Colocado em 19. Setembro 2019 In Schoenstatteanos

O Papa Francisco homenageia o Pe. Rómulo Aguilar

PANAMA, Carmen Franco/Maria Fischer •

O Pe. Rómulo Aguilar, sacerdote schoenstattiano do clero da Arquidiocese do Panamá, foi nomeado como “Capelão de Sua Santidade” pelo Papa Francisco. —

Foi anunciado pelo arcebispo do Panamá, José Domingo Ulloa: “Esta designação do Padre Rómulo Daniel Aguilar é um sinal de apreço que o Santo Padre tem por esta Igreja no Panamá e o reconhecimento pelo percurso de entrega e compromisso deste querido sacerdote”.

Na celebração da Solenidade de Santa María la Antigua, no dia 9 de setembro, na Catedral Basílica, às 10: 00 h realizou-se a cerimónia de entrega deste título honorífico que tem a designação de monsenhor.

Orgulha e alegra os schoenstattianos do Panamá e não só que o Papa tenha nomeado Capelão de Sua Santidade o Padre Rómulo Aguilar, do Panamá, o qual pertence aos Sacerdotes Diocesanos de Schoenstatt e é o Coordenador do Movimento no Panamá.

Uma vida em aliança

Ele selou a sua aliança de amor com a Mater no Santuário da Bellavista (Santiago de Chile) há alguns anos, numa das jornadas para o clero diocesano que ali era oferecida todos os anos.

No mês de maio de 2011, visitou pela primeira vez, junto a um grupo de peregrinos do Panamá, o Santuário Original. Em 2014 encabeçou a delegação de Schoenstatt do Panamá nas celebrações do centenário do Movimento na Alemanha.

O Pe. Rómulo conheceu Schoenstatt na década de noventa através de um encontro com o Pe. Esteban Uriburu durante uma visita deste ao Panamá na qual difundiu a Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt. Quando o Pe. Esteban percebeu a abertura do Pe. Rómulo para o carisma de Schoenstatt, convidou-o para ir a Buenos Aires para conhecer a Campanha “de perto”. Esta visita realizou-se quando o Pe. Esteban estava muito doente. “Pediu a Monina Crivelli, seu “braço direito”, para organizar esta visita para mim, para experimentar tudo o que é preciso entender no espírito da Campanha e poder levá-la para o meu país”, comenta o Pe. Rómulo. “Ainda me lembro de todos os pormenores desta visita, foi uma experiência profunda que marcou a minha vida”.

 

Visita à Campanha em Corrientes, Argentina

Nas suas duas paróquias (Santa Marta e San Fco. de La Caleta) foi promotor de Schoenstatt e facilitou a construção e conquista das respetivas ermidas da Mater.

Mais que merecido este reconhecimento, por todo o percurso de serviço pastoral e sobretudo na  última JMJ, inclusive em cadeira de rodas, como coordenador geral e como anfitrião do Centro Espiritual de Schoenstatt que se encontrava na sua paróquia, San Francisco de La Caleta, com a sua ermida o “Santuário-lar” da Juventude de Schoenstatt durante estes dias abençoados.

Felicitações Pe. Rómulo, de todo o coração.

 

Original: espanhol. 07.09.2019. Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *