Colocado em 2017-06-05 In Schoenstatteanos

Passo a passo

PARAGUAI, Amílcar R. Cabrera V. •

Inicio o meu caminhar, o “passo a passo”, com força nas minhas pernas, uma alegria indescritível apodera-se de mim. Quase sem pensar aproximo-me da meta, mas qual? O meu quarto ou sala de jantar? Dir-me-ão: O que é que isso tem de novo, Amílcar? responderia… tem muito, é como alcançar o céu com as mãos. Há 15 anos e uns meses tive um grave acidente, com a minha querida filha mais velha, ela passou momentos difíceis nos seus sete anos, mas pelo amor infinito de Deus e da Mater e pelas orações, ficou sem sequelas, hoje é uma excelente profissional.

No meu caso foi mais complicado, depois de um mês e meio de terapia intensiva, no total dois meses no hospital, tive alta.

A poucos dias do acidente, uma amiga perguntou a um dos médicos:

– Doutor, qual é o prognóstico para o Amílcar?

– Não voltará a andar, ficará prostrado toda a vida, respondeu.

Naquele momento iniciei uma etapa difícil da minha vida, carregando uma mochila que não pedi, com varias sequelas no meu corpo, devido ao poli-traumatismo do crâneo que tive no tremendo acidente, perdi o equilíbrio para andar, visão dupla, perda de escrita, dificuldade para falar. Momentos difíceis muito difíceis, onde a impotência é o pão de cada dia, onde cair e magoar-se até sangrar (algumas vezes), era mais fácil que caminhar. Quando caía surgia uma pergunta que me fazia com frequência…” Voltarei a andar?”

Experimentei a graça da Aliança de Amor

Nesse tempo vivi na própria carne a graça que recebemos com a “Aliança de Amor com Maria”: Nada sem ti, nada sem nós. Experimentei a sua companhia em todas as situações, junto com a assistência constante da minha família e das orações de inúmeras pessoas de fé do Movimento que faziam guarda ao hospital nos momentos mais difíceis.

Muitas coisas que fortalecem a fé deram-se nesse momento. Quando estava na terapia intensiva, as orações que recitávamos com o Padre Ludovico, ou a leitura de uma passagem bíblica com o Pe. Antonio… lembro-me sempre de uma frase de uma passagem: “Tudo o que Ele faz é bom”… As frases do “Telefone do Pai”, uma em especial tocou-me profundamente… “Filho, não te esqueças que sou tua Mãe!” Ela acompanha-me em cada passo e vem com o seu Filho Jesus Cristo!

Muita coisa se passou, momentos difíceis, muitas vivências, mas com uma entrega de coração a Jesus e à Mater, vamos em frente…

Por mais que se apresentem impossíveis os obstáculos para o homem, para Deus nada é impossível.

Não espero com os braços cruzados que Deus faça tudo, tenho que dar tudo de mim, estou convencido de que pondo todas as forças ao dar o primeiro passo, a seguir, o Senhor, que tudo vê… caminhará comigo!

Assim da cama para a cadeira de rodas, do andarilho até caminhar sozinho, apesar de todas as sequelas… Tudo melhorou e continua a melhorar, porque sempre estiveram e estão em meus passos, com um amor infinito Jesus e a nossa Mater!

Fonte: Revista “Tuparenda”, abril 2015

Original: espanhol. Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *