prisão Rótulo

Peregrina cárcel
ESPANHA, portal da Diocese de Cadiz e Ceuta • Desde o início da pandemia, uma imagem da Mãe Peregrina de Schoenstatt, “Mãe Três Vezes Admirável“, conhecida como “a Mater“, tem vivido sob o mesmo tecto que mais de 1.200 prisioneiros no centro penitenciário de Botafuegos, Algeciras. A Peregrina acompanha todas as celebrações religiosas e catequeses que, têm lugar na capela da prisão. Durante este tempo, Nossa Senhora acompanhou as liturgias de muitos módulos, mesmo um grande número de reclusos receberam-na dentro das suas celas, para pedir a Sua ajuda e protecção.Leia mais
PARAGUAI, Casa Mãe de Tupãrenda / Maria Fischer • A 22 de Agosto, há quatro anos, abriam-se as portas da Casa Mãe de Tupãrenda, a Casa para adolescentes que deixam o Centro Educativo de Itauguá, leia-se: a prisão para menores. O sonho tão desejado estava a tornar-se realidade para aqueles que, sábado após sábado, se mantiveram firmes para levar um lanche aos adolescentes do Centro Educativo. Em cada visita,  mergulhavam nas histórias e realidades de cada um dos que estavam “dentro”, e frequentemente testemunhavam as constantes “idas e vindas” daLeia mais
ALEMANHA, Maria Fischer • “Em memoria de uma professora”, é o título de um artigo do Saarbrücker Zeitung, no qual o conselho local de Heusweiler decidiu o nome de três ruas em uma nova área residencial. “O conselho local de Heusweiler dará nome a três ruas. Uma delas, o «caminho Charlotte Holubars» é em memória de uma professora, que foi vítima da ditadura nazista”, diz o subtítulo. Uma professora, schoenstattiana, uma mulher que não se deixou intimidar pelos nazistas e pagou, por isso, com sua vida. Concretamente a entregou noLeia mais
INTERNACIONAL – MADRUGADORES, Octavio Galarce Barrera • 29 de Abril e 2 de Maio são duas datas que permanecerão na história dos Madrugadores como dois acontecimentos que marcam decisivamente um antes e um depois. Os ecos que provocaram, primeiro, a carta de resposta com a letra do Papa Francisco e, depois, a menção dos Madrugadores na sua saudação introdutória à Missa celebrada na capela da Santa Casa de Marta, no Vaticano, continuam a ressoar e a provocar reacções de todo o tipo. Sem dúvida, foi um grande “elogio” que projectouLeia mais
VATICANO, Maria Fischer • Eles já se encontraram uma vez, também no contexto do serviço aos jovens privados de liberdade. Aconteceu em 2015, na Costanera de Asunción, quando o Pe. Pedro estava, juntamente com um jovem preso da prisão de menores de Itauguá, no estrado com o Papa Francisco. Agora, o Papa Francisco e o Pe. Pedro reuniram-se no Vaticano no encerramento do Congresso Internacional “Desenvolvimento Humano Integral e Pastoral Prisional Católica para Chefes Regionais e Nacionais de Pastoral Prisional”.  “Ficou muito tempo a falar com o Pe. Pedro”, comentouLeia mais
NIGÉRIA, Agaptus Ihediuba /Maria Fischer • O Movimento de Schoenstatt na Nigéria é jovem e pequeno – mas muito apostólico. Os estudantes dos Padres de Schoenstatt visitaram uma prisão, a Juventude de Schoenstatt chegou a um orfanato e as ofertas espirituais para os jovens foram apenas algumas das obras apostólicas que oferecem às pessoas neste país da África Ocidental. — 18 de janeiro foi um dia da Aliança special. Enquanto a Juventude Internacional de Schoenstatt se reunia na Costa Rica em preparação para a Jornada Mundial da Juventude, todos osLeia mais
 Pedagogia kentenichiana na periferia  (2), P. Pedro Kühlcke • Compartimos las experiencias y conclusiones del P. Pedro Kühlcke, en la aplicación de la pedagogía kentenijiana en la periferia, concretamente en una cárcel de menores y en el programa de reinserción social “Casa Madre de Tuparenda”. Se trata de la segunda parte de un texto elaborado desde una conferencia para la Juventud Masculina de Schoenstatt de Tuparenda.— Partilhamos as experiências e conclusões do Padre Pedro Kühlcke na aplicação da pedagogia kentenichiana na periferia, concretamente numa prisão para menores e no programaLeia mais
PARAGUAI, P. Hans Martin Samietz • Em sua viagem da Jornada Mundial da Juventude no Panamá ao Paraguai, Argentina, Chile e Equador, o P. Hans-Martin Samietz, conselheiro nacional da Juventude Masculina de Schoenstatt na Alemanha, visitou duas vezes juntamente com o Pe. Pedro Kühlcke na cadeia de menores em Itauguá, no Paraguai. Ele resumiu suas impressões no artigo a seguir, que disponibilizou para schoenstatt.org e para a revista alemã Basis.— Ele tatuou algumas lágrimas. De cor azul escuro, estendem-se sobre a face direita. Pedi à pessoa que me acompanhava paraLeia mais
Pedagogia de Kentenijiana na periferia, P. Pedro Kühlcke • “Esta é a finalidade da nossa educação: fazer com os nos foram confiados, tenham vontade e a capacidade de viver, por motivação e iniciativa própria, a vida de um filho de Deus”: palavras exigentes para a pedagogia Kentenich em periferia. Compartilhamos as experiências e conclusões do Pe. Pedro Kühlcke neste texto preparado a partir de uma conferência para a Juventude Masculina de Schoenstatt de Tuparendá.—   Quando o chefe de vocês me pediu uma palestra para a Juventude Masculina Tuparendá, perguntei-lhe: “Sobre qualLeia mais
PARAGUAI, Pedro Cáceres • No ano da misericórdia, o Papa Francisco nos exortou a fazer visitas às prisões, como uma das obras de misericórdia. Um dia, em uma atividade paroquial na frente de muitas pessoas, eu disse que seria muito difícil para mim realizar essa obra de misericórdia, já que eu não sabia quem visitar ou com quem iria. Em meados de 2016, em uma conversa com o Padre Pedro, ele me convidou para acompanhar o Apostolado da Prisão em um sábado. Durante essa semana e depois de pensar muito, decidi aceitar oLeia mais