santa Cruz do Sul

Colocado em 2022-08-16 In Santa Cruz do Sul, Vida em Aliança

No terreno do Santuário de Santa Cruz do Sul: a escola “Mãe de Deus”

BRASIL, Maria Fischer •

12 de Agosto, Festa do Beato Carlos Leisner, o primeiro schoenstatteano a ser beatificado, um grande apóstolo da juventude. No Paraguai, celebra-se o mês das Crianças; neste dia, Dequeni envia uma mensagem: “Todas as crianças têm o direito de ter acesso a uma educação de qualidade que lhes dê as ferramentas necessárias para construirem os seus sonhos. Neste mesmo dia, como sabemos pela imprensa local, a escola “Mãe de Deus”, foi inaugurada na antiga casa do Movimento de Schoenstatt e a antiga casa das Irmãs de Maria, nos terrenos do Santuário de Schoenstatt, abençoado há mais de 40 anos, agora baptizado Capela Mãe de Deus, Capela da Mãe de Deus. —

Linguagem da época da fundação de Schoenstatt. Espontaneamente esta frase da Acta de Fundação vem à mente: “Como para o nosso segundo patrono, S. Luís Gonzaga, uma capela dedicada a Nossa Senhora em Florença se transformou em berço da santidade, o berço da santidade para nós deve ser esta capela. E esta santidade fará suave violência à nossa querida Mãe do Céu e atraí-la-á para junto de nós…”

Uma escola para as crianças do bairro da Mãe de Deus

A Câmara Municipal de Santa Cruz do Sul inaugurou oficialmente a Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Mãe de Deus na tarde de sexta-feira 12. O terreno com os seus edifícios, recordamos, à beira da BR-471, foi adquirido pela Administração Municipal ao Instituto das Irmãs de Maria, que se mudou para outro local, mas não sem remover todos os elementos interiores, as janelas, a porta, a torre do sino e até mesmo a pedra fundamental do Santuário. A transferência do terreno, ou mais especificamente, a cessação da doação condicionada à utilização do terreno para a formação religiosa do povo, permitiu a criação da creche para crianças dos 0 aos 5 anos de idade, a fim de servir principalmente os residentes do Loteamento Mãe de Deus.

A criação da escola no antigo Santuário é uma exigência dos vizinhos, que tinham de atravessar a estrada para levar os seus filhos à escola. A adaptação da estrutura foi realizada com os recursos próprios do Secretariado da Educação e com a ajuda de vários parceiros e departamentos. A Presidente da Câmara Helena Hermany afirmou que o espaço, que tem sido visitado por muitos devotos do Movimento de Schoenstatt há 43 anos, é sagrado e continuará a sê-lo. “Não há bem maior que uma obra como esta, um lugar para guiar, proteger e ensinar os nossos filhos a serem bons cidadãos”.

O Secretário Municipal de Educação, Wagner Machado, por seu lado, salientou o empenho de muitas mãos em tornar a nova escola uma realidade. “É um dia de celebração por outro trabalho e de gratidão a todos aqueles que contribuíram para nos levarem até aqui. Estamos a trabalhar para a grande missão deste governo, que é cuidar do povo, e este espaço significa mais segurança e educação de qualidade”, disse ele.

A Presidente da Câmara de Santa Cruz, Helena Hermany, salientou que a escola se chama Mãe de Deus, o bairro da Mãe de Deus e que o local tem a capela da Mãe de Deus, “Estou certa de que a Mãe de Deus estará sempre connosco, abençoando-nos, protegendo-nos e, sobretudo, cuidando dos nossos filhos, para que cresçam com sabedoria, protecção e aprendendo as coisas boas e correctas da vida”.

santa cruz do sul

O Santuário será aberto em breve…

Quer se chame capela ou santuário…com ou sem altar e elementos originais…e em todo o caso com o Capital de Graças: Este 12 de Agosto é também um passo para a reabertura para o povo de Deus do Santuário de Santa Cruz do Sul. A intenção da Administração Municipal é conceder o uso da capela à recentemente criada “Associação dos Devotos da Mãe e Rainha de Santa Cruz do Sul”, uma associação de leigos e peregrinos do Santuário de Schoenstatt que nunca desistiram, nunca perderam a esperança, nunca deixaram a Mãe de Deus sozinha, a Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt, que há mais de 40 anos escolheu este lugar onde o povo de Deus de Santa Cruz do Sul, o Movimento de Schoenstatt e nessa altura também as Irmãs de Maria Lhe pediram para ficar para sempre e todos os dias de novo.

“Não seria possível que agora a capelinha da nossa Congregação se tornasse também o nosso Tabor, no qual se revela a glória de Maria? Não podemos, sem dúvida, realizar uma acção apostólica maior, não podemos legar aos nossos sucessores uma herança mais valiosa, do que mover Nossa Senhora e Rainha a estabelecer aqui, de maneira especial, o seu trono, a distribuir os seus tesouros e a operar milagres da graça. Imaginais onde quero chegar: gostaria de transformar este lugar num lugar de peregrinação, num lugar de graças para…o bairro Mãe de Deus, para a cidade de Santa Cruz do Sul e talvez para ainda mais além….

Ou não. Ainda tudo “no ar”

Mas o caminho dos schoenstatteanos que lutam pelo Santuário, este Santuário construído por toda a comunidade, ainda não está terminado. Embora a intenção da Administração Municipal, como já foi dito várias vezes, fosse conceder o uso da capela à recém-criada Associação dos Devotos da Mãe e Rainha de Santa Cruz do Sul, ou seja, aos leigos que lutam pelo Santuário. Na cerimónia de inauguração, as Irmãs de Maria voltaram a apresentar-se como donas do Santuário que tinham tentado demolir e fazer cair no esquecimento, entregando generosamente as chaves do Santuário ao Município – mas não antes de terem o “novo nome dogmático”: “Capela da Mãe de Deus” pintado na porta…

“Ninguém dos grémios e presidências teve a coragem de as confrontar neste triste episódio. Elas, de facto e de direito, fazem o que querem, como se Schoenstatt fosse sua propriedade exclusiva, como se o Movimento de Schoenstatt e a Família de Schoenstatt fossem um “bem” que é administrado única e exclusivamente por elas. Um absurdo indescritível”, diz Ruy Kaercher, do Instituto das Famílias. E quase citando Miguel de la Barreda, de Madrid, diz: “Todos eles têm demasiado “respeito humano” pelo “hábito azul” que usam para atingir os seus fins”.

Mãe de Deus, mostra-te como Mãe do teu Schoenstatt.

Santuario de Santa Cruz do Sul

Santuário de Santa Cruz do Sul, Agosto de 2022

Com material de GAZ,   Portal Arauto

Original: castelhano (14/8/2022). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.