que seja um artigo por semana”.

Nesta segunda-feira, 11 de Maio, Maria Tedeschi completou 90 anos. Do mais fundo do nosso coração dizemos-lhe “Obrigado por ser farol e exemplo, por nos impulsionar a superarmo-nos, a darmos cada dia mais.

Maria Tedeschi

Original: espanhol. Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , ,