Colocado em 2016-03-18 In Schoenstatteanos

O escultor do Nosso Pai Fundador

Alemanha, por Maria Fischer •

Com o sorriso feliz de uma criança no Natal ele sustentava uma foto à luz bruxuleante de uma lareira acesa. Ele mostrou o seu encontro com o homem que ele tem retratado em bronze há muitos anos. “Eu não tenho só a foto dele”, disse ele, pensativo, “Na verdade, eu conheci-o pessoalmente”. Foi notável como ele enfatiza a palavra “conheci-o”, e deu para entender que ele estava referindo-se a um encontro mais do que fugaz.

CIMG8372

Era o final da tarde num dia de Primavera e no final de uma longa e intensa conversa no castelo de Engelsdorf, algures entre a estação inicial em Inden e o santuário de Puffendorf do lado direito em direção ao campo. Desde 1989 o castelo foi o estúdio do casal de artistas chileno Juan e María Jesús Fernández. “Precisamos de grandes salas para o nosso estúdio”, Juan explicou e colocou mais lenha no fogo.

O antigo castelo com fosso, foi mencionado pela primeira vez em 1080. Foi destruído inúmeras vezes e reconstruído. Pode-se ver as paredes poderosas e o fosso, que recebe a água do rio Merzbach, este castelo foi fortemente fortificada no passado. Foi o castelo ancestral dos Senhores da Engelsdorf. Enquanto os meus pensamentos se desviaram para a Idade Média, Juan Fernández repetiu: “Eu conheci-o pessoalmente.”

DSC_0264

As pessoas devem vê-lo

A sua primeira estátua do Padre Kentenich – Juan sempre o chama de um retrato – foi feito em 1985 para o centésimo aniversário do fundador do Movimento de Schoenstatt. Esta estátua está hoje no hall de entrada da Casa Pai no Monte Sião. Outras estátuas foram para Bellavista, no Chile, Nueva Helvecia no Uruguai, e para o Santuário Pai em Florêncio Varela, na Argentina. Eu contei-lhe como a família de Schoenstatt na argentina tinha trabalhado para conquistar esta estátua em 2002, para o Jubileu de Ouro do seu santuário. Milhares de pessoas escreveram os seus nomes em pequenos cartões, que foram colocados nas fundações do pedestal, como um sinal da sua aliança de amor com o Padre Kentenich. Juan não sabia disso e estava visivelmente emocionado. O que importa é encontrá-lo, disse ele. Isto fê-lo relembrar o seu próprio encontro com o Padre Kentenich. Na época, ele era um seminarista dos Padres de Schoenstatt em Munster.

Hoje há muitas estátuas nos santuários, observou ele, e isso é uma coisa boa, porque “o nosso pai tem que ser visto”. No entanto, estas estátuas têm que ser bonitas, fieis ao original e dignas.

CIMG7709

Nueva Helvecia, Uruguai

Uma oferta

Juan encontrou uma possibilidade de oferecer as estátuas a um preço muito reduzido, quase por metade do preço que as estátuas anteriores, disse ele. Ele quer tornar esta oferta conhecida no mundo inteiro através de schoenstatt.org. O que importa é que as pessoas se encontrem com o nosso Pai Fundador, “especialmente se elas não o conheceram pessoalmente.”

Ele está a pensar em imortalizar outros gestos de nosso pai nas estátuas. Por exemplo, dando uma benção. O nosso pai com as mãos estendidas é adaptado a partir da fotografia conhecida do Padre Kentenich, tirada em 1968, em que ele está paramentado, com um gesto reverente e expectativa de boas-vindas. “Você pode dar-lhe a sua mão, mas ele não o força a fazê-lo.”

Um dos nossos colaboradores tem o sonho de ter uma pequena estátua do Padre Kentenich no seu santuário lar, assim como é possível obter pequenas estátuas do papa Francisco e muitos santos. Eu comentei isso com Juan. Ele parou e refletiu. “Até agora eu não fiz nenhuma estátua pequena do nosso pai. Seria significativo? Teria que trabalhar com muita delicadeza … ”

O seu grande anseio

CIMG8370Tínhamos conversado tanto sobre os encontros do Padre Kentenich com Juan que começou a ficar demasiado escuro para ainda visitar o seu estúdio. Mal tínhamos falado sobre as suas outras criações. As suas estátuas do Padre Kentenich são um assunto do fundo do seu coração e da sua vida de trabalho, disse ele. Não há nenhuma dúvida sobre isso. É por isso que, quando eu me despedia, ele enfatizou a sua oferta de estátuas a um preço bastante reduzido. “No Equador e no Paraguai pediram-me há anos atrás, mas no momento em que era muito caro …”

Agora há um catálogo em várias línguas (ver abaixo) com preços, vários projetos, custos de expedição e detalhes de contato.

“Por todos os vossos dons aceita o nosso agradecimento, querida Mãe …” foi escrito na porta do santuário nas duas fotos do encontro entre o Padre Kentenich e Juan Fernández. Há todos os motivos para estarmos gratos por haver estátuas do Padre Kentenich disponíveis para que seja possível encontrá-lo. Poder dar-lhe a mão. Ele está à espera até que você esteja pronto para fazê-lo, e se mais pessoas o encontrarem, a sua mão é bastante calorosa.

RETRATO DO PADRE JOSÉ KENTENICH

Foto superior: Florencio Varela, Argentina

Original: espanhol. Tradução: José Carlos A. Cravo, Lisboa, Portugal
 

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *