Foto: Pedro Dillinger

Posted On 2022-05-04 In José Kentenich

Aceitamos a nova situação como uma oportunidade e um desafio

Carta do Pe. Juan Pablo Catoggio à Família de Schoenstatt • 

“Um processo de beatificação ou de canonização não é um fim em si mesmo. Talvez a Mãe de Deus queira que estejamos mais comprometidos com a missão do nosso fundador e para a fecundidade do seu carisma na Igreja do nosso tempo”, diz Pe. Juan Pablo Catoggio, Presidente da Presidência Internacional de Schoenstatt, em uma carta dirigida à Família de Schoenstatt. Nós publicamos o texto completo. — 

Carta do Pe. Juan Pablo Catoggio - 4.5.2022

“Vós sois a minha carta de recomendação!” (2Cor 3,2)

Schoenstatt, 4 de maio, 2022

Querida Família de Schoenstatt!

Em 3 de maio de 2022, a Diocese de Tréveris publicou a decisão do Bispo Dr. Stephan Ackermann de suspender o processo de beatificação do Padre Kentenich (cf. o comunicado de imprensa da Diocese e a declaração da Presidência Geral. O Bispo ressaltou expressamente que a suspensão do processo não é um julgamento da vida e da obra do Padre Kentenich. Ele gostaria de incentivar a uma pesquisa mais profunda e independente.

Querida Família de Schoenstatt, por mais que esta notícia nos atinja e nos faça sofrer, acreditamos firmemente que Deus sempre nos conduz e, precisamente, nas dificuldades.

Isto vale para as muitas questões do mundo e da sociedade. Isto vale igualmente para a Igreja e para Schoenstatt em tempos turbulentos e desafiadores.

Somos convidados a procurar descobrir, juntos, o que Deus nos quer dizer e como podemos responder-lhe.

Um processo de beatificação ou de canonização não é um fim em si mesmo. Talvez a Mãe de Deus queira que estejamos mais comprometidos com a missão do nosso fundador e para a fecundidade do seu carisma na Igreja do nosso tempo. “Buscai, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas” (Mt 6,33).

O que de fato é importante é o autêntico Padre Kentenich, com sua grandeza e suas limitações, mas, especialmente, em sua personalidade profética provocadora, que queremos reconhecer profundamente e propagar. Ele foi e continua a ser um sinal de contradição.

Aceitamos a nova situação como uma oportunidade e um desafio para pesquisar mais a fundo, com seriedade e liberdade, a verdade histórica e torná-la conhecida. Esta é uma tarefa complexa que vai exigir muito tempo, energia e também recursos financeiros. Da nossa parte, queremos fazer todo o possível para que o Padre Kentenich e sua mensagem sejam fundamentalmente estudados e conhecidos. Ele próprio sempre quis isto. Vários círculos e um grupo internacional de pesquisadores já estão trabalhando intensivamente para esta finalidade.

Acima de tudo, porém, entendemos as atuais mudanças como um chamado de Deus para que nós, mais do que até agora, representemos a mensagem de Schoenstatt com a nossa vida. Por nosso esforço por uma vida autenticamente cristã correspondente à nossa época e por nosso compromisso apostólico, queremos dar testemunho do nosso fundador e, desta forma, tornar seu carisma frutuoso na Igreja.

A obra deve falar pelo fundador, assim como Paulo escreve aos Coríntios: “Vós sois a minha carta de recomendação” (2Cor 3,2). Neste sentido, entendemos o desafio que o Santo Papa João Paulo II propôs ao Movimento de Schoenstatt: “Canonizai-o vós mesmos!”

Aceitamos o desafio; hoje, mais do que nunca.
No início do mês de maio, confiamos tudo à Mãe de Deus:

Tua res agitur! Clarifica te! (Trata-se da tua causa! Glorifica-te!)

Pe. Juan Pablo Catoggio

Presidente da Presidência Internacional de Schoenstatt

 

Tags : , , , , , , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published.