Archivos Vaticanos

Colocado em 2022-05-04 In José Kentenich

Documentos sobre a história do Movimento de Schoenstatt, já estão disponíveis em espanhol

CHILE, Maria Fischer •

Alguns meses após o lançamento em alemão, o primeiro volume de uma série de “Documentos sobre a história do Movimento de Schoenstatt”, cobrindo a fase chave entre 1949 e 1968, está agora disponível em espanhol. Este volume apresenta documentos dos arquivos do antigo Santo Ofício, da época do Papa Pio XII, que estão à disposição de investigadores e historiadores desde 2 de Março de 2020.

O volume contém cerca de 16 milhões de páginas sobre a Segunda Guerra Mundial e o período do pós-guerra, o que pode lançar luz sobre o papel de Pio XII durante este período. Entre os documentos, há também uns de grande interesse para todos os schoenstatteanos que desejem obter informações em primeira mão sobre os acontecimentos em torno do chamado “exílio” do Fundador, Pe. José Kentenich.

Os textos deste primeiro volume referem-se principalmente aos relatórios da Visitação Canónica do então Bispo Auxiliar de Trier, Mons. Stein, e da subsequente Visitação Apostólica realizada pelo Pe. Sebastian Tromp SJ em nome do Santo Ofício.

A publicação destes relatórios pode alargar a visão de todo o processo das Visitações e constitui um valioso material de estudo. Os documentos mais recentes, e desconhecidos até Março de 2020, e somente em Setembro de 2020 procurados por Schoenstatt, são os relatórios do Pe. Tromp.

Recordemos que foram os estudos da Dra. Alexandra von Teuffenbach sobre estes documentos a partir de Março de 2020 – feitos no contexto dos seus estudos científicos sobre o papel do Padre Tromp no Concílio Vaticano II – que levaram à publicação do livro “O Pai pode fazê-lo“, o que causou uma grande agitação e muitos pedidos de informação em primeira mão de dentro e de fora de Schoenstatt. O livro “O Pai pode fazê-lo” está disponível em espanhol como um E-Book (Amazon). 

A documentação está aí, tem de ser lida?

A resposta é, como no livro de Alexandra von Teuffenbach: Não, porque no dicionário de Schoenstatt, no dicionário do Homem livre, firme e independente, as palavras “deve”, “permissão”, “obrigação” são apagadas. Pois no reino da verdade, da justiça e do amor, no reino da liberdade que o Pe. Kentenich ansiava tanto que, estava disposto a dar a sua vida por ela, só a magnanimidade e a responsabilidade reinam quando se trata de se informar ou não, em primeira mão e não através de “o que me chega dos Assessores” de comida para bebé já pronta, como comentou um schoenstatteano irritado com umas reacções desqualificantes a este livro, chamando-lhe “aborrecido” e também desqualificando quase todos os schoenstatteanos, declarando que “muito poucas pessoas” são “capazes de as ler e relatar do que se trata. São leituras para doutorandos ou coisas do género”.

Tem de ser lido? Não. Mas pode lê-lo, pode informar-se a si próprio. No entanto, para dar uma opinião sobre o assunto, é necessário lê-lo, com respeito pela verdade. Sem informação verificável, não há base para participação na discussão ou troca de opiniões ou crescimento na leitura da voz de Deus para Schoenstatt, neste momento da sua história.

Sem informação verificável, só há mexericos. E, para isso, não temos tempo.

Obrigado Editorial Nueva Patris.

O livro será lançado a 12 de Maio através do canal do YouTube da Editorial Nueva Patris.

Segundo volume publicado em alemão

Em alemão, um segundo volume da correspondência entre o Pe. Kentenich e o Reitor Geral Turowski SAC acaba de ser publicado. Mostram o que se passou nos bastidores das Visitações. Estes documentos lançam nova luz sobre os relatórios de Visitação do Bispo Auxiliar Bernhard Stein e do Fr. Sebastian Tromp SJ. A data desta publicação em espanhol ainda não é conhecida.

 

Edição: 1
Ano de publicação: 2022
Formato: 14,8 x 21 cms
Páginas: 316

Onde comprar

 

 

 

 

 

Original: espanhol (3/5/2022). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.