Vatikan Archive

Colocado em 2021-09-05 In José Kentenich

São publicados, em livro, os relatórios das Visitações Diocesanas e Apostólicas

Editorial schoenstatt.org •

A data de publicação do livro, ou pelo menos do seu prefácio, é a Solenidade da Visitação de Maria no ano 2021, embora não seja claro se é o 31 de Maio, quando é celebrado na Igreja universal, ou o 2 de Julho, quando é celebrado nos países de língua alemã. Ambas datas têm o seu peso, como o aniversário do “terceiro marco” da história de Schoenstatt (31 de Maio de 1949) ou o aniversário da publicação daquele primeiro artigo da Dra. Alexandra von Teuffenbach sobre as suas descobertas nos arquivos do Vaticano, bem como nos arquivos dos Palotinos em Limburgo, que desencadearam um terramoto em Schoenstatt, cujas réplicas ainda continuam.

Se considerarmos quantas perguntas, expectativas, discussões, desculpas e justificações eram esperadas e exigidas para o acesso aos documentos nos arquivos do Vaticano – acessíveis para pesquisa desde 2/3/2002 às 8 h da manhã (em alemão) – ficamos surpreendidos que a publicação só agora se tenha realizado e, além disso, que não tenha sido feita pela Dra. von Teuffenbach (que nela trabalhou nos arquivos do Vaticano meses antes de qualquer schoenstatteano), mas pelo Padre Eduardo Aguirre. Além disso, perguntamo-nos como é que o livro apareceu silenciosamente. Em qualquer caso, aí está, com uma impressionante espessura de 300 páginas e disponível na Editora Patris  (em alemão), inicialmente em alemão, mas provavelmente está planeada uma edição em espanhol.

Uma edição de estudo

Na série de documentos sobre a história do Movimento de Schoenstatt, são publicados documentos, decretos, editais e também cartas e comunicados que, se revestem de especial importância para a história do Movimento e, que têm tido uma influência essencial no seu desenvolvimento.

Esta edição de estudo 1 resume os textos que foram produzidos durante a Visitação Diocesana (canónica) realizada pelo Bispo Auxiliar de Trier, Dr. Bernhard Stein, em 1949, e a Visitação Apostólica realizada pelo Padre Sebastian Tromp, SJ, em nome do Santo Ofício, entre 1951 e 1953. Os relatórios da Visitação Apostólica foram guardados a sete chaves até ao ano 2020 nos arquivos da Congregação para a Fé em Roma, e são apresentados neste livro pela primeira vez. Os documentos foram publicados como edições de estudo, reflectindo o estado da investigação no momento da sua publicação”, diz a editora Patris.

Para além da disposição algo cansativa e de alguns acidentes ortográficos, o livro é uma compilação, quase sem comentários, de documentos episcopais e do Vaticano dos anos 1949-1953 sobre as duas Visitações. É uma fonte nova e valiosa, cujo estudo será extenuante e desafiante. Uma tabela histórica e um prefácio explicativo do Padre Eduardo Aguirre estão incluídos para a sua classificação, bem como informações sobre a tradução/edição dos textos originalmente escritos em latim.

Tal como, com as publicações da Dra. Alexandra von Teuffenbach: a verdade irá libertar-nos. E uma leitura completa e sólida dos textos é sempre e, em qualquer caso, uma base boa e digna para um Movimento maduro chegar pessoalmente a julgamentos e decisões, e não uma reprodução apaixonada do que foi ouvido ou apanhado de passagem.

Aguardamos ansiosamente o anúncio de novos volumes com material adicional.


Buch VisitationenDokumente zur Geschichte der Schönstatt-Bewegung, Studienausgabe 1
(Documentos sobre a história do Movimento de Schoenstatt, edição de estudo 1)
333, 14,5 x 21 cm, 470g
Editorial Patris
ISBN: 978-3-946982-20-3
Precio: 26,00 €

 

 

 

 

Original: alemão (2/9/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *