Em poucas palavras / P. Joaquín Alliende Categoria

Pe.  Joaquín Alliende Luco, via schvivo.com • Mais audácia, mais empreender, mais paraquedismo de saltos para o vazio. Menos praiazinha acariciando-nos e mais surf na crista da onda, não para estar lá em cima na crista, mas sim, pela onda santamente impetuosa. Sinto que, por vezes, alguns de nós, ficamos à beira-mar, molhando os pézinhos e, não nos atiramos à ondulação convulsa do nosso tempo. Mais surf, mais alto, mais perigoso. Não nos deveriam interesar as ondinhas cansadas, manuseadas, adormecidas. Deitemos para o lixo, de dentro do gavetão da mesa-de-cabeceira,Leia mais
P. Joaquín Alliende Luco • Abriu-se o Sínodo das Famílias. Na Europa é outono. Nas proximidades do Santuário Original, nas colinas do Reno e do Mosela é o tempo das uvas. De vinhos e lagares. É melhor dizê-lo por outra ordem: de lagares e de vinhos porque, como rezamos no Rumo ao Céu: “sem lagar não há vinho…só o morrer ganha a batalha” (R C). Dos grãos obtemos líquido, apenas se, os esmagamos. Uma maneira muito simples é pisar a uva. Este é o trabalho do lagareiro. Do mais fundoLeia mais