historias

Colocado em 2021-12-12 In schoenstattianos em rede

Como é difícil transmitir a ideia das histórias

Lilita e Carlos Ricciardi, Argentina, Equipa schoenstatt.org •

Durante 20 anos colaborámos com a difusão e o pedido de orações para as Missões Familiares na Argentina. A nossa tarefa era pedir orações pela fecundidade das Missões durante a semana em que estas duravam. Muitas delas foram feitas pessoalmente no nosso Santuário da Libertação em La Plata, Argentina; outras foram feitas por email, por telefone e graças a schoenstatt.org , fundamentalmente a Maria Fischer, outras foram recebidas via internet. A cada um dos que tinham rezado pelas Missões Familiares, enviar-lhes-íamos mais tarde a crónica da Missão com tudo o que tinham experimentado e o testemunho dos participantes. —

Não era uma tarefa fácil conseguir a crónica uma vez terminada a Missão, primeiro porque é uma semana de trabalho intenso, com calor opressivo, já que são feitas em Janeiro, em meados do Verão, há muito pouco sono e são muito intensas para o espírito e o coração de cada missionário. Tínhamos de esperar que, recuperassem um pouco para que, alguém pudesse preparar a crónica e enviá-la para aqueles que tinham rezado todos os dias da Missão. É um vai e vem espiritual entre aquele que reza e aquele que vai em missão. Além disso, aqueles que estiveram em missão, muitas vezes por causa da humildade e simplicidade de coração, têm dificuldade em transmitir tudo o que experimentaram…Mas durante esses 20 anos de Missões Orantes, a crónica das missões foi sempre publicada e divulgada em schoenstatt.org.

Na sua última visita à Argentina, falámos com a Maria sobre como é difícil transmitir a ideia de histórias da vida real. Muitas vezes as pessoas que fazem tantas boas acções, material e espiritualmente, têm dificuldade em transmitir estas tarefas. Mas é muito importante que o mundo, a comunidade em geral, aprenda sobre estas pequenas histórias que fazem tanto bem às pessoas. É por isso que é tão importante ser capaz de transmitir e partilhar estas histórias. E também comentávamos que, quando alguém tem uma lanterna, não a coloca debaixo da mesa: coloca-a num lugar onde brilha e onde todos a podem ver.

Partilhemos as histórias e vivências para que possam enriquecer e iluminar toda a gente em geral. E para isso… existe o schoenstatt.org.


Foto: Encontro em City Bell: Maria Fischer, Lilita e Carlos Ricciardi

Original: espanhol (11/12/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.