Colocado em 17. Março 2018 In Schoenstatteanos, sinodo18

A poucas horas do início do Pré-Sínodo da Juventude

VATICANO/BRASIL, Lucas Galhardo em entrevista a schoenstatt.org •

Em 19 de Março, Solenidade de S. José, completam-se cinco anos da assunção do Papa Francisco ao serviço papal. Comemorará esse dia ouvindo os jovens no Pré-Sínodo que terá início, nessa data, no Pontifício Colégio Internacional Maria Mater Ecclesiae. Entre os participantes estarão presentes três schoenstatteanos: o Pe. Alexandre Awi de Mello, Secretário do Dicastério para os Leigos, a Vida e a Família, Magdalena Hartmann da Juventude Feminina da Alemanha, como delegada da Conferência Episcopal Alemã e Lucas Galhardo da Juventude Masculina do Brasil, como representante oficial do Movimento de Schoenstatt. Lucas tem 25 anos e é estudante de Engenharia Mecânica, pertence à Juventude Masculina de Schoenstatt de Caieiras/S. Paulo e é, também, secretário da Pastoral Juvenil no CELAM, no Cone-Sul. —

Falamos com ele sobre as suas expectativas e sobre o que ele deseja dar como contribuição para o Sínodo:

O que espera o representante de Schoenstatt do Pré-Sinodo?

Espero que esta reunião Pré Sinodal seja o grande momento de nós jovens deixarmos claro à secretaria do Sínodo quais são as maiores urgências da juventude hoje. E que não sejam só ideias ou meros discursos, mas que sejam palavras e atitudes vindos do coração. Espero que o esquema de trabalho seja produtivo e orgânico, e que possa favorecer a usufruir o máximo daquilo que cada jovem presente tem a contribuir. Espero também um grande pentecostes, pois será um momento muito especial ver jovens de várias partes do mundo e várias realidades e culturas diferentes unidos pelo mesmo propósito. Isso é sensacional.

O que pode contribuir?

Espero contribuir através das minhas experiências e vivências do meu caminhar no movimento e com a evangelização da juventude, trazendo não somente os desafios e anseios de minha região, mas também de outros grupos, carismas e realidades que já tive a oportunidade de conhecer e partilhar. Não sei dizer pontualmente algo que possa contribuir diretamente porque acredito que devo estar atento de forma mais orgânica possível para poder contribuir da melhor maneira em cada situação.

O que espera de Schoenstatt na visita ao Sínodo?

Em primeiro lugar espero de Schoenstatt muita oração e Capital de Graças , através de todos os Santuários e todo o mundo. Os momentos de dar as contribuições já passaram, através do questionário on line e das perguntas do material preparatório. Acredito que muitos Schoenstattianos em todo o mundo já participaram deste processo.  Por fim ainda é possível participar da Reunião Pré Sinodal através do Facebook.

Mas o que mais espero é que Schoenstatt tambem viva este Sínodo. Que não deixe apenas o Sínodo acontecer em Roma em outubro deste ano, mas que possa ser instrumento para este lindo processo chegar a todos os lugares que Schoenstatt está presente e mais além. Eu acredito que a grande riqueza que este Sínodo vem gerando e ainda vai gerar é o impacto local nos grupos, igrejas, dioceses, etc. Inúmeras iniciativas de diálogo e reflexão sobre o tema do Sínodo vem surgindo, e levam a repensar importantes questões como o papel e o protagonismo do jovem de hoje, a relação do jovem com a fé e como se está trabalhando a evangelização da juventude, a questão da vocação como um ideal pessoal, etc. E muitas vezes estes processos conduzem a um caminho de conversão muito positivo tanto para os jovens como para a Igreja. Enfim, espero que Schoenstatt possa contribuir para que estas iniciativas de vivência do Sínodo possam ser levadas ao mundo todo.

 

Nós o acompanhamos, Lucas

Reunião pré-sinodal dos jovens

Fotos: Rodrigo Barboza Galhardo

Etiquetas: , , , , , , , , ,