Colocado em 28. Março 2019 In Schoenstatteanos

Muito obrigado pela sua dedicação, Padre Roberto Ostheimer

BRASIL, Sueli Vilarinho •

Neste dia 27 de março a Família de Schoenstatt do Jaraguá e a comunidade do Instituto Secular Padres de Schoenstatt do Brasil se despediram do Padre Roberto Josef Ostheimer que iniciou a comunidade no Brasil em 1966. Seu corpo foi velado na paróquia Nossa Senhora da Conceição, onde foi Pároco, e enterrado no cemitério dos Padres junto ao santuário Sião do Jaraguá, que ele mesmo ajudou na compra do terreno e construção em 1969.—

Uma breve biografia

Nasceu em 07.06.1930 em Pflauheim – Baviera – na Alemanha. Foi o segundo filho de uma família de 11 irmãos e irmãs.

Em 1947, fez retiros com o Pe. Rummel que trabalhava com a Juventude de Schoenstatt e   o introduziu na espiritualidade do Movimento. Aos 20 anos de idade, o Pe. Roberto decide entrar ao Noviciado palottino na província do sul da Alemanha e o ideal do seu curso de noviços era: “Lumen Christi in manu Mariae” (Luz de Cristo nas mãos de Maria).

Em 1953, o Pe. Roberto passa para o seminário maior em Schoenstatt, Alemanha. E no dia 10.07.1954 chega ao Brasil como seminarista palottino. Passou por São Paulo e o seu primeiro destino foi Jacarezinho, no Paraná, onde iniciou os estudos de português, seu novo idioma. Fez parte do círculo schoenstatteano “Maria Sieg” (A vitória de Maria) e o grande ideal que os motivava era: “Em Schoenstatt e Pallotti, dá-nos crer e jamais a sua união perder”. Com esse grupo de seminaristas que tinha gente do Brasil, Argentina e Alemanha fizeram a sua consagração à Mãe de Deus e nesse mesmo ano, foi ordenado diácono em Porto Alegre, RS.

O Pe. Roberto foi ordenado sacerdote no dia 15.07.1956 em Londrina, Paraná e logo após a ordenação sacerdotal, voltou à Alemanha para primeiras missas e férias em sua terra natal. Regressou ao Brasil em abril de 1957 e seu primeiro trabalho sacerdotal foi em diversos lugares no estado do Paraná, onde permaneceu por vários anos. Em junho de 1966, junto a outros padres, o Pe. Roberto se instala no Jaraguá, em São Paulo, na casa paroquial cedida por Dom Agnello Rossi. No fim de setembro de 1966, o Pe. Roberto se encontra com o Pe. José Kentenich na Alemanha e o Pe. Kentenich lhe promete ajuda para a sua campanha de arrecadar dinheiro para um futuro Santuário de Schoenstatt no Jaraguá e também o-convida para selar um compromisso com a Nova Comunidade (a comunidade dos Padres de Schoenstatt, o que aconteceu no dia 18.10.1966.

O Pe. Roberto foi, nessa época, um grande instrumento de Deus para a construção do futuro Santuário de Schoenstatt do Jaraguá e da casa de retiros pertencente aos padres no mesmo bairro.

Foi vigário paroquial na paróquia Nossa Senhora da Conceição do Jaraguá por um ano em 1972,  ao mesmo tempo em que promovia o movimento de peregrinos no Santuário do Jaraguá. Foi pároco em Mairiporã por mais de 12 anos e em toda a região de Mairiporã, introduziu a imagem da Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt em diferentes lugares.

A partir de 1987, começa um trabalho com a Renovação carismática católica e outros Movimentos da Igreja e durante vários anos, desempenha essa tarefa com dedicação e empenho. Dedicou-se nesses anos também ao trabalho de recuperação de dependentes químicos e foi capelão da Santa Casa de misericórdia em Ouro Preto, Arquidiocese de Mariana, MG.

O Pe. Roberto foi um instrumento de Deus construindo capelas, ajudando a levantar paróquias e comunidades e trabalhando em favor de obras sociais várias, tendo sido inclusive, o fundador da obra social “Lírios do campo”: um centro de evangelização e recuperação de dependentes químicos em Ouro Preto, MG. O Pe. Roberto sempre teve uma sensibilidade pelos mais desfavorecidos e sofredores da sociedade e um grande amor pelo Santuário.

Até quase o fim de sua vida, esteve ligado ao Santuário de Schoenstatt do Jaraguá, em São Paulo e no ano do jubileu dos 50 anos do Santuário que o Pe. Roberto ajudou a construir, ele volta a Deus depois de uma vida missionária e sacerdotal.

Etiquetas: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *