prisão Rótulo

PARAGUAI, Pedro Cáceres • No ano da misericórdia, o Papa Francisco nos exortou a fazer visitas às prisões, como uma das obras de misericórdia. Um dia, em uma atividade paroquial na frente de muitas pessoas, eu disse que seria muito difícil para mim realizar essa obra de misericórdia, já que eu não sabia quem visitar ou com quem iria. Em meados de 2016, em uma conversa com o Padre Pedro, ele me convidou para acompanhar o Apostolado da Prisão em um sábado. Durante essa semana e depois de pensar muito, decidi aceitar oLeia mais
FRANCISCO na periferia, por Maria Fischer com material de Radio Vaticano e Aleteia • O Lava-pés de Quinta-feira Santa, evocando Jesus, lembra-nos que “Deus nos ama até ao fim“apesar dos nossos pecados. Lembrou o Papa Francisco na Missa da Ceia do Senhor que celebrou na prisão de Paliano, a única em Itália destinada à reclusão de colaboradores da Justiça. Em 2013, poucos dias depois de assumir o Papado, Francisco surpreendeu todos com o gesto de celebrar a Missa da Última Ceia fora do Vaticano e na Prisão de menores deLeia mais
PARAGUAY, Ani Souberlich e Maria Fischer • “Obrigado, Pe. Pedro Kühlcke, por ser o melhor instrumento da Santíssima Mãe aproximando-nos daqueles que mais precisam de nós. Sem dúvida foi uma das minhas melhores vésperas de Natal na companhia dos voluntários do Ministério Prisional”, comentou Cristy, que passou a tarde de Natal no centro de detenção com a equipa do ministério e outros voluntários. Eles deram comida, tempo, interesse, abraços e carinho a mais de 200 jovens, que estavam passando o Natal na prisão em vez de com as suas famílias.Leia mais
Ano Santo da Misericórdia, por Maria Fischer • A Praça de S. Pedro vê-se cheia de peregrinos apesar da chuva. Respira-se um ambiente de grande expectativa. Francisco inaugura, em Roma, o Ano da Misericórdia e abre a Porta Santa da Misericórdia, hoje, em Roma, a cidade dos apóstolos, no centro da Igreja, depois do “prólogo” na periferia da violência, da guerra, da pobreza, em Bangui. “Daqui a pouco, terei a alegria de abrir a Porta Santa da Misericórdia. Este gesto, como fiz em Bangui, simples mas altamente simbólico…” ainda ouvimosLeia mais
por Ary Waldir Ramoz Diaz, Aleteia.org O Papa Francisco lavou os pés a 12 detidos na cadeia de Rebibbia, em Roma, nesta Quinta-feira Santa, 2 de Abril, durante a Missa da Ceia do Senhor. O Papa beijou os pés a seis mulheres e a seis homens na igreja “Pai Nosso, numa das cadeias principais da sua Diocese. O Papa Francisco que liga , por telefone, para a cadeia de Buenos Aires quase todos os Domingos para falar com um dos muitos detidos que lá estão, nesta Quinta-feira Santa levou, pessoalmente,Leia mais